Piloto do MH370 terá controlado o avião “até ao fim”

(cv)

Investigador franceses sugerem que o piloto do voo MH370 da Malaysia Airlines terá controlado o avião “até ao fim”, podendo tratar-se de suicídio.

Depois de analisar informações do desaparecimento da aeronave, investigadores franceses acreditam que o piloto do voo MH370 terá cometido suicídio, tendo pilotado a aeronave contra o mar. Os especialistas chegaram a estas suposições após terem acesso a relatórios concedidos pela Boeing.

Ao que tudo indica, o piloto estava com uma depressão, que terá contribuído para que cortasse o oxigénio aos passageiros antes de despenhar a aeronave da companhia malaia. A bordo viajavam entre Kuala Lumpur e Beijing 239 pessoas, não restando qualquer sobrevivente.

A França é o único país que continua com uma investigação judicial ao desaparecimento do avião. Três passageiros franceses morreram no incidente. A persistência nas investigações levaram a Boeing a permitir que os investigadores consultassem informações cruciais do voo MH370.

Segundo o jornal britânico The Telegraph, uma vez que foram obrigados a assinar um acordo de confidencialidade, os documentos não vão puder ser citado em tribunal. Para analisar a imensidão de dados será necessário “um ano” e, de acordo com a advogado dos queixosos, Marie Dosé, “nada permite dizer que o piloto esteve envolvido”.

No entanto, os investigadores franceses alegam que as informações às quais tiveram acesso sugerem que “alguém estava a controlar a aeronave quando caiu no mar”. Isto porque, “certas manobras feitas pela aeronave só podem ter sido feitas manualmente”. Contudo, admitem que ainda é cedo para dizer com certezas, apesar de haver indícios de que mais ninguém entrou no cockpit.

Wattrelos, que perdeu familiares no acidente, diz que o caso está cheio de inconsistências. “Por exemplo, sabemos que os dados inicialmente fornecidos pelas autoridades malaias na altitude do avião estavam errados. E espero que, analisando todos os dados recolhido na Boeing, eles descubram o problema”, disse ao Le Parisien.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O caso continua cheio de inconsistências. Porque estavam errados os dados fornecidos pelas autoridades malaias, e de resto, praticamente todos os que seguiram? Porque foram os franceses obrigados a assinar um acordo de confidencialidade com a Boeing, sobre documentos que não vão puder ser citado em tribunal ? O que têm a esconder? Porque continuam as omissões e dúvidas?
    Chamem-lhe teoria de conspiração, mas cheira-me que a verdade sobre tudo isto, resultaria num grosso escândalo.

  2. Não tem pé nem cabeça suicidar escondido, para que voar para o polo sul se queria suicidar. Fosse suicidio, jogava logo o avião no mar. Avião foi sequestrado, desviado para Australia, e abatido pelos australianos, o premier australiano Abbot tinha política de abater ou afundar, aviões hostis rumando para Australia. Resto é operação abafa.

RESPONDER

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …