Ministra espanhola não pensa “nem um segundo” em substituir Centeno

A ministra dos Assuntos Económicos de Espanha, Nadia Calviño, assegurou que não dedica “nem um segundo” a pensar numa candidatura à presidência do Eurogrupo, apontando que Mário Centeno “está a fazer um excelente trabalho”.

A cerca de cinco meses de o ministro das Finanças português terminar o seu mandato à frente do fórum informal de ministros das Finanças da zona euro, e numa altura em que Centeno ainda não revelou se se candidatará a um segundo mandato, Calviño, apontada em Bruxelas como um dos eventuais nomes fortes na corrida ao cargo, garantiu esta segunda-feira, à chegada a uma reunião do Eurogrupo, que não perde “nem um segundo por dia a pensar nessas questões”.

A ministra espanhola sublinhou que, “neste momento”, o cargo tem dono, Mário Centeno, que, de resto, “está a fazer um excelente trabalho”.

Pouco antes, igualmente à entrada para a reunião do Eurogrupo, o próprio Centeno comentou as notícias sobre a sua alegada iminente saída do cargo, afirmando que “isso não faz sentido nenhum”.

“Isso não faz sentido nenhum. Essa afirmação que me refere não faz sentido nenhum. Eu estou de pleno poder como presidente do Eurogrupo, é essa a minha função, é nisso que eu estou focado, e é para isso que, mais uma vez, estamos aqui [no Conselho, em Bruxelas]. Temos uma agenda muito cheia de tópicos e muito importantes para a área do euro”, declarou, quando questionado sobre uma recente declaração do antigo líder do PSD Marques Mendes, segundo o qual o ministro das Finanças português até já comunicou aos seus homólogos que não concorrerá a um segundo mandato.

Em 9 de fevereiro, no seu habitual comentário de domingo na SIC, Marques Mendes afirmou que o ministro das Finanças vai deixar o Governo, rumo ao Banco de Portugal, e até já se despediu do Eurogrupo, tendo comunicado de forma informal aos seus colegas que não concorreria a um segundo mandato.

No fim de dezembro, Centeno disse que não vê qualquer incompatibilidade se o ministro das Finanças passar a ser Governador do Banco de Portugal, alimentando o mistério em torno do seu futuro político. Vários políticos e comentadores têm também vaticinado que Mário Centeno é um ministro “a prazo” e que não cumprirá os quatro anos da legislatura.

Mário Centeno iniciou em janeiro de 2018 um mandato de dois anos e meio à frente do fórum informal de ministros da zona euro, que termina em julho, e ainda não anunciou se concorrerá a um segundo mandato, o que tem aberto espaço a especulação sobre quem liderará o Eurogrupo a partir do próximo verão.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Hotelaria pressiona Governo. Quer que turistas com estadias marcadas possam circular entre concelhos

A proibição de deslocação entre concelhos entre dia 30 de outubro e 3 de novembro de modo a evitar contágios agradou a alguns, mas não ao setor hoteleiro, que quer ser deixado de fora da …

Ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa suspensa a partir de hoje (e durante 45 dias)

A Transtejo tinha informado que a ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa estaria suspensa a partir desta segunda-feira, por 45 dias, devido a obras, mas será assegurado transporte rodoviário até ao terminal de Almada. “A …

Nagorno-Karabakh. Arménia e Azerbaijão acusam-se mutuamente de violação de novo cessar-fogo

A Arménia e o Azerbaijão trocaram esta segunda-feira acusações pela violação de um novo cessar-fogo acordado no domingo para pôr fim às hostilidades no enclave de Nagorno-Karabakh, que deveria ter entrado hoje em vigor. A Arménia …

Venezuela testou molécula que "anula a 100%" o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela anunciou, este domingo, que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus. "O IVIC testou uma molécula usada para tratar …

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …