Ramalho Eanes: “Nós, os velhos, se for necessário oferecemos o nosso ventilador”

Tiago Petinga / Lusa

O antigo Presidente da República, António Ramalho Eanes

O antigo Presidente da República apelou aos mais “velhos”, como ele, para darem o exemplo neste combate ao coronavírus, caso Portugal passe por uma situação semelhante à de Itália ou Espanha.

Em entrevista à RTP, o General António Ramalho Eanes falou sobre o momento único vivido no país e no mundo, na sequência da chegada do novo coronavírus, e deixou um apelo aos mais “velhos”.

“Nós, os velhos, devemos pensar que a nossa situação é igual à dos outros. E se alguma coisa há é a obrigação suplementar de dizer aos outros que isto já aconteceu, que se ultrapassou, disse o antigo Presidente da República, citado pelo jornal Observador.

“Nós, os velhos, vamos ser os primeiros a dar o exemplo. Não saímos de casa, recorremos sistematicamente aos cuidados que nos são indicados e mais, quando chegarmos ao hospital, se for necessário oferecemos o nosso ventilador ao homem que tem mulher e filhos”.

Antes deste apelo, o ex-chefe de Estado lembrou que “a crise não vai acabar agora, porque é necessária uma vacina e, mesmo que apareça, na melhor das hipóteses no fim do ano, vai demorar depois meio ano ou um ano a ser produzida em quantidade”.

“Em Itália e em Espanha, e aqui se calhar também, o médico muitas vezes tem de escolher entre aquele a quem aplica o ventilador e aquele a quem não aplica. Aquele a quem pode proporcionar a vida e aquela a quem retirar a vida. É uma situação que não quereriam nunca estar a viver”.

Na mesma entrevista, Ramalho Eanes considerou que esta crise “vai fazer com que repensemos o próprio Estado”, porque “o homem julgou que era capaz de tudo, que podia dominar tudo”, mas, afinal, “continua a ser o ser frágil, falível, que tem de estar em permanente ligação e comunhão com os outros”.

“O Estado não pode ser um Estado mínimo, como se diz. O Estado tem de ser o Estado necessário e um Estado que não olhe apenas para a situação presente, para as eleições e para o resultado, mas olhe para o futuro e para o futuro da sua comunidade. E um Estado que procure fazer o que é indispensável para que esse futuro seja viável”, destacou.

O antigo Presidente da República considerou ainda que se devia ter “usado as Forças Armadas mais cedo e mais intensamente porque elas estão ali para situações de crise“. “Um militar está de serviço 24 horas, dorme no posto se for necessário”, relembrou, citado pela rádio TSF.

A nível financeiro, o ex-chefe de Estado não descarta possíveis nacionalizações e apelou a que não se cometa o erro da Alemanha, nos anos 30, em que “uma política de rigor financeiro” resultou em “uma situação catastrófica, uma situação social impensável e uma crise política que levou ao Nazismo“.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. … ah grande general Ramalho Eanes!
    Foi uma honra tê-lo como presidente e é um prazer continuar a ouvi-lo entre nós.
    Destes já não se fabricam…

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …