Novas revelações implicam príncipe herdeiro na morte de Khashoggi

secdef / Flickr

O príncipe saudita Mohammed bin Salman

Há novas revelações que implicam o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, na morte do jornalista Jamal Khashoggi.

A imprensa turca publicou, esta segunda-feira, novas informações que implicam o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, na morte do jornalista Jamal Khashoggi, na véspera de revelações sobre o caso prometidas pelo Presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Segundo o diário turco Yeni Safak, o homem apresentado como chefe do comando saudita de 15 agentes que se deslocaram a Istambul para matar o jornalista, entrou diretamente com contacto com o gabinete do príncipe a partir do consulado.

O homem, Maher Abdulaziz Mutreb, é membro da guarda próxima de Mohammed bin Salman (MBS) e é visto nas imagens de videovigilância difundidas pelos meios de comunicação turcos a chegar ao consulado saudita em Istambul e posteriormente junto à residência do cônsul no dia do desaparecimento de Khashoggi, a 2 de outubro.

O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, indicou, este domingo, que Jamal Khashoggi foi morto numa “operação não autorizada” e que Mohammed bin Salman “não foi informado”.

Com o título O cerco aperta-se em torno do príncipe herdeiro, o Yeni Safak afirma que o chefe do comando telefonou “quatro vezes ao diretor do gabinete do príncipe herdeiro, Bader Al-Asaker” após a morte de Khashoggi. “Pelo menos uma dessas chamadas telefónicas foi feita do gabinete do cônsul”, acrescenta o jornal sem citar fontes.

Mutreb terá também telefonado para um “número norte-americano”, indicando que possa pertencer a Khaled bin Salmane, irmão do príncipe herdeiro e embaixador da Arábia Saudita em Washington.

No diário Hurriyet, um editorialista próximo do poder na Turquia, Abdulkadir Selvi, afirmou que o jornalista foi imediatamente conduzido ao gabinete do cônsul mal chegou ao consulado onde terá sido estrangulado por agentes sauditas.

Durou entre sete e oito minutos”, escreveu, adiantando que o cadáver foi “cortado em 15 pedaços” por um médico legista que integrava o comando saudita. O corpo estará ainda em local desconhecido em Istambul. “Se o príncipe saudita não prestar contas e não for destituído, não devemos fechar o dossiê”, prosseguiu.

O porta-voz do partido no poder na Turquia (AKP), Omer Celik, disse, durante uma conferência de imprensa em Ancara, esta segunda-feira, que a morte de Jamal Khashoggi foi planeada. “Estamos perante uma situação que foi selvaticamente planeada e esforços consequentes foram desenvolvidos para a dissimular”, disse.

É um crime extremamente complexo“, acrescentou o político, manifestando a expectativa de que todos os factos sejam conhecidos e os responsáveis punidos.

A Arábia Saudita já reconheceu que o jornalista foi morto no seu consulado em Istambul durante uma luta, referindo que 18 sauditas estão detidos como suspeitos. A agência estatal de notícias saudita SPA revelou também que um conselheiro próximo do príncipe herdeiro saudita foi demitido, juntamente com três líderes dos serviços de inteligência do reino e oficiais.

Estas novas revelações surgem na véspera de uma muito aguardada intervenção do Presidente da Turquia, Erdogan, durante a qual prometeu revelar “toda a verdade” sobre a morte do jornalista.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. … engraçado, não vejo ninguém a comentar os artigos relacionados com este caso. Onde é que estão os valentões habituais? estão escondidos debaixo da cama? ou será que estas coisas não os afectam?

RESPONDER

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …