Polícia ocupa escolas para que não haja “música” no dia do referendo catalão

. SantiMB . / Flickr

Manifestação pela independência da Catalunha

Os catalães foram convocados para “dar música” às autoridades espanholas no dia 1 de outubro, data em que a polícia tentará ocupar as escolas de forma a impedir o referendo independentista.

Os Mossos d’Esquadra, polícia catalã, têm autorização para encerrar todas as escolas da Catalunha no fim de semana, de forma a impedir a realização do referendo independentista.

Sob comando de um coronel da Guardia Civil, polícia espanhola, e por imposição da justiça espanhola, os Mossos deverão ocupar todas as escolas no final das aulas de sexta-feira, para evitar que sejam utilizadas para o referendo.

De acordo com o jornal i, estima-se que haja mais de 3 mil secções de voto para o referendo a realizar no próximo domingo, altura em que, por Portugal, se vota para as eleições autárquicas.

Os 10 mil guardas civis e polícias nacionais que vão de outros pontos de Espanha, em direção à Catalunha, são considerados poucos para conseguir o objetivo de impedir a realização do referendo.

Segundo um dirigente do partido independentista CUP, as forças policiais “vão ter de se esforçar muito para nos impedirem de exercer o nosso direito de voto, até porque nós somos muitos mais que todos os polícias de Espanha“.

Desde a detenção de 14 altos dirigentes que, todas as noites, a partir das 22 horas, centenas de pessoas vão para a rua, em protesto. “Parece um relógio suíço. É todos os dias à mesma hora”, denuncia uma comerciante.

Entretanto, a juíza Carmen Lamela admite que o Ministério Público fará uma denúncia contra os catalães que se manifestaram contra a prisão dos membros do governo autonómico nos dias 20 e 21 de setembro. A magistrada considera que as manifestações, que dificultaram a ação das forças da ordem, podem constituir crimes de sedição e de incitamento ao tumulto.

Para a juíza, o direito à manifestação não prevalece sobre a necessidade de ordem pública e respeito pelas forças da ordem. Segundo ela, é um crime que está sob a alçada da Audiência Nacional (instituição herdeira dos Tribunais de Ordem Pública franquista) e sublinha que o ato de manifestação pode, em determinadas circunstâncias, “significar uma ofensa contra o governo”.

Dia Internacional da Música

O movimento social ANC – Assembleia Nacional Catalã – emitiu um comunicado pata todos os catalães, no qual refere que “no dia 2 de outubro se assinala o Dia Internacional da Música, por iniciativa da UNESCO, e que em toda a Catalunha vai haver atos celebratórios entre as 8 horas e as 20 horas, para todos os catalães. Aconselha-se a todos os cidadãos que se informem do local onde é previsto cantarem. Em todos os locais haverá partituras para todos. Depois de cantarem, devem deixar as suas partituras numas caixas para o efeito, para saber quanto optam por um ‘Si Maior’, ou por outros tons. A grande festa final do dia da música terá lugar na Praça de Barcelona, a partir do meio da tarde”.

O comunicado não passou ao lado da Guardia Civil, que também marcará presença no evento cultural que marca o “Dia Internacional da Música”.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. De que é que Espanha tem medo?
    Espanha foi e é um conjunto de reinos (como foi condado Portucalense) que após duras batalhas, tornou-se independente, outros ficaram sobre o domínio de Castela.
    Mas os tempos mudaram, e a constituição foi-se alterando e se hoje existem as regiões autonómicas com governos locais, o mesmo se deve às revendicações dessas regiões pedindo mais autonomia, em relação ao poder central .
    Se o governo acredita mesmo que a maioria dos Catalães é contra a independência, de que é têm medo do referendo.
    Pode-se imaginar o que se iria passar pelas restantes autonomias de Espanha, no caso de vencer o sim na Catalunha
    Bascos, Andaluzes,Galegos,etc. possivelmente iriam reivindicar o mesmo?
    Por outro lado se houver uma posição de força por parte de Madrid, o efeito será contra procedente, uma vez iria aumentar o numero de simpatizantes aa favor da independência.
    Espero e desejo que tudo corra bem, que o bom senso seja o grande conselheiro, pois poderá ser, o princípio do fim do sistema de organização do estado Espanhol.

  2. Espero sinceramente que a Catalunha se torne independente e de seguida os Galegos sigam o mesmo caminho para se unirem finalmente aos portugueses que somos o povo irmão deles! Acho que ficarmos com a Galiza compensa o roubo de Olivença!

  3. Não há dúvida, o governo de Madrid decepcionou-me. Se a Catalunha quer ser independente, que o seja; realmente o governo de Madrid ainda é colonialista. Certo que não nos devemos meter nos negócios da Espanha, mas também ninguém me pode impedir de ter uma opinião sobre Madrid. Francamente, se é verdade que vai polícia espanhola dificultar o referendo, então a minha simpatia pelos independentistas aumenta!

    Zé-Manel Polido

RESPONDER

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …

Portugal só tem 4 fiscais da ferrovia (e cada um tem de inspecionar 811 quilómetros)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. O organismo está a pedir o reforço destes profissionais desde 2014. De acordo com a edição desta quarta-feira do …

Dybala eleito melhor jogador do ano em Itália. Ronaldo fora da lista

O avançado argentino da Juventus foi eleito o melhor jogador da temporada 2019/20 do futebol italiano, enquanto o português Cristiano Ronaldo ficou de fora da lista de premiados. Na nota publicada no site oficial da Série …

Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução. O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados …

Pingo Doce

Vídeo denuncia desperdício alimentar em supermercado. Jerónimo Martins está a investigar

Hugo Breda e João Relógio, ambos associados à produtora Swag On, publicaram na suas contas de Instagram um vídeo no qual denunciam o desperdício alimentar numa cadeia de supermercados em Lisboa.  O vídeo publicado nas …

O adeus de uma lenda. Ronaldo, Messi e Buffon despedem-se de "San Iker"

O internacional português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi recorreram às redes sociais para se despedirem de Iker Casillas, que esta terça-feira anunciou o fim da sua carreira.  "Foi um orgulho ter partilhado grandes momentos …

Há trabalhadores que estiveram em lay-off sem direito ao apoio salarial

O apoio destinado a trabalhadores que estiveram em regime de lay-off só se aplica a quem tenha estado nesta situação um mês civil completo. A 19 de junho, o Governo aprovou o decreto-lei que criou o …

Ordenado de 3 milhões e outros tantos em prémios. O contrato de Jesus à lupa

Jorge Jesus, que esta segunda-feira foi oficialmente apresentado como treinador do Benfica, vai ganhar três milhões de euros líquidos temporada, valor a que acrescem outros tantos milhões mediante prémios. Apesar de vir auferir um salário …

Já com luz verde de Bruxelas, Governo quer Banco de Fomento a funcionar no final do ano

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse esta terça-feira à agência Lusa que quer o Banco Português de Fomento a funcionar no final do ano, depois da sua criação ter sido …

"Partenon dos Naufrágios". Grécia abre o seu primeiro museu arqueológico subaquático

A Grécia abriu nesta segunda-feira o seu primeiro museu arqueológico subaquático, que reúne um conjunto de ânforas do século V a.C e que foi batizado como o "Partenon dos Naufrágios", na costa da ilha de …