Pedrógão: familiares “estão sozinhos” e admitem processar Estado

Paulo Cunha / Lusa

Familiares das vítimas de Pedrógão Grande criticaram a falta de informação e de acompanhamento psicológico, numa reunião para debater os estatutos da futura associação de vítimas.

O encontro, que aconteceu em Figueiró dos Vinhos, juntou familiares das vítimas do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande, a 17 de junho, para definir os estatutos da futura Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande.

Na reunião, os presentes criticaram a ausência de informação útil, a burocracia, a não divulgação da lista oficial de vítimas mortais e a falta de apoio psicológico, disse à agência Lusa uma das promotoras do movimento, Nádia Piazza, que perdeu o filho na tragédia.

Em cima da mesa esteve também a possibilidade de se criar um memorial às vítimas e de se avançar com um processo coletivo contra o Estado, mas Nádia Piazza sublinhou que essa decisão ainda terá de ser pensada.

“Vamos ver como é que agora as investigações vão decorrer. Mas isso será com calma, que é preciso deixar quem está no terreno trabalhar“, disse.

Na reunião deste doimingo foram relatados vários casos “de falta de apoio psicológico, sobretudo para crianças, mas também para adultos”, contou, sublinhando o caso de um casal que perdeu o filho no incêndio e foi obrigado a pagar taxas moderadoras para receber apoio psicológico.

“Na prática, em termos de saúde, as pessoas estão sozinhas. Elas é que têm de ir atrás de apoio psicológico”, notou Nádia Piazza, que até agora “nunca foi contactada para o que quer que fosse”.

É surreal“, protestou a que é uma das promotoras da futura associação, sublinhando que não é por dificuldade de contacto que a situação surge, já que os familiares mais diretos das vítimas deixaram os seus dados junto das autoridades.

Nádia Piazza alertou ainda para o facto de os familiares não terem acesso à lista oficial das vítimas do incêndio, para além de haver falta de “informação concisa e útil” para as pessoas.

As questões burocráticas pequenas estão a moer as pessoas“, frisou, referindo que informação sobre a possibilidade de apoios ou o que fazer em relação aos carros ardidos — “que as pessoas “não sabem onde estão” – não está a ser facultada.

Na reunião, que contou com a participação de cerca “de 30 a 40 pessoas”, ficaram definidos os estatutos, sendo que a Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande deverá ficar formalmente constituída a 13 de agosto, numa assembleia geral que se vai realizar em Vila Facaia, no concelho de Pedrógão Grande, informou.

O incêndio que deflagrou a 17 de junho em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos e só foi dado como extinto uma semana depois.

Das vítimas do incêndio que começou em Pedrógão Grande, pelo menos 47 morreram na Estrada Nacional 236.1, entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, concelhos também atingidos pelas chamas.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Admitem processar o Estado”…ainda possuem dúvidas? Por esta altura, num país civilizado qualquer da Europa as famílias das vítimas já tinham entupido os tribunais com processos contra o Estado e seus governantes! Como somos um povo de brandos costumes…fica “mal” responsabilizar quem teve culpas no Cartório!
    Neste caso, como afirmou um ex-socialista, o Costa, pelo que não fez ou fez, por exemplo antes da tragédia ter colocado os Boys do PS a frente da proteção civil e bombeiros!
    “Cego é aquele que não quer ver!”

RESPONDER

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …