Nadadores-salvadores podem ter de usar máscara, óculos e bata (e não haverá respiração boca-a-boca)

A duas semanas do arranque da época balnear, marcado para 6 de junho, as normas de atuação dos nadadores-salvadores ainda estão a ser preparadas.

De acordo com a TSF, os nadadores-salvadores das praias portuguesas poderão ter de usar equipamento novos: máscara, óculos e bata.

Segundo o diretor do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), comandante Velho Gouveia, ouvido pela TSF, a máscara será de utilização “conveniente”, sempre que não for um “obstáculo”, tal como o uso de “óculos e uma bata”.

Nas operações de socorro, já não haverá respiração boca-a-boca. O comandante Velho Gouveia garantiu que há “alternativas a essa modalidade de prestação de Suporte Básico de Vida, nomeadamente a utilização de um kit de oxigénio ou de bombas manuais”.

Na utilização da bomba manual, é necessária a presença de dois nadadores-salvadores – uma situação que o comandante considera ser “fácil de resolver”.

O comandante Velho Gouveia defende, à TSF, que os nadadores-salvadores não devem estar ocupados a verificar quantas pessoas se encontram na praia, uma vez que a sua função é “salvar vidas, estar atento à praia e fazer vigilância”.

O Instituto de Socorros a Náufragos tem 7610 nadadores-salvadores aptos a trabalharem nas praias portuguesas, um número que decorre da extensão de validade de várias certificações devido à pandemia. Porém, apesar de o número de nadadores-salvadores aptos a trabalhar tenha aumentado, isso não significa que todos estejam disponíveis para fazê-lo.

A pandemia de covid-19 interrompeu os cursos de formação que estavam a decorrer em março. O diretor do ISN pede que as piscinas sejam abertas rapidamente para que se possam fazer os exames práticos de final de curso.

As normas, recomendações e protocolos para os nadadores-salvadores vão ser publicados “nos próximos dias”.

Este ano, a época balnear vai abrir a 6 de junho. As regras da DGS preveem a obrigatoriedade de manter o distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos e o afastamento de três metros entre chapéus de sol, toldos ou colmos.

A aplicação Infopraia vai permitir ver a ocupação de cada praia numa espécie de semáforo, sendo que verde significa uma ocupação baixa (1/3), amarelo uma ocupação elevada (2/3) e vermelho uma ocupação plena (3/3). A informação sobre o estado de ocupação das praias vai ser “atualizada de forma contínua, em tempo real”.

Na utilização do areal das praias estão “interditas atividades desportivas com duas ou mais pessoas, exceto atividades náuticas, aulas de surf e desportos similares”.

Vai estar “interdito o estacionamento fora dos parques e zonas de estacionamento ordenado” para acesso às praias.

Se houver acumulações excessivas em algumas praias, estas podem ser interditadas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Equador retira nacionalidade ao fundador da Wikileaks, Julian Assange

O governo equatoriano revogou a decisão de 2018 devido a incongruências burocráticas. O advogado de Assange já disse que vai recorrer e que a decisão foi tomada sem o fundador da Wikileaks ser ouvido. O Equador …

Os primeiros resultados dos Censos: Portugal perdeu população pela primeira vez desde 1970

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou, esta quarta-feira, os primeiros resultados dos Censos 2021, cujas respostas por via digital ultrapassaram os 99%. Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os …

Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma. O indicador destaca ainda que os portugueses …

Moedas fecha lista para a Câmara de Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, já fechou a equipa que o vai acompanhar nas próximas autárquicas. O anúncio de que a lista de Carlos Moedas para a Câmara de Lisboa está fechada será …

Abaixo-assinado apelida Bolsonaro de genocida após 550.000 mortes no Brasil

Dezenas de personalidades e organizações da sociedade civil portuguesa subscreveram um abaixo-assinado de solidariedade internacional para com o Brasil, no qual apelidam o Presidente, Jair Bolsonaro, de "genocida" após mais de 550.000 mortes devido à …

Jovens com 18 ou mais anos já podem agendar a vacina contra a covid-19

O autoagendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, esta quarta-feira, no portal da Direção-Geral da Saúde (DGS). "O auto-agendamento para os utentes com idade igual ou superior a …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …