Infarmed vai continuar “forever and ever” em Lisboa

Fernando Veludo / Lusa

O presidente da câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta segunda-feira que “o Infarmed vai continuar forever and ever [para todo o sempre] em Lisboa”, acusando o Governo, liderado pelo PS, de “sucumbir àquilo que é a máquina do Estado”.

“As explicações estão dadas. O ministro aquilo que disse é que houve uma alteração da política e que vai atirar para uma comissão que, no dia de são nunca à tarde, na semana dos nove dias, é capaz de decidir que o Infarmed vem para o Porto. E, nesse dia, criam uma outra comissão para ver se alguma comissão diz que é mau o Infarmed vir para o Porto”, afirmou o independente Rui Moreira.

Em conferência de imprensa, o autarca defendeu que a questão não está na deslocalização daquele organismo, mas sim na manutenção do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde em Lisboa.

“Quero dizer, para que fique claro, que ninguém até hoje, seja o senhor primeiro-ministro, seja o ministro, falaram comigo ou tentaram falar comigo, que seja do meu conhecimento. E, portanto, aquilo que eu posso dizer é que considero que este, como aliás já parecia óbvio, é um processo em que o poder político sucumbiu àquilo que é a máquina do Estado e a máquina instalada”, defendeu.

Para Rui Moreira, este era, aliás, um desfecho previsível face à evolução de todo o processo, que previa a transferência do Infarmed até janeiro de 2019.

“Em primeiro lugar, foi tomada uma decisão, depois foi criada uma comissão para dizer, se calhar, que a decisão estava mal tomada, a seguir apresentam um documento em que 27 peritos, especialistas na matéria, nomeados pelo Governo, sem nenhuma intervenção da câmara do Porto, dizem que vai para o Porto e depois nós não ouvimos mais nada. Compreenderam com certeza que eu, no princípio de setembro, começasse a achar que isto era uma situação anedótica“, afirmou.

O independente escusou-se, contudo, a comentar se o ministro da Saúde tem ou não condições para se manter no cargo, sublinhando apenas que a deslocalização do Infarmed para o Porto foi uma resolução do Conselho de Ministros.

Forever and ever em Lisboa

O presidente da câmara do Porto disse ainda que não vai pedir mais explicações ao Governo, até porque, neste caso, tem “a certeza que o Infarmed vai continuar ‘forever and ever’, como diz a música, em Lisboa”.

“Como disse, eu não falei com o ministro, se ele me queria falar da situação política não sei, mas isso é um problema do Governo não da Câmara do Porto. Aqui no Porto está tudo na mesma. E, portanto, é mais um caso de promessa dada, promessa não honrada, mas como nós também não tínhamos pedimos nada fica como antes, quartel-general em Lisboa”, referiu Rui Moreira.

Rui Moreira, lembrou ainda que o governo é que pediu à Câmara do Porto para auxiliar a transferência do Infarmed, defendendo que esta não era uma decisão do Porto, era uma decisão nacional.

O ministro da Saúde disse na sexta-feira que a decisão de suspender para já a deslocalização do Infarmed para o Porto “é coerente” com o que Governo tem afirmado e foi tomada tendo em conta a vontade dos trabalhadores da instituição.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Descentralizar não é mudar o INFARMED de Lisboa para o Porto. O que Moreira quer é mais poder e passar a mandar mais ou mudar o centro de sitio. Descentralizar é mudar ou criar serviços em zonas do Interior mais desfavorecidas, seja em Trás os Montes ou Alentejo, mesmo no Algarve. Será que não haveriam regiões que precisariam mais que o Porto?

  2. O nossos governantes no seu melhor. Política é isto. Diz que não disse, mas ouviu dizer. Estão.se a caga.. para o país. Só interessa Lisboa. Só interessam os tachos.

  3. Simplesmente uma grande trapalhada inventada pelo governo, primeiro decidiram e depois “estudaram” as consequências, resultado, uma asneira grossa que se fosse praticada pelos partidos da oposição teríamos a geringonça em peso a preencher os tempos de televisão com críticas, assim metem todos o rabinho entre as pernas e ficam bem caladinhos até que a tempestade acalme.

  4. O Rui Moreira é adepto da politica do sangessuga. Como o Porto nao cria riqueza há que sugar o resto do país. Até o Alentejo produz mais riqueza por habitante que a região norte

RESPONDER

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …

Países admitem criação de lotaria europeia do património

A ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, disse esta terça-feira que os Estados-membros da União Europeia (UE) admitem a criação de uma lotaria europeia do património, como a que arranca hoje em Portugal, para angariar …

Costa pede fim dos ataques de Israel a enclaves palestinianos

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje o fim dos ataques de Israel aos enclaves palestinianos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, para que se possa regressar a um caminho em que “a paz seja …

Taxa de vacinação completa no distrito de Bragança superior à média nacional

A taxa de vacinação completa contra a covid-19 no distrito de Bragança é superior à média nacional, com 19,3% da população com duas doses, enquanto no país o valor é de 13,5%, segundo dados oficiais. A …

Praias. Regras mais apertadas e multas já a partir de amanhã

A partir desta quarta-feira, entra em vigor o decreto de lei que regula o acesso, a ocupação e a utilização das praias no contexto da pandemia. Quem não cumprir as regras está sujeito a coimas …

Guimarães deixa de pagar a taxa do lixo na fatura da água

Guimarães vai alargar o sistema de recolha de lixo "Pay-as-you-throw", em que o utilizador só paga o lixo que produz. O sistema de recolha de lixo em que o utilizador só paga o que produz vai …

Fundo de Resolução informará Governo nos próximos dias sobre valor da injeção

O presidente do Fundo de Resolução antecipou esta terça-feira que "nos próximos dias" conta informar o Governo sobre o valor que a instituição considera que o Novo Banco deve receber em relação a 2020. Luís Máximo …