Empresária já confirmou 73 mortes em Pedrógão Grande

Miguel A. Lopes / Lusa

Pelo menos 30 pessoas morreram no interior dos carros no IC8 durante o incêndio em Pedrógão Grande

As vítimas mortais do incêndio em Pedrógão Grande podem ser mais de 73, de acordo com uma nova lista elaborada por uma empresária depois de o Expresso ter revelado o nome de uma 65.ª vítima e de ter admitido que poderia haver mais mortes.

Esta nova lista é divulgada pelo jornal i com base numa contagem feita pela empresária Isabel Monteiro, uma mulher de 57 anos, natural de Lisboa, que garante que foi para o terreno contar o número de mortes do incêndio em Pedrógão Grande.

Esta lisboeta que pretendia fazer um memorial às vítimas diz ao i que já contou “mais de 80 mortos” e que destes, já confirmou 73 junto das famílias. Diz também que cruzou as informações recolhidas com dados das agências funerárias.

O Expresso noticiou no sábado o nome de uma 65ª vítima, não incluída na lista oficial de 64 mortes por ter morrido de causas externas ao fogo em si – a senhora de uma aldeia da zona afectada pelo fogo morreu atropelada quando fugia das chamas.

O semanário admitia que poderia haver ainda mais mortes, que podem não ter sido contabilizadas na lista oficial por não terem morrido de causas directamente relacionadas com o incêndio, isto é, queimaduras e inalação de fumo.

Na própria notícia que o ZAP publicou sobre o assunto, surge o testemunho de uma leitora, cujo pai terá sido uma destas vítimas indirectas do incêndio que não terão sido contabilizadas.

“De facto há mais. O meu pai faleceu no dia 20 de Junho, em Figueiró dos Vinhos, numa aldeia onde o fogo rodeou a sua casa, vítima de coração, após ter dado uma pequena caminhada. O facto de sentir tudo queimado à sua volta poderá ter motivado talvez emoção, desgosto e o coração não aguentou, pois tinha problemas cardiovasculares. A ajuda ainda demorou a chegar e o meu pai faleceu ao fundo das escadas da sua casa. O meu pai foi uma vítima indirecta da desgraça de Pedrógão Grande, Castanheira e Figueiró dos Vinhos e não entrou na contabilização das vítimas.”

A empresária Isabel Monteiro reforça esta ideia de que pode haver mais vítimas, em consequência do incêndio, garantindo ao i que já confirmou 73 mortes, depois de “ir de família em família, a abordar bombeiros” e até “a contar as campas frescas de um dos cemitérios”. “Parece macabro mas tive de o fazer”, diz a empresária ao i.

Isabel Monteiro revela ainda que as pessoas das zonas que visitou estão “muito pressionados politicamente” e que “há um estado de medo instalado” em torno desta questão do número de vítimas do fogo.

Costa diz que “já está tudo esclarecido”

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) reiterou, neste domingo, que o incêndio fez 64 vítimas mortais, em “consequência directa” do fogo, e que outros eventuais casos não se integram nos critérios “definidos”.

Os critérios que foram identificados para apurar as vítimas do incêndio são “mortes por inalação e queimaduras, resultantes do fogo”, adiantou à agência Lusa a adjunta nacional de operações Patrícia Gaspar.

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou, por seu turno, que acredita que “já está tudo esclarecido pela ANAC e pelo Ministério da Justiça” relativamente à contabilização das vítimas mortais do incêndio.

O líder do executivo escusou-se a prestar mais declarações aos jornalistas que confrontaram António Costa com os novos dados quando o primeiro-ministro chegava a um evento organizado pela Federação de Coimbra do PS.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

37 COMENTÁRIOS

  1. Uma ‘empresária’ a fazer contagens de mortos!..
    É só rir com estas palermices!…
    Se fosse de uma funerária, ainda se compreendia…
    Daqui a pouco estão a dizer que deitaram os mortos ao rio para não serem contados!
    Até porque, entre 64 e 73 mortos, a gravidade é completamente diferente…
    Enfim…

    • Não é por mais 10 ou menos 10 vidas que estar barbárie ganhará outra dimensão. É mais o método utilizado da ocultação. De resto começa a ser prática no governo ocultar. Veja-se a vergonha das contas de 2016, também já apelidado de O orçamento Mágico!

      • “método utilizado da ocultação”?!
        Hahahaaa….
        A única coisa que está oculta é tua inteligência!!
        O orçamento não é para aqui chamado (e é nesse tipo de comentários que se vê o objectivo de certas polémicas – como esta!), e, quem contabiliza os mortos não é o governo mas sim o M Publico!!
        Mas isso já não interessa até porque estraga a “piada” e a vontade de disparatar…….

      • Pois não!… O que está em causa é aos media darem ouvidos e tempo de antena a qualquer palerma!
        Depois, o resultado é o que se viu (quer neste caso, quer no suposto suicido “anunciado” pelo Passos, etc, etc)!…
        .
        Desprezo?
        Mas, o que sabes tu sobre este caso?
        Conheces a zona de Pedrogão ou alguém de lá?
        Sabes sequer onde fica?
        É que eu tenho andado por lá nas ultimas 3-4 semanas e NUNCA ouvi ninguém dizer que foi desprezado nem ouvi NADA sequer parecido com essas estórias manhosas que os media insistem em replicar e amplificar!!
        São os tais “boateiros” (como lhes chamou (e bem!) o presidente da Câmara de Pedrogão), que, além de não fazerem nada de útil, só sabem debitar disparates!…
        E, quem lhes dá ouvidos, é tão bom como eles!…

  2. UF….. Quem quer ganhar €€€€ à custa dos que infelizmente morreram do incêndio…..

    Vejam nos arredores quantas mortes existiram e contabilizem tudo como consequência do incêndio.

  3. Isto é uma cambada de incompetentes, manipuladores e irresponsáveis. Até mandam calar a boca aos bombeiros…
    Porque não querem publicar a lista dos nomes dos falecidos na tragédia?
    Será bastante incómodo porque há incoerência e falta de verdade.
    Puseram o tacho à frente da competência e… deu bronca. Infelizmente à custa de muito boa gente… portugueses de segunda porque são do interior!

  4. Parece que está a fazer o jeitinho a alguém… Seria interessante saber qual a cor do clube a que pertence, colabora ou simpatiza? Será vermelho, rosa, azul ou laranja? Capitalizar na desgraça dos outros é baixo e feio!

  5. Não deixa de ser engraçado (e esclarecedor) ver os autarcas das localidades afectadas a dizer que não há mais vitimas e certos palermas em Lisboa (e sabichões na Internet) a dizer que há – mas não dizem quem!!
    Se uma “empresária” divulga (no Facebook) uma lista com 73 nomes, é porque deve ser verdade!…
    É que nem os jornalistas conseguiram fazer uma lista…

  6. O que se está a assistir é a uma situação um tanto ou quanto anormal, ninguém compreende porque razão até agora não foram divulgados os nomes de todas as vítimas, uns acusam o Ministério Público outros o Governo, eu penso que cada qual tem a sua quota parte de culpas e a verdade é que na prática tudo isto pode levar a especulações e muitas dúvidas, uma coisa é verdade, este governo tem-se pautado pelo gabarolismo quando a coisa lhe agrada e pelo silêncio quando a situação vai mal, este e outros silêncios fazem-nos supor estarmos sob uma lei da rolha tipo comunista, existe aqui algum parentesco!.

    • No tempo da ditadura salazarista, assisti a duas grandes tragédias, cada uma com milhares de mortos, o Desastre do Cais do Sodré em 1963, e as Inundações de Lisboa em 1967. Em ambas, nunca foi divulgada nenhum lista de mortos, e o número oficial de vítimas era muito inferior ao número real. Por isso, continuo a acreditar que em 1974 houve apenas uma farsa revolucionária sem feitos práticos, e que a Lei da Rolha não é comunista mas transversal a todos os partidos nacionais.

  7. “vítima indirecta da desgraça de Pedrógão Grande, Castanheira e Figueiró dos Vinhos e não entrou na contabilização das vítimas.” è normalíssimo que não seja contabilizada. “indirecta” quer dizer isso mesmo!
    Mas… Essa empresária é quem? Alguma entidade perita na matéria? Eu também posso ir lá contabilizar e, tenho a certeza que os número serão diferentes (mais ou menos)! O que me espanto (nem por isso) é que se dê importância a que uma cidadã vulgar diz…

    • Como? Espanta-se que se dê importância ao que uma cidadã vulgar diz?
      E o senhor, é o quê? Um cidadão vulgar, ou é alguma sumidade de que devamos ter conhecimento?
      Diga-nos lá, que é para ficarmos a saber a importância que devemos dar ao que diz.

  8. Esta “empresária” (e outros artistas com atitudes semelhantes), devem (e tem!) que ser responsabilizados pelos boatos que andam a espalhar!!
    As pessoas tem que se responsabilizar pelas afirmações que fazem publicamente (e em Facebook’s CMTV’s, etc) pois andam a abusar da impunidade e da estupidez e a “alimentar” outros estúpidos!…

  9. Muito gostava de saber se as pessoas que com toda a convicção hoje chamam vigarista à empresária que “lança estes boatos”, quando se vier a concluir que afinal os mortos foram 90 ou 100, vão chamar com a mesma convicção vigaristas à Protecção Civil, ao Costa, à ministra e ao ministro, etc, e se nesse dia vão pedir desculpa à empresária, e se nesse dia vão exigir aos ministros e ao Costa as “responsabilidades” que pedem à tal empresária, nomeadamente das afirmações públicas que andaram a fazer, e “andarem a espalhar o boato” de que só houve 64 mortos.
    E nesse dia, quer ver por onde anda afinal a estupidez e a impunidade.

    • Hahahaaa…
      Dá para rir; embora seja triste haver alguém (que supostamente sabe ler e escrever), que acredite mais depressa no que um tontinho(a) escreve na Internet do que nas fontes oficiais!…
      Não admira que depois existam palermas que acreditam em fábulas (burlas!) como as tretas de Fátima, etc, etc…
      .
      Realmente, devemos é chamar incompetentes a todas as pessoas envolvidas: autoridades (GNR, PJ, M. Publico, etc), INEM, IML, Camaras Municipais, etc, etc…
      Faz todo sentido que uma “empresária” consiga saber mais sobre o caso de que todas as outras pessoas envolvidos e cuja função é precisamente tratar desses pormenores!…
      É que nem sequer os “jornalistas” da CMTV ousaram lançar números para o ar como fez esta “empresária da estupidez e falta de bom senso”!!…

      • Desconfio que muito brevemente estarei aqui mesmo, para me rir hahahaaa de um tontinho triste que acreditou cegamente nas “fontes oficiais” (que nunca mentem, claro!), que (dependendo do governo em funções) acredita que GNR, PJ, M. Publico, INEM, IML, Câmaras Municipais, etc etc são competentes.
        E perante o caso de uma empresária que se calhar afinal tinha razão nos pormenores que mais ninguém competente viu, e que afinal desmontou ela a burla, então o tontinho vai ter que ser palerma e acreditar em fábulas e se calhar até ir a pé a Fátima ou com o Pai Natal ao circo.

        • Podes começar já… os néscios riem-se facilmente de si próprios!!…
          A não ser que, para te rires, prefiras esperar pela confirmação do nº de mortos nas cartas da Maya!…
          .
          Sim, pois claro… centenas de pessoas envolvidas (além dos jornalistas a estorvar) e é tudo incompetente e vigarista!!…
          Competente, neste país, só sobrou a “empresária-investigadora” e tu!!
          Faz todo sentido….
          Até porque os corpos desses mortos “invisíveis” não passaram por nenhuma funerária, nem tiveram direito caixão, nem a funeral, etc…
          Foram todos directos para o rio… ou para o céu!…
          .
          No incêndio do prédio de Londres ainda não sabem o nº de mortos; talvez essa empresária/vidente, com a sua bola de cristal, possa ajudar…
          E tu, com o teu brilhante QI, também!………..

        • Pedrógão: Funcionários acusam empresária de dever 250 mil euros
          https://zap.aeiou.pt/pedrogao-funcionarios-acusam-empresaria-de-dever-250-mil-euros-168103
          .
          Então, já te estás rir?!
          Afinal não foi preciso esperar muito para que a verdade sobre a tal “empresária especialista em contar mortos” viesse ao de cima!…
          Afinal, além de tontinha, confirma-se que é mesmo vigarista!!!
          Vamos lá ver se agora começas a tentar pensar antes de ires atrás do que os tontos dizem…

  10. É necessário que se saiba a verdade. Ainda não entendi porque é que o número de mortos e os seus nomes se encontram em segredo de justiça.
    Alguém tem medo da verdade? Enquanto não se souber a verdade haverá especulações.

    • Só há uma razão para que a lista oficial de mortos esteja em “segredo de justiça”. Para que a contagem oficial não possa ser desmentida.

    • Ou tu não entendes nada, ou achas que somos todos burrinhos. Para o caso de ser a primeira, eu explico-te:
      O que está em segredo de justiça é a LISTA COM OS NOMES dos 64 mortos, o que torna impossível dizer “ah mas faltam aí o fulano e o sicrano e tal que morreram e não estão contados”.
      Compreendeste, ou precisas de um desenho?

      • Não vale a pena perder tempo com o “Eu!”: tem até agora uma dezena de entradas, é um troll do governo que está aqui para tentar “controlar” os estragos causados pela realidade não-censurada. Vai também negar e insultar, o que reforça a sua natureza de ser mais uma coisa paga para trolar.

        • Pois, não vale a pena…
          Mas, acabaste de o fazer e de mostrar a tua (limitada) capacidade intelectual…
          Mais vale ser palerma e dar ouvidos a uma tontinha vigarista e pouco inteligente!…
          O governo não precisa de me pagar porque eu tenho todo o gosto em rebater gratuitamente as ideias básicas/teorias absurdas de certos comentadores!
          Espero é que te paguem para seres assim, senão…

  11. tás a ver o filme ao contrário. se te desaparecer um familiar não são as autoridades que vão ter contigo tú é que tens que comunicar que desapareceu. DONKYZÂO.

  12. Então?!
    Onde estão os mais de 100 nomes que a empresária-tonta-investigadora-vigarista dizia existirem?!
    Pois… tantas certezas e mais de semana depois, NADA!!
    Mas mau mesmo ainda foi ver alguns palermas piores do que ela a defender estes boatos sem pés nem cabeça!

RESPONDER

"Que venha praga que limpe esta merda de gente." PAN repudia declarações de ex-dirigente

A publicação de uma ex-dirigente do PAN no Facebook está a gerar uma onda de revolta e já levou o Partido Pessoas Animais Natureza a "repudiar" o seu conteúdo. Em causa está o desabafo "que …

Há escolas fechadas neste início de ano letivo e o problema é o mesmo: falta de funcionários

No arranque do ano letivo, há escolas encerradas no país. O Governo garante que haverá novos funcionários nas escolas ainda durante o mês de setembro.  Segundo avança a Rádio Renascença na manhã desta segunda-feira, há escolas …

Maternidade Alfredo da Costa fechou Urgência este domingo. Faltam anestesistas

No dia em que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) faz 40 anos, a emblemática Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, ficou com a porta da Urgência fechada durante a madrugada e toda a …

"Jojo Rabbit" vence prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto

O filme "Jojo Rabbit" venceu no domingo o prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), tornando-se assim um forte candidato a vencedor dos Óscares deste ano. O filme do realizador neozelandês Taika …

Dívida da Assistência na Doença aos Militares ascende a quase 95 milhões de euros

A dívida da Assistência na Doença aos Militares (ADM), gerida pelo Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), ascende a quase 95 milhões de euros, valor que representa um aumento de 5,5% face aos …

Portugal conquista três medalhas na Taça do Mundo de ginástica acrobática

Portugal conquistou no domingo três medalhas, uma de ouro e duas de prata, no último dia da Taça do Mundo de ginástica acrobática. Esta prova antecede o Europeu, que acontecerá entre 30 de Outubro e …

"Nesta legislatura, andámos a recuperar aquilo que tinha sido destruído"

O secretário-geral do PS, António Costa, promete que, na próxima legislatura, o partido vai "fazer o avanço de que o SNS precisa". O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu este domingo que quem quer a …

De esquiador a vencedor da Vuelta, Roglic pedalou para entrar na história

O esloveno Primoz Roglic, da Jumbo-Visma, confirmou este domingo a vitória da Volta à Espanha na sua estreia na competição. O pódio ficou completo com Alejandro Valverde e Tadej Pogacar, respetivamente. O holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick …

CDS quer estatuto de benefícios fiscais para o interior

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, disse hoje em Viseu que o interior deve ter um estatuto de benefícios fiscais, com reduções no IRS, no IRC ou nas portagens. "Temos uma proposta muito forte para o …

Jerónimo responde com sorriso à tese do voto útil do Bloco

O Bloco diz que o voto útil é no BE, contra a maioria absoluta. Jerónimo de Sousa, questionado sobre o que pensa da afirmação de Catarina Martins, respondeu: "Não acho nem deixo de achar. O …