Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira.

A equipa de peritos – liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e por Raquel Duarte, pneumologista e ex-secretária de Estado de António Costa – entregou ao Governo um plano muito diferente daquele que foi implementado em maio do ano passado.

Ao contrário do anterior, que definia três fases distintas com datas para a abertura do país, o novo plano de desconfinamento não traz calendário. Fonte do Governo confirmou ao semanário Expresso que, em vez disso, serão os critérios de saúde pública a desbloquear a etapa seguinte.

No fundo, o plano não tem fim: o desconfinamento só acaba quando os critérios de saú­de pública forem cumpridos e estará ligado às campanhas de rastreio e de vacinação, que vão acelerar no mês de abril.

Além disso, há outra característica que faz com que o plano seja diferente do de maio de 2020, que tem a ver com a execução. Segundo o semanário, este plano prevê que o desconfinamento avance em dois planos diferentes: um com levantamento de atividades a nível nacional e outro a nível local.

Este desconfinamento será, portanto, feito a várias velocidades, já que haverá concelhos ou regiões a desconfinar mais rapidamente do que outros.

A diferenciação não agrada a todos os partidos, apesar de ter o apoio do PSD. O líder do maior partido da oposição já tinha defendido que o país deveria “ter um desconfinamento por regiões”, incluindo nas escolas.

Na semana passada, o primeiro-ministro António Costa já tinha garantido que o desconfinamento será “gradual, progressivo, diferenciado em função de tipos de atividade, porventura diferenciado em função de localizações, sempre associados a critérios objetivos”.

Em relação às escolas, parece certo que serão as primeiras a reabrir. O Expresso avança que em cima da mesa está a abertura de creches e do pré-escolar ainda em março, mas o assunto ainda não está fechado.

Se o projeto de plano obtiver consenso no Infarmed, na próxima segunda-feira, tudo será mais cauteloso do que o desconfinamento de maio. “Desde logo temos muito mais informação. Terá de ser com cautelas, para evitarmos uma quarta vaga”, disse ao matutino uma fonte próxima do primeiro-ministro.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Este plano tem em consideração o possível aparecimento da variedade “Alentejana” do virus que por ser mais lenta que as suas congéneres inglesa e brasileira ainda não se manifestou.

  2. A tentativa de silenciar vozes discordantes que por descrédito, inconformismo ou simples oposição, gracejam mesmo quando a situação é séria, é de uma estupidez ainda maior. É puro “culabismo” ou carneirice, conforme melhor encaixar.

  3. Metem a quinta em Setúbal, a terceira no Alentejo, desconfinam toda a Lisboa, com a sexta velocidade, e o resto do país fica a chupar o dedo.

  4. Prisioneiros por ordem do Sr. Costa e do Sr. Marcelo. Eles que que sabem quando nos deixam saír de casa.1º é preciso salvar o próximo Natal………..

    • Primeiro, desconfinar no Rio Tejo, depois, no Rio Douro, depois, no Guadiana e, finalmente, na Ribeira da Junqueira, em Casal Comba. O vírus não quer nada com os rios, por isso, o desconfinamento começa por aqui.

RESPONDER

Football Leaks. Consultor de cibersegurança aponta para ataque único à Doyen

A intrusão no sistema informático da Doyen terá resultado de um único ataque conduzido por uma pessoa e não várias, defendeu na quarta-feira o consultor inglês de cibersegurança contratado pelo fundo de investimento, no julgamento …

Cavaco Silva volta a estar ausente das cerimónias do 25 de Abril

O ex-Presidente da República já informou que não vai marcar presença na cerimónia comemorativa dos 47 anos do 25 de Abril, este domingo, no Parlamento, por continuar "a respeitar as regras sanitárias". Fonte oficial do gabinete …

No dia da Terra, os líderes mundiais juntaram-se para "passar à ação"

A Casa Branca organizou uma Cimeira de Líderes sobre o Clima, que decorre de forma virtual e durante dois dias. Começou esta quinta-feira, dia em que se comemora o Dia da Terra, e junta cerca …

Detido em Itália homem que terá fornecido arma ao autor do atentado de Nice em 2016

Um homem que teria fornecido uma arma ao autor do atentado com um caminhão na cidade francesa de Nice, em 14 de julho de 2016, foi detido na Itália, anunciaram na quarta-feira vários veículos de …

"Invisibilidade" do LGBTI nos Censos é alvo de críticas

A Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e o Bloco de Esquerda estão a criticar os Censos 2021 devido à ausência de perguntas relacionadas com identidade de género, o que …

Rússia vai dar início à retirada de tropas perto da fronteira com a Ucrânia

A Rússia anunciou que vai iniciar, esta sexta-feira, a retirada das suas tropas concentradas perto da fronteira com a Ucrânia e na Crimeia anexada, referindo que os exercícios foram concluídos. "As tropas demonstraram a sua capacidade …

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …

Técnicos de diagnóstico. Depois de mais uma coligação da oposição, Executivo avalia o que fazer

Depois de mais uma coligação da oposição, o Governo "está a avaliar" o que irá fazer em relação à aprovação das mudanças na carreira de Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica.  De acordo com o semanário …