Lista oficial de mortes de Pedrógão exclui 65.ª vítima (e pode haver mais)

Miguel A. Lopes / Lusa

Militar da GNR junto a corpo não identificado

O número de mortes causadas pelo incêndio de Pedrógão Grande terá ultrapassado as 64 vítimas anunciadas oficialmente. Haverá uma 65ª vítima mortal, e é possível que haja mais.

A informação foi apurada pelo Expresso, que na edição deste sábado presta homenagem às 64 vítimas anunciadas oficialmente, avançando o nome de uma 65ª vítima, Alzira Costa, de 71 anos, que terá sido atropelada enquanto fugia do incêndio de Pedrógão Grande.

A mulher terá sido atropelada por um carro onde seguiam pessoas também em fuga das chamas. “Fugiu para ir ter com as vizinhas. Levava uma lanterna, o telemóvel e o dinheiro que tinha em casa e foi encontrada na estrada, com a cabeça e o braço partidos“, conta ao Expresso a filha de Alzira Costa, cuja casa acabou por não arder.

O condutor que a atropelou já terá sido identificado. O Expresso realça ainda que a vítima, residente na aldeia da Senhora da Piedade, não foi incluída na lista oficial de vítimas do incêndio por não ter morrido de causas directamente relacionadas com o incêndio, ou seja, queimaduras ou inalação de fumo.

Nas aldeias afectadas pelo incêndio, há várias listas de mortos, nas quais em alguns casos chegam a apontar-se 100 vítimas. Contudo, em muitas situações haverá nomes repetidos, pessoas identificadas com apelidos diferentes e até algumas dadas como mortas que estarão vivas, adianta o jornal.

A PJ e a Procuradoria-Geral da República recusam-se a divulgar a lista oficial de vítimas, que continua em segredo de justiça enquanto decorre a investigação – pelo que, conclui o Expresso, persistem as dúvidas: pode haver mais vítimas indirectas do fogo.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Vai-se arranjar um culpado no meio daquela guerra (um culpado que tal como a senhora estava a fugir), e como se consegue investigar quem matou essa tal vitima, se calhar até lhe tiraram a matricula, caçaram num radar de velocidade, viram como se vestia, conseguem às tantas também saber se estava alcoolizado… enfim

    Mas para saberem “os culpados” das 65… ups 64 mortes, isso é difícil “pa car#!#”

  2. De facto, quando o Estado, isto é, o Governo se esconde por detrás do segredo de justiça é de lamentar. No mínimo, gostaria de saber a verdade e os portugueses têm esse direito. Falem verdade!

  3. De facto há mais. O meu pai faleceu no dia 20 de junho, em Figueiró dos Vinhos, numa aldeia onde o fogo rodeou a sua casa, vítima de coração após ter dado uma pequena caminhada. O facto de sentir tudo queimado à sua volta poderá motivado talvez emoção, desgosto e o coração não aguentou, pois tinha problemas cardiovasculares. A ajuda ainda demorou a chegar e o meu pai faleceu ao fundo das escadas da sua casa.
    O meu pai foi uma vitima indirecta da desgraça de Pedrogão Grande, Castanheira e Figueiró dos Vinhos e não entrou na contabilização das vítimas.

RESPONDER

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …

Tensão no Mediterrâneo. Macron envia ajuda militar à Grécia em conflito com a Turquia

O presidente Emmanuel Macron anunciou, quarta-feira, o envio de forças francesas para o Mediterrâneo Oriental. A intenção turca de procurar petróleo e gás no fundo do mar, tem criado tensão política entre a Grécia e …

"O material escolar mais importante". Escolas já receberam verba para comprar máscaras

As escolas já receberam as verbas para comprar as máscaras que irão distribuir gratuitamente pelos alunos e funcionários e alguns estabelecimentos de ensino estão a planear ter equipamentos extra Dentro de um mês, em meados de …