Há uma nova pista no misterioso caso do desaparecimento de Emanuela Orlandi

luciogalluzzi / Flickr

Emanuela Orlandi desapareceu em 1983

Foram encontradas ossadas de dezenas de pessoas numa cripta junto aos túmulos abertos no Vaticano em busca de Emanuela, mas estes ossários deviam estar vazios.

Foram encontrados milhares de ossos numa cripta que se pensava estar vazia no cemitério do Vaticano, onde dois túmulos foram abertos em busca de Emanuela Orlandi, uma italiana que desapareceu aos 15 anos em 1983.

Os dois túmulos onde deviam estar os restos mortais de duas princesas alemãs estavam, afinal, vazios. No entanto, a investigação descobriu dois ossários com restos mortais de dezenas de pessoas debaixo do chão dentro do cemitério, avança o Observador.

O Vaticano autorizou, a 11 de julho, a exumação dos túmulos de Sophie von Hohenlohe e Carlotta Federica de Mecklenburg depois de o irmão de Emanuela, Pietro Orlandi, ter recebido uma carta anónima que sugeria que havia pistas sobre o paradeiro da jovem dentro dos caixões.

Quando os túmulos foram abetos, revelaram mais perguntas do que respostas, uma vez que as ossadas das duas princesas alemães também tinham desaparecido.

Pouco mais tarde, foram descobertos dois ossários no subsolo do Cemitério Teutónico, adicionando uma nova linha de investigação. Os ossários estavam numa área adjacente aos túmulos das princesas e foram abertos no sábado. À CNN, Giorgio Portera, um geneticista contratado pela família Orlandi, explicou que “deve-se considerar que muitos dos ossos que estão a ser datados estão partidos”, portanto ainda não se sabe ao certo a quantas pessoas pertenciam. Ainda assim, o cientista aposta nas dezenas.

Já Pietro Orlandi considera que estes ossários “podem ser um problema para o Vaticano” porque “não deviam ter quaisquer ossos recentes”.

A possibilidade de o corpo da sua irmã Emanuela poder ser identificado entre esses restos mortais continua a ser investigada. Pietro Orlandi explica que as autoridades estão a analisá-los e a separá-los por idade para investigarem os mais recentes e que no sábado vai haver mais novidades sobre este misterioso caso.

Se o cadáver da jovem for mesmo encontrado nesta cripta, isso significa que Emanuela esteve sempre a menos de 200 metros da casa da mãe. Para o irmão isso seria “perturbador”. “Pensar que ela pode ter ficado enterrada naquele ossário todos estes anos, a apenas 200 metros da nossa casa, seria devastador”, disse à CNN.

No entanto, Pietro pede uma investigação independente que descubra a origem destes ossos. “O Vaticano não quer isso e não quer ser visto desta maneira, mas finalmente sinto que deram um passo para trás e nós demos um passo em frente”, rematou.

Emanuela Orlandi, de 15 anos, filha de uma funcionária do Vaticano, nunca regressou a casa depois de uma aula de música em Roma, no ano de 1983, e o caso é um dos mistérios mais longos de Itália.

O caso Orlandi está revestido de várias facetas misteriosas, nas quais se cruzam todo o tipo de teorias que juntam a máfia italiana, a Igreja Católica, uma rede de abusos sexuais e até mesmo o turco Ali Agca, que em 1981 tentou assassinar o Papa João Paulo II.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. São os mistérios da fé e os desígnios de Deus, não questioneis a Igreja!
    (o mesmo que dizem os padres pedófilos às crianças de que abusam, basicamente dizer isto serve para desculpar tudo)

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …