Marcelo receia que medidas de prevenção dos incêndios sejam insuficientes

Marcelo Rebelo de Sousa num abraço de conforto durante visita aos concelhos afectados pelos incêndios de 15 de Outubro.

Marcelo Rebelo de Sousa receia que as medidas de prevenção dos incêndios para este ano sejam insuficientes e que a única solução seja colocar mais meios humanos no terreno e contratar meios aéreos.

A dois meses do início da época dos incêndios florestais, o Presidente da República tem receio de que as medidas que o Governo está a implementar para este verão sejam insuficientes.

Segundo o Público, para Marcelo Rebelo de Sousa a solução passa por colocar no terreno mais meios humanos e contratar meios aéreos.

No relatório sobre o incêndio de outubro consta que é preciso mudar tudo nas estruturas operacionais da Proteção Civil, desde reforçar o poder do Governo sobre os bombeiros a acabar com o voluntariado.

No entanto, faltam pouco mais de dois meses para iniciar a época de incêndios de 2018 e o grupo de trabalho que ficou de apresentar uma nova Lei Orgânica da Proteção Civil ainda não mostrou quaisquer resultados.

A iniciativa foi anunciada em novembro do ano passado, na altura da posse do tenente-general Mourato Nunes como presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC). O ministro Eduardo Cabrita anunciou a nova lei e pôs um prazo para estar pronta: março de 2018.

Dado que esta nova lei não está pronta e não deverá chegar em breve, Marcelo Rebelo de Sousa mostra-se preocupado e considera que o reforço excecional dos meios no terreno seria a melhor opção.

No que diz respeito ao reforço de homens no terreno, o governo garante que os Grupos de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) estarão reforçados com 600 elementos. Contudo, os bombeiros ainda não perceberam como será articulado o trabalho entre os voluntários e estes homens, refere o Público.

Quanto aos meios aéreos, o primeiro concurso garantiu dez helicópteros ligeiros para todo o ano e o novo concurso para alugar as 40 aeronaves em falta só deverá ter resultados em abril, pelo que está quase tudo por fazer.

Além disso, acresce o facto de ainda não terem sido nomeados os três segundos comandantes da Proteção Civil de Beja, Coimbra e Viseu, que viram as suas comissões de serviço chegar ao fim em setembro do ano passado e janeiro deste ano.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que grande novidade,claro que são insuficientes,voçês só falam palavras muito lindas depois dos desastres.Cambada de incompetentes.Com novecentos anos de história nunca o país ardeu tanto como agora.É tudo culpa da justiça que não tem mão pesada com os assassinos que causam os incêndios.

RESPONDER

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados rebatizar dezenas de genes humanos por causa do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é parecida com fogo florestal, não com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …

Procuradora-geral de Nova Iorque quer dissolver NRA após investigação de fraude

A procuradora-geral de Nova Iorque anunciou, esta quinta-feira, ter movido um processo judicial contra a National Rifle Association (NRA), depois de uma investigação que mostra que os seus dirigentes desviaram milhões de dólares para benefício …

MP abre inquérito sobre surto em lar de Reguengos de Monsaraz

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 num lar em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, que já provocou 18 mortos. Questionada pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) …

Ciclista Fabio Jakobsen já saiu do coma induzido

O ciclista holandês saiu do coma induzido, dois dias depois de uma violenta queda na primeira etapa do Tour da Polónia, que o deixou em estado grave e obrigou a uma cirurgia de cinco horas. "Temos …