/

PCP vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022

41

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

A dois dias da votação na generalidade, Jerónimo de Sousa anuncia que o PCP vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022 na generalidade. Com o Bloco de Esquerda a votar contra, o PS não chega para aprovar o documento.

Esta segunda-feira, em conferência de imprensa na sede do partido, Jerónimo de Sousa anunciou que o PCP vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022 na generalidade.

“Hoje, passada a epidemia, quando é mais nítida a dimensão dos problemas acumulados”, o PCP “exige” soluções. “Não é compreensível que, sendo possível dar essa resposta, ela seja adiada”, considerou o secretário-geral comunista, acrescentando que o Governo se tem “recusado” a assumir compromissos.

“Quando se exige uma resposta global, nem no OE2022 nem noutras e decisivas opções para além dele se identificam sinais da parte do Governo que nela se possam inserir”, completou.

Além da valorização dos salários, que é o “obstáculo intransponível” para o PCP, a alteração da legislação laboral (com ênfase na revogação da caducidade da contratação coletiva), o salário mínimo de 850 euros e as creches gratuitas para todas as crianças em 2022 são prioridades prementes para o PCP.

Acresce ainda o aumento extra de todas as pensões e fim dos cortes nas mais longas; melhores salários e fixação de profissionais no SNS; valorização dos serviços públicos; intervenção para fazer baixar o preço das rendas; desagravamento dos rendimentos mais baixos, entre outros.

Na declaração desta segunda-feira, Jerónimo garantiu que o partido “não prescinde de lutar”, mas, questionado pelos jornalistas, não revelou se o voto é reversível até quarta-feira.

“Não havendo reconsideração, disponibilidade para dar resposta aos problemas, naturalmente é melhor perguntar ao Governo, tendo em conta o nosso esforço e empenhamento”, respondeu. “Não está previsto mais nenhum encontro, seria quase um golpe de mágica.”

Questionado sobre a hipótese de António Costa vir a fazer magia, Jerónimo diz que é uma imagem “interessante e até simpática” mas acrescenta: “Não acredito em bruxas”.

O Bloco de Esquerda anunciou que votará contra o Orçamento do Estado para 2022 na generalidade, juntando-se ao PSD, CDS-PP, Chega, IL e, agora, ao PCP. Esta manhã, o PAN anunciou a abstenção na votação na generalidade, assim como as deputadas não inscritas Cristina Rodrigues e Joacine Katar Moreira.

Já o PEV marcou para as 16h30, no Parlamento, uma declaração em que indicará o seu sentido de voto, sendo o último partido a fazê-lo.

Feitas as contas, são conhecidos os votos contra do PSD (76 votos), Bloco (19), CDS (5 votos), Chega (um voto) e Iniciativa Liberal (um voto), além das abstenções do PAN (três votos) e das duas deputadas não-inscritas (o que totaliza cinco abstenções).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Com o voto contra do PCP (10 votos), são 115 os votos contra e apenas 108 (PS) os votos a favor. Está aberta a porta de entrada para uma potencial crise política.

A votação na generalidade está marcada para quarta-feira.

  Liliana Malainho, ZAP //

41 Comments

  1. Lamentável estava a espera de mais sentido de Estado por parte de Jerónimo de Sousa, em plena pandemia e crise económica só faltava essa ….. uma crise política. Sobretudo que nada mudou desde do ano passado, a não ser o péssimo resultado do PCP nas eleições municipais, mas não é assim, olhando para o seu umbigo, que o PCP vai ganhar votos.

  2. Mas porque carga de água oos comunistas é que não tem sentido de estado e os outros tem essa agora é nova o PC tem que ter agora mas nas outras ocasiões toca a bater no PC embora eu pense que vão perder mais votos com esta posição

  3. Eles só estão a votar contra porque têm a faca e o queijo nas mãos, não é porque o orçamento de estado de 2022 vai ajudar alguém, na realidade vão ser mais impostos para os mesmos de sempre e estão todos se lixando se a quantidade de desempregados e pobres aumenta… o importante é os objetivos do partido serem feitos..

    • Não dizes o que sabes nem sabes o que dizes, o orçamento de estado não vai ajudar ninguem? não preçiso de comentar mais nada, basta o aumento de 10€ nas reformas mais baixas na qual eu estou incluido e mais milhão e meio de Portugueses,só isto já seria o suficiente é que os pobres que trabalharam no privado não têm 1.500€ ou 2.000€ como muitos funçionários publicos que falam de barriga cheia, e atenção descontei 44 anos e trabalhei bem mais, pelo menos deviam.

      • És o verdadeiro culpado de o país estar como está!! Votas te nestes aldrabões a troco de 10€ e ainda choras?!! Devias ter vergonha… se trabalhas te assim tanto como dizes 10€ para ti são míseros cêntimos… aprende a ter respeito por ti próprio…

  4. Julgo que esta decisão é fortemente influenciada pelos maus resultados eleitorais do PCP no período “geringonçal”. Mas suspeito que, a haver eleições legislativas em consequência, as votações no BE e no PCP vão baixar, enquanto que a votação no PS vai subir um pouquinho… É uma situação em que, aproves ou reproves, perdes, lose/lose.

    • A mim parece-me que o PS pouco ou nada subirá e o PSD irá subir consideravelmente. Basta ver o que se passou nas autárquicas. Nos grandes centros urbanos, e nestes, nas freguesias ditas mais desenvolvidas, o PSD ganhou em toda a linha. Vamos para eleições!

      • O PS não deve fazer mais alianças nem maiorias, quem ganhar as eleçoes que governe, nem deve inviabilizar um o novo governo, se for seja qual for, mesmo do PSD
        Os Portugueses devem estar muitoooo ansiosos pelo novo OGE a dar mais aumentos de reforma, a dar mais de 10€ extras nas reformas mais baixas a aumentar mais o Ordenado Mínimo, vai ser uma fartura para os portugueses, estamos todos ansiosos, até ja nem meto mais combustível porque com certeza irá ficar muito mais barato, vamos ter mais medicos mais enfermeiros, maravilhas que o BE e o PCP vão premiar os trabalhadores com a mudança, ou não fossem eles os amigos dos pobres, desprotegidos, dos trabalhadores.

    • A votação no PS vai subir um pouquinho?!?! Estás maluco ou quê?
      Vai subir por que razão? Será por termos dos impostos mais altos nos combustíveis, será porque comprar habitação própria é cada vez mais uma miragem, será porque os salários estão encostados ao salário mínimo, será porque Portugal está cada vez mais na cauda da Europa e a ser ultrapassado pro vários países, será pelos casos quase diários envolvendo corrupção e crime com pessoas da máquina do PS (é o ministro da justiça que simula com bandidos o aparecimento de armas roubadas; é a ministra da justiça que mente descaradamente para forçar a nomeação de um procurador europeu; é o ministro da administração interna que atropela mortalmente uma pessoa quando ia em excesso de velocidade e sacode a água do capote dizendo que a culpa é do trabalhador atropelado; etc., etc., etc..).
      Portugal está a ser destruído a olhos vistos, quer socialmente, quer economicamente, e não estou a ver que haja assim tantos maluquinhos e masoquistas para voltarem a votar no PS!

  5. Isto só revela que os partidos à esquerda do PS são partidos de protesto, partidos que não podem ser vistos como soluções de governo e, agora, nem sequer como de apoio ao governo. Assim, embora seja verdade que foram precisos 6 anos, ficou evidente que a solução encontrada por Antonio Costa para governar, a famosíssima geringonça, pode resultar numa dimensão autárquica, mas é uma solução de grande risco quando transposta para a dimensão do país. Não sei o que vai acontecer, quer ao BE quer ao PCP já que sendo evidente que não servem para “governar” os eleitores legitimamente perguntar-se-ão : mas. afinal, para que servem ? Também não sei o que vai acontecer ao PS e a Antonio Costa, já que teve oportunidade de buscar outras soluções ( que lhe foram “oferecidas” ) mas que ele, olímpica e liminarmente rejeitou. Como sempre o ónus destas jogadas vai recair sobre o povo e sobre o país e nós cá estaremos ( que remédio ! ) para “pagar a contas”… É vergonhoso que o CENTRO politico, que representa a larguíssima maioria do povo português, não seja capaz de pôr de lado as suas ultrapassáveis divergências, ara dar um rumo mais duradoura para o país ! Até quando ?!

    • Quer mesmo saber?
      Eu não digo, mas sugiro:
      Uns vêem-se como legítimos herdeiros do estado”novo”, ou outros são os arrivistas, o filho bastardo que quer sacar da herança aparecendo no último momento. “Irmãos” e partilhas, alguma vez corre bem?

  6. A posição do PCP preocupa-me. Não é que eu seja adepto do comunismo, longe disso, mas respeito o PCP e temo que com esta opção o PCP venha a tornar-se, no rescaldo das eleições, uma força política irrelevante.

  7. Agora seria interessante que o PSD se abstivesse e assim o orçamento passasse, a seguir veríamos o que o primeiro ministro faria, uma vez que disse que quando o governo dependesse do voto do PSD se demitia. E se o fizesse isso não significaria obrigatoriamente novas eleições, mas talvez a saída do António Costa de secretário geral do PS e a entrada de alguém menos malabarista e mais empenhado no progresso do país

  8. A melhor noticia do dia! É muito melhor eleições antecipadas do que um orçamento comunista que era o que se estava a desenhar. Já chega da tentativa de empobrecimento constante da população e das empresas.

  9. O PCP afirma agora que vota contra; o Costa vai baixar as calças e cobrir, se não todas, as principais exigências do PCP; o PCP vai acabar por votar a favor.
    O Costa gere o país a pensar na cadeira do poder e só por isto. E quem é que vai pagar esta estupidez? Nós, os portugueses que pagam impostos.
    Continuem a votar neles, continuem…

  10. Pessoalmente, entre a crise política ou dinheirinho da bazuca a voar para amigos e super projectos falhados ainda antes de arrancar, prefiro a crise política, ao menos até se legitimar um novo governo vivemos de duodécimos o que significa que não sai dinheiro para as comadres.

    Depois se o povo legitimar o Costa, não se pode queixar, já sabe ao que vai.

      • Também não existe aumentos de impostos para ir buscar 120% do aumento que iriam receber.
        Sorte a deles 😉

        Se não há dinheiro acha mesmo que iriam receber aumento? E de onde acha que vem o dinheiro, cresce na casa da moeda!!

        Mais uma medida como a do combustível, tem 30 euros de aumento nos cofres do estado mas toma lá 5 porque são um governo simpático …

        Haja paciência e dignidade.

      • Outra vez a chorar por causa de 10€??? Oh! Homem aprende a ter amor próprio… 10€ valem mais que um orçamento que vai enterrar milhares de famílias na pobreza???

  11. A maioria d esquerda foi 1 flop mostrou incapacidade, partidos como o BE e o partido comunista não era de esperar melhor, aos solavancos durou muito pouco tempo, espero que ao Costa tenha servido de lição, e que agora o Costa avise Publicamente os pequeninos armados em grandes partidos, que não volta a confiar no BE e no PCP, e assim, quem ganhar as próximas eleições respeitará e os deixará governar quem as ganhar, seja o PSD ou qualquer outro partido, não votará novamente contra. quem perde são todos, ninguém escapa, sejam médios pequenos e até grandes, mas os pobres perdem sempre mais, ou seja, adeus á atualização do Ordenado mínimo, adeus á atualização das Reformas, adeus aos 10 euros suplementares, adeus a tudo, o mais interessante é que o adeus a tudo seja p causa dos partidos que dizem defender os pobres e os mais necessitados, tudo p causa d quererem namorar o funcionalismo publico os enfermeiros os médicos, até quero ver os votos que estes partidos vão ter nas novas eleições.

    • Adeus migalhas, adeus taxas e taxinhas, adeus casos e casinhos, adeus tomá lá dá cá, adeus dar com uma mão e tirar com duas, adeus apoios miseráveis, adeus apoios do faz de conta, adeus habitação inacessível, adeus oligarquia política “come tudo”.
      Farto de ilusões estou eu e muitos. O Costa ilusionista não serve. Bem vinda esperança!
      Ufa, estava a ver que nunca mais via a luz do sol!

      • Ficamos todos ansiosos pelas grandes melhorias que o BE e o PCP nos vais arranjar, vamos lá ver o que não são migalhas, o fim das taxas e das taxinhas, dos casos e casinhos, do toma la, toma lá, do dar com as 2 mãos e não tirar com outras, dos apoios que não vão ser miseráveis, dos apoios que não são faz de conta, da habitação acessível, os portugueses vão ficar muito felizes vai parecer terem acertado no euro milhões, venham rapidamente eleições para ficarmos todos felizes da vida, tenho a certeza q o próximo governo não vai fazer pior e culpar o anterior.
        o Costa não deve aceitar mais alianças quem ganhar eleições que governe.

    • Eu percebo, é que o deles está garantido, pago por nos, mesmo que tenhamos fome, eles nunca terão, podem brincar com o povo á vontade que eles estão acima. O PS não deve alinhar em mais maiorias, ou alianças negativas ou positivas, alianças, quem ganhar as eleições que governe, devemos estar ansiosos por a maravilha do orçamento de estado que o BE e o PCP nos vai (direta ou indiretamente) presentear, vamos ver os amigos dos pobres dos mais necessitados, dos trabalhadores.

  12. O Costa formou Governo porque o pessoal estava farto do PSD-CDS. A seguir, o Rui Rio vai formar Governo porque o pessoal está farto do Costa. Daqui a 4 anos, o pessoal vai votar no Costa porque já estará farto do PSD-CDS. É assim há décadas. Estamos fartos do PS, do PSD e aliados, mas votam sempre neles alternadamente. Depois vêm para aqui gritar. O “velho” Scolari tinha razão sobre o que pensava do Povo Português.

  13. Tantos comentários e não vêm que os partidos de esquerda estão a fazer teatro e assim o orçamento é aprovado.
    Acordem porque eles gozam com o povo.

  14. Malabaristas…são todos estes partidos de esquerda: PS, PCP e BE. São bons a distribuir o que não é deles, não olhando ao que se tem e se pode gastar. Nestes anos de democracia quem é que tem levado o país muito perto da bancarrota? Quando forem chamados a votar, não compareçam, abstenham-se ou metam a cabeça na areia e votem nos mesmos, para que nos atolemos no pântano. Quem foi que disse isto há uns anos? Foi alguém que abandonou a política interna e hoje é Secretário Geral da ONU, pela 2ª vez.

  15. O Costa devia apresentar já a demissão, ou terá um ano de muita difícil governação com o BE e o PCP a fazer greves todos os dias como já está a acontecer, com agravante do aproveitamento dos Médicos e enfermeiros com as suas Ordens profissionais mas especializados agora na política enquanto deixam os doentes a morrer, a única saída do governo é demitir-se com os prejuízos da não atualização das reformas,o aumento extra para os reformados, o aumento do ordenado mínimo, dos Abonos de Família, da Baixa dos impostos, uma desgraça causada por quem diz que defende os trabalhadores e mais necessitados, é a 2ª vez que o BE é PCP deitam governos PS abaixo é depois nos dão crises como a do Passos Coelho, enquanto o eleitorado não tiver juizinho será assim. Espero que o Costa não repita mais nenhuma aliança com esta gente.

    • Eu sei que o português típico gosta de peixe, mas não é preciso ter memória igual ao peixe.
      Então a crise foi causada pelo Passos?
      Não terá sido o Sócrates a gastar tudo o que havia e depois lançar PECs mais rápido do que a Apple lança iPhones!!!

      Já agora, onde é que viu a baixa de impostos durante este governo?
      Nunca no tempo de Passos com a TROIKA tivemos tantos impostos! Só não vê quem não quer.
      De que lhe serve aumentar salário mínimo em 100Eur se para pagar isso vai aumentar o custo de vida para todos em 150eur?
      Caramba depois de tanto tempo a afundar o país o Costa ainda continuar a ter gente que acredita no que diz só mostra o bom que ele é em marketing.
      Não fosse a pandemia já estávamos outra vez na miséria, como disse o ministro a pandemia foi benéfica … deu para esconder dívidas e ir buscar mais dinheiro a fundo perdido para enterrar com os amigos em projectos fantásticos como a fábrica de hidrogénio … numa altura em que o mercado já avançou para o modelo eléctrico. Daqui a 10 anos a fábrica fecha, culpasse a economia, despendesse as pessoas e ficam com os subsídios que foram desviados sobre forma de investimento para offshores.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.