Pandemia faz disparar popularidade de Costa. Primeiro-ministro nunca foi tão popular

Tiago Petinga / Lusa

A gestão da pandemia de covid-19 fez disparar a popularidade do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do primeiro-ministro, António Costa. Este último atinge mesmo um recorde, de acordo com a sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF.

De acordo com a sondagem para o JN e TSF, a popularidade do Presidente da República continua em alta (83%), enquanto a do primeiro-ministro, António Costa, atingiu um recorde de 74%.

Apesar de ter uma avaliação alta, 54% dos portugueses consideram que Marcelo devia ser mais exigente com o Governo.

A popularidade do executivo de António Costa aumentou 14 pontos percentuais no último mês e 24 em relação há um ano. Nos últimos cinco anos, não há nenhum registo equiparável.

Em relação ao desempenho da oposição, 31% dos inquiridos deram nota positiva, 21% negativa e 48% razoável.

Segundo a sondagem, 48% consideram que o Governo teve um desempenho positivo na gestão desta crise, 41% dizem que foi razoável e 11% dão nota negativa.

A taxa de aprovação é alcançada em plena pandemia, refletindo a avaliação positiva que os portugueses fazem tanto de Marcelo como de Costa na condução do país neste contexto desafiante.

Esta avaliação de Costa traduz-se também num aumento das intenções de voto no PS. Se as eleições fosse hoje, o PS venceria com 41,9%. O PSD teria 23,1%.

De acordo com a sondagem realizada entre 15 e 26 de abril, antes do fim do estado de emergência, abaixo do PSD apareceriam o Bloco de Esquerda (8,1%), o Chega (7,3%), a CDU (5,6%), o PAN e o CDS (2,6%) e a Iniciativa Liberal (2,6%).

ZAP //

PARTILHAR

26 COMENTÁRIOS

  1. Pudera com uma oposição que não apresenta soluções credíveis nem como as por em prática, ninguém vai dar confiança a quem só está no bota a baixo, em quem procura as falhas mas não diz como fazia diferente, Portugal precisa urgentemente de políticos com ideias para o nosso futuro, propostas sérias e honestas não propostas de populismos, para dizer mal dos governos estamos nós eleitores, nós queremos é que nos apresentem soluções e como pensam fazer para as por em prática, pelo menos com este governo já sabemos com o que contamos, com a oposição ninguém sabe o que ela fazia diferente nem como, sabemos é que continua no populismo do bota abaixo.

    • Infelizmente tenho de concordar consigo. Sem oposição válida e credível, não vamos deixar de ter o PS a desgovernar este país.

    • O RR tem se revelado um grande político e merece ser chamado de líder da oposição, porque é um verdadeiro líder de uma nação. Ser oposição não é ter uma posição redutora e lusomerdista do país. Espero um dia ver o RR na liderança do governo do país, porque este nada tem que ver com o Passos Coelho que preferiu entregar o país à troika só para introduzir o cargo de 1.º M no seu currículo e como era de esperar deu cabo do povo miúdo para proteger as grandes fortunas, os vigaristas e os agiotas.

  2. Eu até posso considerar que o governo tem tido um desempenho positivo mas daí a tencionar votar neles vai um gigantesco salto.

    • Pode admitir que o governo tem tido um desempenho positivo apenas se andar muito distraído.
      Vejamos:
      – Tivemos estado de emergência porque o povo já estava confinado em casa e o PR achou que seria correto declarar o estado de emergência. O PM revelou-se sempre contra. É público.
      – O mesmo se passou com as máscaras. Já o povo todo andava com máscara, e o PR também, e a ministra ainda dizia que não se devia andar com máscara. Enfim, um total desgoverno.
      – Fala-se de apoios às empresas mas ainda nenhuma os viu! Como é hábito neste governo diz-se uma coisa e depois faz-se outra, ou nada. Criaram mil entraves para atrasar / dificultar todo o processo.
      – Os apoios às empresas são um belo negócio para os bancos – Spreads de 3% em empréstimos assegurados pelo estado em 80 ou mesmo 90%!!!??? Belo negócio!
      – No âmbito da COVID19 foram feitos ajustes diretos de milhões a meia dúzia de empresas. Já tínhamos visto isto aquando dos fogos, com kits que até eram inflamáveis. Mas como eram de um membro do gangue…

      Como comecei por dizer é preciso andar muito distraído para acreditar que o desempenho foi positivo.

      • Além disso, dizer “posso considerar” é diferente de dizer que considero. O que interessa mesmo é que não voto nessa máfia.

      • Uma análise correta e realista. Só que o Zé povo não sabe nada disto. Muito pensa votar no indiano porque foi um alívio livra-se desta situação preocupante e manifesta intenção de voto nele como se estivesse a agradecer a Nossa Senhora. Olhem que nesta forma de ver não devo estar longe da realidade. Uma grande massa do povo é ignorante.

      • Concordo.
        Se acrescentar que ambos os governantes começaram por afirmar que “não iriam mentir aos cidadãos” e que pouco do que dizem é credível…
        Se virmos que a lei obriga ao uso de máscaras ou viseiras quando as viseiras não dão protecção ao vírus que anda suspenso no ar, e a directora geral da saúde já o afirmou…
        Se atendermos que até ontem o uso de máscara era facultativo e que, após baixarem o nível de contingência, o uso de máscaras passou a ser obrigatório em todos os espaços comerciais…
        Se verificarmos os números das novas infecções podemos constatar que, a partir do dia 24-4 os números apurados passaram para 1/3 e por lá se têm mantido sem qualquer explicação…
        Se aceitarmos que, um certo dia, havia infectados contados em duplicado e então este número passou a ser negativo…
        Se acreditarmos que temos tido um planalto nos gráficos dos dados da pandemia quando um dos eixos era do tipo logarítmico…
        Se nos for agradável ver os polícias a querer saber da nossa vida e inspeccionarem até dentro dos transportes públicos para enviarem o povo para casa como se tivessem em prisão domiciliária…
        Se gostarmos de repressão desmesurada, e eu sei que muitos até gostam, é pacífico aceitarmos ser “cordeirinhos” do poder político.
        Etc. etc.
        Então os nossos governantes têm tido uma actuação MUITO positiva e merecem o meu aplauso (crítico).
        E ainda não chegou a crise financeira, os desempregados, a pobreza envergonhada, a fome, etc. para os portugueses que vivem do privado.

    • Os portugueses estão tão fraquinhos ! É como as oposições. O que fez Costa para o povo estar todo contente ? A este basta-lhe andar por aí a mandar umas postas de pescada e uns sorrisos. Ao outro basta-lhe os beijos, abraços e selfies. Que Portugal é este em que basta ter jeito e chega ? Este Portugalzito não tem ambiçãp ! Somos uns eternos pelintras.

  3. Vamos ver a sondagem, quando esta situação passar e começarem a aumentar os impostos para cobrir o que tem estado estado a esconder até agora.

  4. Isto faz parte do pacote dos 15M€??
    Ou então devo viver numa região de Portugal onde não foi feita qualquer pergunta sobre este tema…

  5. Concordo, isto é mesmo um País de otários, eu diria mesmo um País de mentecaptos, o melhor que sabem fazer é dizer mal do governo e dos governantes, então quando se trata deste primeiro ministro, é uma raiva impossível de aturar. Preferiam um Trump ou um Bolsonaro? Imbecis. Deixem de se comportar à laia de clubite e aprendam alguma coisa com o líder da oposição, se não há nada de mal para dizer não se diz.
    Os comentários desta senhora Elsa Masters, são como dizia o outro, repugnantes. Se por cá é tudo tão mau, porque não pensa em emigrar como preconizava um outro primeiro ministro. Desse gostava não? Siga.
    Ajudem a construir e lembrem-se que não é por acaso que a popularidade sobe, aqui viu-se muita determinação e competência quer do governo quer da principal oposição.

    • Mas qual clubite?! Eu lá quero saber de partidos?! Nunca votei em toda a minha vida. E também não será seguramente nas próximas eleições. Agora, diga-me lá de tudo isto o que não é verdade:
      – Tivemos estado de emergência porque o povo já estava confinado em casa e o PR achou que seria correto declarar o estado de emergência. O PM revelou-se sempre contra. É público.
      – O mesmo se passou com as máscaras. Já o povo todo andava com máscara, e o PR também, e a ministra ainda dizia que não se devia andar com máscara. Enfim, um total desgoverno.
      – Fala-se de apoios às empresas mas ainda nenhuma os viu! Como é hábito neste governo diz-se uma coisa e depois faz-se outra, ou nada. Criaram mil entraves para atrasar / dificultar todo o processo.
      – Os apoios às empresas são um belo negócio para os bancos – Spreads de 3% em empréstimos assegurados pelo estado em 80 ou mesmo 90%!!!??? Belo negócio!
      – No âmbito da COVID19 foram feitos ajustes diretos de milhões a meia dúzia de empresas. Já tínhamos visto isto aquando dos fogos, com kits que até eram inflamáveis. Mas como eram de um membro do gangue…

  6. A democracia é uma coisa fantástica; dá para exprimirmos as nossas “dores de cotovelo”, até dá para nos manifestarmos com expressões estúpidas (“… o indiano”), dá para fingirmos que não vemos aquilo que estamos a ver, dá para mamarmos umas massas e depois dizer que nem sequer soubemos que elas existiam, enfim, dá para tudo, mas também para uma coisa, aqueles que, em maioria, conseguem ver para além das palas, para aqueles que, em maioria, têm algum discernimento e distinguem o trigo do joio, aqueles que, em maioria, ajuízam com justiça e responsabilidade. Quanto ao mais não vale a pena chorar sobre o leite derramado porque a água não passa duas vezes debaixo da mesma ponte. Para limparmos o vírus do ódio podemos bem seguir a receita do Trump, limpar o organismo com uns valentes copos de desinfetante.

  7. Só posso expor uma simples constatação :…… Este Governo tem “falhas” ?…eu digo tem !… Comparativamente a outros Governos e sobretudo a alguns polémicos Governantes, face a esta “praga”, Portugal com os meios que dispõe, não é o pior exemplo !. Mas, talvez certos Portugueses que aqui comentam preferiam, ser Governados por o alto catedrático Bolsonaro, por um Baby Trump mentiroso compulsivo, ou um Boris irresponsável. Bem…..?, não estamos!..mas poderíamos estar muito pior !… assim sendo, faço votos para que possamos todos sair desta tormenta, com o mínimo de danos !

  8. E triste mas é verdade com os males dos outros hoje os outros estão bem por causa da COVID 19 e assim Costa está mais popular, POIS COM A DESGRAÇAS DE OUTROS, OUTROS FICAM BEM…
    NÃO HÁ OPOSIÇÃO NEM DE ESQUERDA OU DIREITA E ASSIM CLARO É FACÍL DE GOVERNAR SEM OPOSIÇÃO E NEM A RESTANTE GERINGONÇA..
    Pois meus amigos não sejam cegos porque foi a sorte grande que saiu ao Costa, assim não se vê o rombo sem o Covid 19 o que governo deixava, pois agora até um cego vê esta Gerinçonça e assim há desculpas!!!.
    E assim até o Presidente é unha com carne com Costa, AMBOS QUEREM SUBIR AO POLEIRO e assim o povo com os olhos vendados seguem o homem da Flauta mágica e assim cairemos no Abismo, e depois da-se as culpas ao Covid 19.
    Povo não sou de esquerda nem de direita pois não tenho as palas para ver em frente e para os lados, pois tirem antes que seja tarde, PORQUE O GOVERNO FAZ O QUE BEM ENTENDE…

  9. OLHA !!!! Eu é que não vou acreditar em sondagens manipuladas a favor deste desgoverno. Agora que parte da comunicação social receberam a ajuda do estado, convém andarem de mansinhos a falar do patrão de imprensa e telejornais, o Sr. Costa.

Chega "indica" Joana Marques Vidal para conselho de ética parlamentar

O Chega propôs na sexta-feira a criação de um conselho de ética parlamentar, presidido pela ex-procuradora-geral da República (PGR), Joana Marques Vida. Numa nota enviada à agência Lusa, o Chega justificou esta iniciativa pelo facto de …

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …