Túmulo no Vaticano pode ter a resposta para um homicídio com 35 anos

luciogalluzzi / Flickr

Emanuela Orlandi desapareceu em 1983

A 22 de junho de 1983, Emanuela Orlandi, filha de um funcionário do Vaticano, estava a sair de uma aula de música na Piazza Navona quando foi vista pela última vez, sem que sejam conhecidas as causas do desaparecimento.

Agora, o Vaticano pode estar disposto a abrir uma sepultura que pode dar resposta ao caso, depois de uma carta anónima enviada à família ter apontado para um local onde Orlandi terá sido secretamente enterrada. “Olhe para onde o anjo está a apontar”, diz a carta com a suposta resolução do mistério.

O caso que gerou várias teorias da conspiração – desde casos de corrupção e fraude financeira no Vaticano, a envolvimento da máfia e abusos sexuais -, pode agora ter reposta na sequência desta carta anónima, segundo avança o Corriere della Sera.

A indicação é a de que o corpo de Emanuela Orlandi estará enterrado num cemitério germânico – destinado a cadáveres da Áustria, da Alemanha e da Holanda.

Em cima da tumba descrita está a estátua de um anjo de mármore cuja mão aponta para o chão. A família de Emanuela Orlandi já pediu ao Vaticano para examinar os registos relacionados com o local e para abrir a campa, para confirmar se os restos mortais de Emanuela foram lá enterrados.

A tumba em causa tem também uma inscrição dedicada a um príncipe alemão Gustavo von Hohenlohe, que foi feito arcebispo pelo Papa Pio IX, em 1857. Segundo o jornal italiano, a campa terá sido já aberta no passado e o porta-voz do Vaticano já disse à família que está a estudar o pedido.

Emanuela Orlandi desapareceu com 15 anos e era filha de um funcionário do Vaticano, sendo cidadã daquela cidade-estado que é a capital da Igreja Católica.

Uma das primeiras diz que Orlandi foi sequestrada pela máfia para forçar a libertação do turco Mehmet Ali Agca, que tentou assassinar o Papa João Paulo II em 1981. Outra das teorias dá conta de que terá sido também sequestrada, mas como moeda de troca para recuperar um empréstimo feito ao Vaticano. Por fim, existe ainda uma terceira via que defende que Emanuela terá sido raptada para integrar uma rede de abusos sexuais.

Em novembro do ano passado o caso voltou a reavivar-se quando foram descobertas ossadas junto à Embaixada do Vaticano em Roma. Não foi a primeira vez que a descoberta em Roma de alguns ossos faz pensar no desaparecimento de Orlandi.

Em 2012, encontraram-se restos ósseos não identificados ao lado do túmulo, na basílica de San Apolinar, de Enrico De Pedis, chefe do “Bando de la Magliana”, a máfia de Roma durante os anos 70 e 80.

No entanto, depois de realizados os testes que deram negativo, o caso continua por resolver.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …

Continental vai acabar com 5500 empregos em todo o mundo até 2028

A alemã Continental vai suprimir 5.500 empregos no mundo até 2028, num contexto de abrandamento conjuntural e de queda da procura por motores a combustão, anunciou esta quarta-feira o fornecedor automóvel germânico. Com o objetivo de …

Tailândia. Exploração sexual de mulheres e crianças denunciados no primeiro discurso do Papa

O Papa Francisco denunciou esta quinta-feira que "mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentados e expostos a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso", na primeira intervenção proferida na Tailândia, um dos destinos …

Forças de segurança ameaçam com nova manifestação a 21 de janeiro

As associações de profissionais da PSP e da GNR que se concentraram junto ao Parlamento, esta quinta-feira, anunciaram um novo protesto para 21 de janeiro, caso o Governo não atenda às suas reivindicações. O anúncio foi feito …

Mortes por cancro do pâncreas duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos

As mortes por cancro do pâncreas mais do que duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos, correspondendo a um aumento médio anual de 3%, revela um estudo esta quinta-feira divulgado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia …

Bebé que foi encontrado no lixo já teve alta hospitalar

O bebé que foi encontrado num ecoponto, perto de Santa Apolónia, em Lisboa, já recebeu alta hospitalar e será agora entregue a uma família de acolhimento. O recém-nascido que foi encontrado num ecoponto, em Lisboa, recebeu …

Procurador-geral de Israel acusa Netanyahu em três casos de corrupção

O primeiro-ministro israelita em funções foi acusado, esta quinta-feira, de fraude, suborno e abuso de confiança em três casos de corrupção. O procurador-geral de Israel, Avichaï Mandelblit, acusou hoje o primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, de …

Burros estão a ser dizimados a nível global (e a culpa é da medicina chinesa)

Cerca de 4,8 milhões de burros são abatidos anualmente por causa de um produto destinado à medicina chinesa: um gelatina com alegados efeitos curativos, feita a partir das peles dos animais. A denúncia é feita pela …