PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos “dorminhoco”

Lusa / Lusa

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 “ideias e sugestões” na área social, incluindo o prolongamento do ‘lay-off’ simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado menos “dorminhoco”.

Em conferência de imprensa na sede nacional do PSD, em Lisboa – a primeira presencial desde a pandemia de covid-19 -, o presidente do PSD, Rui Rio, anunciou que estes são 26 contributos do partido, que o Governo “pode ou não aproveitar”, para o Programa de Estabilização Económica e Social que está a preparar.

“Não estamos a dizer ao Governo que entendemos que devia ser tudo feito, isto são ideias para, no quadro do que for a resposta que o entender adequada na vertente social, aproveitar o que for mais ou menos acomodável”, disse, explicando que, por essa razão, o partido não fez uma avaliação de custos deste pacote de medidas, até porque muitas delas “não custam nada”.

Por exemplo, uma das propostas do PSD é que o Governo seja mais célere a pagar os subsídios sociais e a reembolsar o IRS, que “não custa nada”, segundo Rui Rio.

“Muitas vezes temos a sensação que o Estado é um pouco dorminhoco, não é célere. Achamos que não há tempo para um Estado dorminhoco”, defendeu o vice-presidente da bancada Adão Silva, numa conferência de imprensa onde também esteve presente a deputada Clara Marques Mendes.

Prolongar o ‘lay-off’ simplificado até ao final do ano – sobretudo nos setores ainda fechados por determinação do Estado -, reafetar recursos da administração pública para setores onde são mais necessários, como a saúde e a segurança social, ou garantir o pagamento das dívidas do Estado ao setor social são outras das propostas do PSD, elaboradas pelo grupo parlamentar, com apoio do Conselho Estratégico Nacional.

Os sociais-democratas defendem ainda uma “atualização extraordinária” da comparticipação financeira da Segurança Social para o setor solidário e social, lembrando que com o aumento do salário mínimo dos seus funcionários sobrou menos dinheiro para a atuação no terreno.

Reduzir os prazos para aceder aos subsídios de desemprego e de cessação de atividade e criar um subsídio “excecional e transitório” de resposta a necessidades das famílias criadas com a atual crise (para pagamento de rendas ou aquisição de computadores para fins educativo, por exemplo) são outras das propostas do PSD, que pede ainda uma atitude de “prevenção” em relação às pessoas sem-abrigo.

Sobre as pessoas sem-abrigo, o líder do PSD acompanhou os alertas feitos nesta matéria pelo Presidente da República e disse temer que, com os efeitos da pandemia, a situação “possa vir a piorar”.

“Tudo isto que aqui está carece de fiscalização apertada por causa dos abusos, começam a surgir as primeiras queixas de senhorios em que inquilinos não pagam e não tiveram quebras de rendimento. Muita atenção aos abusos”, avisou Rio.

A reativação da rede solidária das cantinas sociais – preferencialmente para ‘take away’, mas também com uma estrutura física – e o desenvolvimento de contratos locais de desenvolvimento social foram algumas das ideias desenvolvidas por Rui Rio, que invocou a sua experiência na Câmara do Porto para apelar a uma colaboração entre a administração central, local e o setor social.

O documento hoje apresentado pelo PSD desdobra-se nas medidas de resposta direta aos efeitos da pandemia – e dentro destas nas propostas para o setor social e solidárias e nas ideias para as famílias – e nas chamadas medidas estruturais.

Neste capítulo, a deputada Clara Marques Mendes apontou medidas que já constavam do programa eleitoral do PSD como a universalização das creches e jardins de infância ou a revisão dos abonos de família, mas também o desafio aos parceiros sociais para um “diálogo social alargado” sobre o teletrabalho para “avaliar a necessidade” de introduzir alterações à lei laboral neste ponto.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Venezuela testou molécula que "anula a 100%" o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela anunciou, este domingo, que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus. "O IVIC testou uma molécula usada para tratar …

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …

Parques eólicos instalados em terrenos baldios vão passar a pagar IMI

Os terrenos baldios onde sejam instalados parques eólicos destinados a produzir energia elétrica vão perder o direito à isenção de IMI que a lei previa anteriormente para este tipo de imóveis. O Jornal de Negócios adianta …

“Se Jesus tem dito que sim, não seria o Bruno Lage a substituir Rui Vitória”

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, revelou que o atual treinador das águias, Jorge Jesus, já era um nome pensado na altura em que Bruno Lage assumiu a cadeira deixada por Rui Vitória. "Disse …

LMM sugere divisão do país por zonas de risco. "Recolher obrigatório é inevitável. A situação é muito séria"

Como é habitual Luís Marques Mendes deixou o seu comentário semanal sobre o estado do país na SIC, e esta semana os temas quentes foram a Fórmula 1, que decorreu durante o fim de semana …