Mistério de Emanuela Orlandi persiste. Túmulos do Vaticano estavam vazios

luciogalluzzi / Flickr

Emanuela Orlandi desapareceu em 1983

Os túmulos de duas princesas alemãs abertos no Vaticano em busca de Emanuela Orlandi, a adolescente desaparecida em 1983, estavam vazios. 

Segundo o Observador, que cita o jornal italiano Corriere della Sera, os túmulos das duas princesas alemãs foram abertos esta quinta-feira e estavam vazios, fazendo aumentar ainda mais o mistério sobre o desaparecimento da jovem italiana e, agora, do local onde estarão os restos mortais das princesas.

“A pesquisa teve um resultado negativo: não foram encontrados restos humanos, nem urnas funerárias”, anunciou em comunicado o diretor da sala de imprensa do Vaticano, Alessandro Gisotti.

Logo depois da abertura dos túmulos, a advogada da família, Laura Sgro, mostrou surpresa com o resultado. “Os túmulos estão vazios. Estamos todos surpreendidos”.

As famílias das duas princesas – Sophie von Hohenlohe (morta em 1836) e Charlotte-Frédérique de Mecklembourg (morta em 1840)concordaram com as buscas e já “foram informadas sobre o resultado”, afirmou ainda a fonte do Vaticano.

Estão em curso verificações nos arquivos para conhecer a natureza das obras realizadas naquele cemitério, algumas das quais datam do fim do século XIX e outras dos anos 1960 e 1970.

 

Na semana passada, o Vaticano anunciou que iam ser abertos dois túmulos, no Cemitério Teutónico. Esta é a primeira vez que a instituição religiosa colabora ativamente com as investigações, segundo os progenitores.

Tudo porque, em março, o irmão da adolescente, Pietro Orlandi, recebeu uma nova pista: uma carta com a fotografia de uma escultura de um anjo e uma mensagem no verso – “Olha para onde o anjo está a apontar”.

O anjo apontava para um cemitério na vizinhança da Basílica de São Pedro, onde são enterrados os católicos alemães no Vaticano. Na altura, o irmão tinha dito que se não fosse encontrado lá nada, “a história não pode acabar aqui”.

De acordo com o jornal online, Pietro já tinha procurado diretamente a ajuda do Papa Francisco em 2013, pouco depois de este se tornar líder da Igreja Católica, mas a resposta que obteve foi apenas “a Emanuela está no céu”. O irmão não desiste porque, afirma, “enquanto não encontrar o corpo da Emanuela, é meu dever continuar a procurá-la como se estivesse viva”.

Emanuela Orlandi, de 15 anos, filha de uma funcionária do Vaticano, nunca voltou a casa depois de uma aula de música em Roma, no ano de 1983, e o caso é um dos mistérios mais longos de Itália.

O caso Orlandi está revestido de várias facetas misteriosas, nas quais se cruzam todo o tipo de teorias que juntam a máfia italiana, a Igreja Católica, uma rede de abusos sexuais e até mesmo o turco Ali Agca, que em 1981 tentou assassinar o Papa João Paulo II.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …