Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira.

A equipa de peritos – liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e por Raquel Duarte, pneumologista e ex-secretária de Estado de António Costa – entregou ao Governo um plano muito diferente daquele que foi implementado em maio do ano passado.

Ao contrário do anterior, que definia três fases distintas com datas para a abertura do país, o novo plano de desconfinamento não traz calendário. Fonte do Governo confirmou ao semanário Expresso que, em vez disso, serão os critérios de saúde pública a desbloquear a etapa seguinte.

No fundo, o plano não tem fim: o desconfinamento só acaba quando os critérios de saú­de pública forem cumpridos e estará ligado às campanhas de rastreio e de vacinação, que vão acelerar no mês de abril.

Além disso, há outra característica que faz com que o plano seja diferente do de maio de 2020, que tem a ver com a execução. Segundo o semanário, este plano prevê que o desconfinamento avance em dois planos diferentes: um com levantamento de atividades a nível nacional e outro a nível local.

Este desconfinamento será, portanto, feito a várias velocidades, já que haverá concelhos ou regiões a desconfinar mais rapidamente do que outros.

A diferenciação não agrada a todos os partidos, apesar de ter o apoio do PSD. O líder do maior partido da oposição já tinha defendido que o país deveria “ter um desconfinamento por regiões”, incluindo nas escolas.

Na semana passada, o primeiro-ministro António Costa já tinha garantido que o desconfinamento será “gradual, progressivo, diferenciado em função de tipos de atividade, porventura diferenciado em função de localizações, sempre associados a critérios objetivos”.

Em relação às escolas, parece certo que serão as primeiras a reabrir. O Expresso avança que em cima da mesa está a abertura de creches e do pré-escolar ainda em março, mas o assunto ainda não está fechado.

Se o projeto de plano obtiver consenso no Infarmed, na próxima segunda-feira, tudo será mais cauteloso do que o desconfinamento de maio. “Desde logo temos muito mais informação. Terá de ser com cautelas, para evitarmos uma quarta vaga”, disse ao matutino uma fonte próxima do primeiro-ministro.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Este plano tem em consideração o possível aparecimento da variedade “Alentejana” do virus que por ser mais lenta que as suas congéneres inglesa e brasileira ainda não se manifestou.

  2. A tentativa de silenciar vozes discordantes que por descrédito, inconformismo ou simples oposição, gracejam mesmo quando a situação é séria, é de uma estupidez ainda maior. É puro “culabismo” ou carneirice, conforme melhor encaixar.

  3. Metem a quinta em Setúbal, a terceira no Alentejo, desconfinam toda a Lisboa, com a sexta velocidade, e o resto do país fica a chupar o dedo.

  4. Prisioneiros por ordem do Sr. Costa e do Sr. Marcelo. Eles que que sabem quando nos deixam saír de casa.1º é preciso salvar o próximo Natal………..

    • Primeiro, desconfinar no Rio Tejo, depois, no Rio Douro, depois, no Guadiana e, finalmente, na Ribeira da Junqueira, em Casal Comba. O vírus não quer nada com os rios, por isso, o desconfinamento começa por aqui.

RESPONDER

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …

Milhares de pessoas manifestam-se na Austrália contra o confinamento

Milhares de australianos manifestaram-se, este sábado, em várias cidades do país contra as restrições impostas pelo Governo para controlar o aumento de casos de covid-19. Em Sidney, cerca de mil manifestantes protestaram contra o confinamento decretado …

Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes …

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …