MP faz buscas em gabinete de Paulo Núncio, processo envolve a Líbia

PSD / Flickr

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

O Ministério Público (MP) fez esta quarta-feira “averiguações” junto da Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais, no âmbito de um processo relacionado com tratamento fiscal que envolve uma empresa portuguesa e o Ministério da Saúde líbio.

Segundo um comunicado do Ministério das Finanças, as averiguações do MP junto da Secretaria de Estado tutelada por Paulo Núncio referem-se a “um processo relacionado com tratamento fiscal, em sede de IVA, relativo a uma transação entre uma empresa portuguesa e o Ministério da Saúde líbio“.

No mesmo comunicado, o Ministério das Finanças indica que “a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais está totalmente disponível para colaborar com a investigação”.

O Correio da Manhã avançou que a PJ estava no gabinete do secretário de Estado Paulo Núncio a realizar buscas no âmbito do caso Vistos Gold.

No âmbito da Operação Labirinto, relacionada com a aquisição de vistos gold, 11 pessoas foram detidas em  novembro passado, incluindo o antigo presidente do Instituto de Registos e Notariados (IRN) António Figueiredo, que se encontra em prisão preventiva.

A ex-secretária-geral do Ministério da Justiça, Maria Antónia Anes, o ex-diretor-geral do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Jarmela Palos, e o empresário chines Zhu Xiaodong são outros dos arguidos principais do processo.

Em causa na Operação Labirinto, investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), estão indícios de corrupção ativa e passiva, recebimento indevido de vantagem, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influência, relacionados com a atribuição de autorizações de residência para a atividade de investimento, vulgarmente conhecidos por vistos gold.

Entretanto, elementos da Polícia Judiciária estão desde a manhã desta quarta-feira a fazer buscas também nas instalações do Porto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, revelou à Lusa fonte do SEF.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Era exactamente essa a questão (onde estão as provas?) do 44 de Évora. E as provas lá vão aparecendo paulatinamente. Este vigarista também tem lugar reservado em Évora. Ele e a trupe toda.

    • As provas antecedem a formalização da acusação em qualquer processo de investigação! É claro! O mesmo é dizer que, enquanto se investiga não há provas e sim indícios… Até à produção de prova credível para (MP) julgamento

  2. Não cabem todos em Évora. Podem ir para os Estádios de Futebol que estão vazios. Aqueles que custaram os ‘ olhos da cara’ ao zé povinho!!

  3. Os estádios de futebol custa muito dinheiro os hospitais custam muito dinheiro as escolas tambem que tal viver no pais dos macacos?e darem o dinheiro todo dos nossos impostos aos pançudos.

    • Ninguém perguntou… Confesso que não tenho nada contra os bem nutridos ou anafados… Diferente é campos de prisioneiros ou outros.

RESPONDER

Museu Neandertal responde a Joe Biden. "Eram mais espertos do que pensa"

O Museu Neandertal, na Alemanha, endereçou um convite ao Presidente norte-americano Joe Biden, depois de o governante ter considerado a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara um …

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …