Marcelo receia que medidas de prevenção dos incêndios sejam insuficientes

Marcelo Rebelo de Sousa num abraço de conforto durante visita aos concelhos afectados pelos incêndios de 15 de Outubro.

Marcelo Rebelo de Sousa receia que as medidas de prevenção dos incêndios para este ano sejam insuficientes e que a única solução seja colocar mais meios humanos no terreno e contratar meios aéreos.

A dois meses do início da época dos incêndios florestais, o Presidente da República tem receio de que as medidas que o Governo está a implementar para este verão sejam insuficientes.

Segundo o Público, para Marcelo Rebelo de Sousa a solução passa por colocar no terreno mais meios humanos e contratar meios aéreos.

No relatório sobre o incêndio de outubro consta que é preciso mudar tudo nas estruturas operacionais da Proteção Civil, desde reforçar o poder do Governo sobre os bombeiros a acabar com o voluntariado.

No entanto, faltam pouco mais de dois meses para iniciar a época de incêndios de 2018 e o grupo de trabalho que ficou de apresentar uma nova Lei Orgânica da Proteção Civil ainda não mostrou quaisquer resultados.

A iniciativa foi anunciada em novembro do ano passado, na altura da posse do tenente-general Mourato Nunes como presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC). O ministro Eduardo Cabrita anunciou a nova lei e pôs um prazo para estar pronta: março de 2018.

Dado que esta nova lei não está pronta e não deverá chegar em breve, Marcelo Rebelo de Sousa mostra-se preocupado e considera que o reforço excecional dos meios no terreno seria a melhor opção.

No que diz respeito ao reforço de homens no terreno, o governo garante que os Grupos de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) estarão reforçados com 600 elementos. Contudo, os bombeiros ainda não perceberam como será articulado o trabalho entre os voluntários e estes homens, refere o Público.

Quanto aos meios aéreos, o primeiro concurso garantiu dez helicópteros ligeiros para todo o ano e o novo concurso para alugar as 40 aeronaves em falta só deverá ter resultados em abril, pelo que está quase tudo por fazer.

Além disso, acresce o facto de ainda não terem sido nomeados os três segundos comandantes da Proteção Civil de Beja, Coimbra e Viseu, que viram as suas comissões de serviço chegar ao fim em setembro do ano passado e janeiro deste ano.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que grande novidade,claro que são insuficientes,voçês só falam palavras muito lindas depois dos desastres.Cambada de incompetentes.Com novecentos anos de história nunca o país ardeu tanto como agora.É tudo culpa da justiça que não tem mão pesada com os assassinos que causam os incêndios.

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …

Trabalhistas lideram primeira sondagem desde que Boris chegou ao poder

O partido do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, situa-se hoje, pela primeira vez desde que chegou ao poder, atrás da oposição trabalhista nas intensões de voto, o que estará relacionado com a gestão da crise pandémica, …