MP faz buscas em gabinete de Paulo Núncio, processo envolve a Líbia

PSD / Flickr

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

O Ministério Público (MP) fez esta quarta-feira “averiguações” junto da Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais, no âmbito de um processo relacionado com tratamento fiscal que envolve uma empresa portuguesa e o Ministério da Saúde líbio.

Segundo um comunicado do Ministério das Finanças, as averiguações do MP junto da Secretaria de Estado tutelada por Paulo Núncio referem-se a “um processo relacionado com tratamento fiscal, em sede de IVA, relativo a uma transação entre uma empresa portuguesa e o Ministério da Saúde líbio“.

No mesmo comunicado, o Ministério das Finanças indica que “a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais está totalmente disponível para colaborar com a investigação”.

O Correio da Manhã avançou que a PJ estava no gabinete do secretário de Estado Paulo Núncio a realizar buscas no âmbito do caso Vistos Gold.

No âmbito da Operação Labirinto, relacionada com a aquisição de vistos gold, 11 pessoas foram detidas em  novembro passado, incluindo o antigo presidente do Instituto de Registos e Notariados (IRN) António Figueiredo, que se encontra em prisão preventiva.

A ex-secretária-geral do Ministério da Justiça, Maria Antónia Anes, o ex-diretor-geral do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Jarmela Palos, e o empresário chines Zhu Xiaodong são outros dos arguidos principais do processo.

Em causa na Operação Labirinto, investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), estão indícios de corrupção ativa e passiva, recebimento indevido de vantagem, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influência, relacionados com a atribuição de autorizações de residência para a atividade de investimento, vulgarmente conhecidos por vistos gold.

Entretanto, elementos da Polícia Judiciária estão desde a manhã desta quarta-feira a fazer buscas também nas instalações do Porto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, revelou à Lusa fonte do SEF.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Era exactamente essa a questão (onde estão as provas?) do 44 de Évora. E as provas lá vão aparecendo paulatinamente. Este vigarista também tem lugar reservado em Évora. Ele e a trupe toda.

    • As provas antecedem a formalização da acusação em qualquer processo de investigação! É claro! O mesmo é dizer que, enquanto se investiga não há provas e sim indícios… Até à produção de prova credível para (MP) julgamento

  2. Não cabem todos em Évora. Podem ir para os Estádios de Futebol que estão vazios. Aqueles que custaram os ‘ olhos da cara’ ao zé povinho!!

  3. Os estádios de futebol custa muito dinheiro os hospitais custam muito dinheiro as escolas tambem que tal viver no pais dos macacos?e darem o dinheiro todo dos nossos impostos aos pançudos.

    • Ninguém perguntou… Confesso que não tenho nada contra os bem nutridos ou anafados… Diferente é campos de prisioneiros ou outros.

RESPONDER

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …

Empresas podem manter lay-off até ao fim de setembro. Trabalhadores podem receber 85% do salário

Os traços gerais do plano do Governo para a retoma da economia e para tentar travar a escalada do desemprego foram apresentados aos parceiros sociais, esta terça-feira, por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade …

O próximo Wolves? Charlton pode tornar-se "português"

O consórcio português Corporate Football Organisation Portugal (CFO), liderado por Fernando Côrte-Real, está a estudar a compra do Charlton, clube que milita no Championship, o segundo escalão inglês. "A CFO Portugal já existe há pelo menos …