Ramalho acredita que Novo Banco vai receber dinheiro do Fundo de Resolução (mesmo após travão no Parlamento)

António Pedro Santos / Lusa

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, disse, em entrevista à SIC Notícias, que a instituição vai receber dinheiro do Fundo de Resolução, mesmo após o travão da Assembleia da República.

Em entrevista ao programa “Negócios da Semana” da SIC Notícias na quarta-feira, António Ramalho, presidente executivo do Novo Banco, disse acreditar que, apesar do travão na Assembleia da República, a instituição vai receber dinheiro do Fundo de Resolução.

“O Governo assumiu, desde o início, o seu desejo de cumprir religiosamente todos os dados do contrato“, disse António Ramalho. “Com um exemplo de cumprimento como este eu diria que não é na última prestação, no último momento daquilo que é um projeto de consolidação do sistema financeiro português, que nos vamos deixar abater por este percalço”.

No final de novembro, o Parlamento confirmou a votação na especialidade da proposta orçamental do Bloco de Esquerda que anula a transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o Novo Banco.

Ainda assim, Ramalho tem “a esperança que Portugal continua a ser um país que cumpre os compromissos que assume, quer seja para o Novo Banco, quer seja para a TAP”, disse.

O CEO do Novo Banco recusou dizer quanto é que a instituição bancária vai pedir ao Fundo de Resolução no âmbito do Acordo de Capitalização Contingente (CCA). O CCA ainda tem 914 milhões de euros por utilizar.

Prejuízos acima de mil milhões em 2020

Na mesma entrevista, o CEO do Novo Banco admitiu que tendo em conta os prejuízos que o banco traz dos trimestres anteriores, a instituição financeira vá ter prejuízos anuais de mais de mil milhões “em linha com o que orçamentámos”.

Ramalho explicou que “isto caracteriza o último ano de limpeza do legado do BES”, o que “aliás fazia parte do enquadramento dos acordos realizados em 2017”, sublinhou.

Sobre os resultados de setembro, onde o banco registou prejuízos de 853 milhões, Ramalho disse que foram influenciados por três fatores.

Primeiro, 260,6 milhões são resultado da avaliação independente aos fundos de reestruturação. Depois, o prejuízo deve-se a 727,7 milhões de imparidades e provisões, em resultado da descontinuação do negócio em Espanha e do agravamento do nível de incumprimento de alguns clientes, sendo 187,2 milhões de imparidade adicional para riscos de crédito decorrentes da pandemia. Por último, 26,9 milhões são de reforço da provisão para reestruturação.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Paulo Fonseca está a caminho do Tottenham

O Tottenham já tem acordo de princípio com Paulo Fonseca para que o português assuma o comando técnico da equipa. A oficialização do negócio deverá acontecer na próxima semana. Em Roma, saiu Paulo Fonseca e entrou …

Rússia mobiliza reclusos para construir linha ferroviária na Sibéria

O Serviço Prisional Federal da Rússia (FSIN) revelou na quinta-feira que enviaria reclusos para construir uma nova seção da linha principal Baikal-Amur (BAM), na Sibéria, uma ferrovia parcialmente construída por prisioneiros do Gulag. Segundo relatou esta …

China acusa EUA e Austrália de "mostrarem músculos" com exercícios no Mar do Sul

A China acusou hoje os Estados Unidos e a Austrália de estarem a "mostrar os músculos" com exercícios navais no Mar do Sul da China, uma via comercial estratégica que Pequim reclama quase na totalidade. A …

China publica imagens a cores da superfície de Marte

A Administração Espacial da China divulgou, esta sexta-feira, uma imagem panorâmica de 360 graus e duas fotografias a cores da superfície de Marte e dos dispositivos da sonda Tianwen-1, que chegou ao Planeta Vermelho a …

Portugal regista mais 519 casos e uma morte

O boletim da DGS desta sexta-feira assinala mais 519 infeções, uma vítima mortal e 295 recuperações. O boletim da Direção-Geral de Saúde regista nas últimas 24 horas um óbito, 519 infetados. Há ainda 306 doentes internados, …

José Sócrates vai ser julgado por juíza encarregue do caso Rui Pinto

O sorteio do coletivo que vai ficar com o julgamento de José Sócrates, no âmbito da Operação Marquês, aconteceu esta sexta-feira feira. Margarida Alves, que tem estado a julgar Rui Pinto, é a escolhida. Além de …

Von der Leyen vem a Lisboa na próxima quarta-feira dar "luz verde" ao PRR

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, desloca-se a Lisboa na próxima quarta-feira, com o objetivo de anunciar formalmente a aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) português, ainda sujeito a aprovação …

"Os brasileiros emergiram da selva", declarou Presidente argentino

Durante uma visita do primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez à Argentina, o Presidente Alberto Fernández indicou que "os mexicanos vieram dos indígenas, os brasileiros saíram da selva, mas nós, os argentinos, chegamos de barco. Em barcos …

Distrital e concelhia irão tomar decisão sobre candidato do PS no Porto

O secretário-geral adjunto do PS recusou nesta sexta-feira esclarecer se é candidato à Câmara Municipal do Porto, remetendo para a distrital e para a concelhia dos socialistas a decisão sobre o cabeça-de-lista à autarquia nas …

PS considera “lamentável” caso da Câmara de Lisboa e critica "atitude cínica" de Rio

O secretário-geral adjunto do PS considerou hoje “lamentável" a partilha de dados de manifestantes russos pela Câmara de Lisboa e anunciou que o Governo está a preparar uma nova lei sobre o direito de manifestação. Em …