Infarmed vai continuar “forever and ever” em Lisboa

Fernando Veludo / Lusa

O presidente da câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta segunda-feira que “o Infarmed vai continuar forever and ever [para todo o sempre] em Lisboa”, acusando o Governo, liderado pelo PS, de “sucumbir àquilo que é a máquina do Estado”.

“As explicações estão dadas. O ministro aquilo que disse é que houve uma alteração da política e que vai atirar para uma comissão que, no dia de são nunca à tarde, na semana dos nove dias, é capaz de decidir que o Infarmed vem para o Porto. E, nesse dia, criam uma outra comissão para ver se alguma comissão diz que é mau o Infarmed vir para o Porto”, afirmou o independente Rui Moreira.

Em conferência de imprensa, o autarca defendeu que a questão não está na deslocalização daquele organismo, mas sim na manutenção do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde em Lisboa.

“Quero dizer, para que fique claro, que ninguém até hoje, seja o senhor primeiro-ministro, seja o ministro, falaram comigo ou tentaram falar comigo, que seja do meu conhecimento. E, portanto, aquilo que eu posso dizer é que considero que este, como aliás já parecia óbvio, é um processo em que o poder político sucumbiu àquilo que é a máquina do Estado e a máquina instalada”, defendeu.

Para Rui Moreira, este era, aliás, um desfecho previsível face à evolução de todo o processo, que previa a transferência do Infarmed até janeiro de 2019.

“Em primeiro lugar, foi tomada uma decisão, depois foi criada uma comissão para dizer, se calhar, que a decisão estava mal tomada, a seguir apresentam um documento em que 27 peritos, especialistas na matéria, nomeados pelo Governo, sem nenhuma intervenção da câmara do Porto, dizem que vai para o Porto e depois nós não ouvimos mais nada. Compreenderam com certeza que eu, no princípio de setembro, começasse a achar que isto era uma situação anedótica“, afirmou.

O independente escusou-se, contudo, a comentar se o ministro da Saúde tem ou não condições para se manter no cargo, sublinhando apenas que a deslocalização do Infarmed para o Porto foi uma resolução do Conselho de Ministros.

Forever and ever em Lisboa

O presidente da câmara do Porto disse ainda que não vai pedir mais explicações ao Governo, até porque, neste caso, tem “a certeza que o Infarmed vai continuar ‘forever and ever’, como diz a música, em Lisboa”.

“Como disse, eu não falei com o ministro, se ele me queria falar da situação política não sei, mas isso é um problema do Governo não da Câmara do Porto. Aqui no Porto está tudo na mesma. E, portanto, é mais um caso de promessa dada, promessa não honrada, mas como nós também não tínhamos pedimos nada fica como antes, quartel-general em Lisboa”, referiu Rui Moreira.

Rui Moreira, lembrou ainda que o governo é que pediu à Câmara do Porto para auxiliar a transferência do Infarmed, defendendo que esta não era uma decisão do Porto, era uma decisão nacional.

O ministro da Saúde disse na sexta-feira que a decisão de suspender para já a deslocalização do Infarmed para o Porto “é coerente” com o que Governo tem afirmado e foi tomada tendo em conta a vontade dos trabalhadores da instituição.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Descentralizar não é mudar o INFARMED de Lisboa para o Porto. O que Moreira quer é mais poder e passar a mandar mais ou mudar o centro de sitio. Descentralizar é mudar ou criar serviços em zonas do Interior mais desfavorecidas, seja em Trás os Montes ou Alentejo, mesmo no Algarve. Será que não haveriam regiões que precisariam mais que o Porto?

  2. O nossos governantes no seu melhor. Política é isto. Diz que não disse, mas ouviu dizer. Estão.se a caga.. para o país. Só interessa Lisboa. Só interessam os tachos.

  3. Simplesmente uma grande trapalhada inventada pelo governo, primeiro decidiram e depois “estudaram” as consequências, resultado, uma asneira grossa que se fosse praticada pelos partidos da oposição teríamos a geringonça em peso a preencher os tempos de televisão com críticas, assim metem todos o rabinho entre as pernas e ficam bem caladinhos até que a tempestade acalme.

  4. O Rui Moreira é adepto da politica do sangessuga. Como o Porto nao cria riqueza há que sugar o resto do país. Até o Alentejo produz mais riqueza por habitante que a região norte

RESPONDER

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Venha o tubarão

Portugal desilude e complica o apuramento. Segue-se a França. Itália, Bélgica e Países Baixos nos oitavos-de-final. O Campeonato da Europa visto da Linha de Fundo. Na corda bamba Portugal – Alemanha (2-4) “A vida é como uma corda 
De …

Praga de milhões de ratos está a aterrorizar a Austrália

O fim da seca de três anos e dos consequentes incêndios florestais permitiu à Austrália respirar de alívio. Em contrapartida, criaram-se as condições perfeitas para a pior praga de ratos da última década. "As pessoas estão …

Banca com nova vaga de saída de trabalhadores e admite despedimentos

Os grandes bancos vão reduzir milhares de trabalhadores este ano, um processo que vem acontecendo desde a última crise mas que em 2021 deverá atingir um novo pico, tendo mesmo BCP e Santander Totta admitido …

Cuba está a criar o seu próprio smartphone (e conta com a ajuda da Huawei)

O Governo cubano está a trabalhar na produção de um novo smartphone, que terá um sistema operativo original e conta com a ajuda da empresa chinesa Huawei. De acordo com a revista Vice, o projeto é …

Funcionários russos que recusem vacina arriscam licença sem vencimento

Os funcionários russos que recusem vacinar-se contra o novo coronavírus, em regiões onde a vacina seja obrigatória, arriscam-se a uma licença sem vencimento, anunciou o ministro do Trabalho da Rússia, Anton Kotiakov. "Se as autoridades de …

Vacina cubana com eficácia de 62% após segunda das três doses previstas

A vacina cubana contra a covid-19 atingiu uma eficácia de 62% após a injeção de duas das três doses previstas, um resultado que excede os 50% exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou o …

Miguel Oliveira em segundo lugar no GP da Alemanha de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na segunda posição o Grande Prémio da Alemanha de MotoGP, oitava prova do Mundial de velocidade de motociclismo, vencida pelo espanhol Marc Márquez (Honda). Miguel Oliveira, que partiu …

Mais três mortos e 941 novos casos de covid nas últimas 24 horas

Portugal voltou a registar nas últimas 24 horas uma ligeira redução no número de infeções confirmadas pelo coronavírus SARS-CoV-2, com 941 casos, e três mortes associadas à covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. O boletim epidemiológico …

"Cemitério verde". Estado de Oregon irá permitir (brevemente) a compostagem de corpos humanos

O estado de Oregon tornou-se o terceiro dos Estados Unidos a legalizar um novo processo de compostagem do corpo humano. A governadora do Oregon, Kate Brown, aprovou o projeto de lei que irá permitir o sepultamento …

Responsável pelo RGPD demitido por Medina trabalhava há 33 anos na Câmara de Lisboa

O encarregado de proteção de dados da Câmara Municipal de Lisboa, que o presidente Fernando Medina exonerou devido à polémica da partilha de dados de ativistas com a embaixada da Rússia, trabalhava na autarquia há …