Marcelo “já não pode ver à frente” Azeredo Lopes e quer saída na próxima remodelação

José Sena Goulão / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), conversa com o ministro da Defesa, José Azeredo Lopes (esq)

A próxima remodelação governamental prevê-se para a seguir à aprovação do Orçamento de Estado. Marcelo Rebelo de Sousa quer que Azeredo Lopes, Ministro da Defesa, saia do Governo já nessa altura.

A entrevista que o Ministro da Defesa, Azeredo Lopes, deu ao Diário de Notícias/TSF, na qual declarava que “no limite, pode não ter havido furto nenhum“, referindo-se ao assalto em Tancos, provocou grande agitação no Governo.

Na altura da entrevista, várias vozes se levantaram contra Azeredo Lopes, tornando-o em alvo da chacota dos militares e colocando-o debaixo do fogo dos políticos, com o CDS a pedir a demissão do ministro, e o Bloco e o PCP a pedirem mais explicações sobre as declarações prestadas em entrevista.

Por isso, a pedido do CDS e do PSD, o Parlamento debate esta segunda-feira o furto de material de guerra do paiol de Tancos. PSD e CDS requereram o debate de atualidade, designado “o alegado furto no paiol de Tancos“, na sequência da entrevista em que Azeredo Lopes se referiu à falta de provas visuais, testemunhais ou confissão.

Em torno do assunto, outra questão se levanta. Segundo o Sol, Marcelo espera a saída de Azeredo Lopes do Executivo, aquando da próxima remodelação que, previsivelmente, acontecerá após a aprovação do Orçamento de Estado para 2018.

Segundo fonte de Belém, citada pelo Sol, “o Presidente já nem pode ver o Ministro à frente”. Até à próxima remodelação governamental, é “aguentar”, como diz a fonte, já que não há nada que Marcelo possa fazer.

O mesmo jornal adianta ainda que Marcelo Rebelo de Sousa, enquanto comandante supremo das Forças Armadas, já não reconhece em Azeredo Lopes o papel de Ministro da Defesa, uma quebra de confiança que pode ter consequências no Governo.

As declarações do Ministro da Defesa surgiram poucos dias depois do Presidente da República se ter deslocado a Tancos para pedir celeridade nas investigações. “Não só é importante apurar factos e eventuais responsabilidades, como apurar num tempo que seja um tempo o mais curto possível, por um lado, para o prestígio da instituição militar, e por outro lado também para a própria atuação interna da instituição militar”.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Não defendo o ministro mas agora o PR é que diz quem deve ou não sair do governo porque “já não o pode ver à frente”??? Apesar do PR ser o Comandante supremo das Forças Armadas??? Mas que raio de ingerência é esta na esfera governativa por parte do PR? Acabou-se o casamento??? Para quando o divórcio oficial?

    • O senhor diz-se e contradiz-se… Então refere, e bem, que:”…Apesar do PR ser o Comandante supremo das Forças Armadas???…” E então isso é ingerência? Achar que o seu número dois não anda bem?
      Quanto à geringonça prefiro apelidá-la de ACE…

    • Adivinhe quem tem o dever de indigitar os Ministros? E quem tem o dever de manter as instituições democráticas a funcionar?
      Se pensar um bocadinho, vai perceber que o PR tem de cumprir com estes deveres, a bem de Portugal.

  2. Somos dois, Sr. Presidente. Abençoada seja a sua clarividência numa terra de ladrões, vigaristas e artistas, ainda que plagiantes…

    • Eh lá!… essa sua terra é mesmo uma desgraça!!
      Mas vocês aí são mesmo todos assim?
      Não acredito… ainda deve haver por aí alguém honesto!…

      • Não serás tu seguramente. Quanto ao resto, pior que ser cego é mesmo não querer ver…
        Acorda e aproveita para pelo menos lavar a cara, pode ser que fiques com um pouco mais de discernimento.

        • Claro que não sou eu; de certeza absoluta!!
          Até porque, ao contrário de ti, eu não vivo numa “terra de ladrões, vigaristas e artistas”!
          E, sempre andei de “cara lavada”, o que não parece ser o seu caso – tendo em conta a “qualidade” do seu comentário!!
          Mas, “enquanto há vida, há esperança”, e, ainda pode tentar fazer alguma coisa de útil pela sociedade!
          Claro que acobardar-se e mandar “bitatites” na Internet é muito mais fácil!…

  3. Já o afirmei várias vezes e cada vez estou mais convencido de que assim virá a acontecer, por parte do governo e da hierarquia militar o PR não está a conseguir o que exigiu, esclarecimento de toda a verdade, mas a verdade é que parece estarmos perante uma situação em que nenhuma das partes parece estar interessada em desvendar o mistério talvez os dois nem pelas mesmas razões mas o certo é que parece não se molestarem um ao outro (governo e militares) e no final o que me convence é que quem vai ficar ainda nos cornos do touro é mesmo o PR no mínimo com algum esclarecimento esfarrapado por parte dos visados para espanto de todos nós.

RESPONDER

Macron segue os passos de Portugal e remodela o Governo francês

Depois de Portugal, foi a vez da França fazer uma remodelação governamental. Quatro ministros estão de saída, entram oito e seis mudam de pasta. A remodelação do Governo francês foi anunciada na terça-feira, duas semanas depois …

Governo quer vender fardas da PSP e GNR na Internet

A criação de uma plataforma online para a venda das fardas dos militares da GNR e dos agentes da PSP é uma das medidas que consta do Orçamento do Estado para 2019, com o objectivo …

Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas. "Como resultado de uma explosão no Instituto …

Relação confirma pena de prisão máxima para Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou esta quarta-feira a decisão da primeira instância de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro …

Benefícios fiscais só para novos contratos podem acelerar despejos

Depois de analisar as propostas do pacote de habitação, a UTAO avisa para as possíveis consequências das medidas de alívio fiscal no arrendamento, por apenas se aplicarem a novos contratos.   A Unidade Técnica de Apoio …

Subvenções vitalícias a políticos custam 7,17 milhões (e a lista continua em segredo)

O Orçamento de Estado para 2019 prevê um gasto de 7,17 milhões de euros com as subvenções vitalícias atribuídas a políticos. Um valor que desce apenas 90 mil euros, relativamente a 2018, numa altura em …

Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

O Benfica chegou a acordo com a Google para a obtenção da identidade dos autores de blogues que divulgaram emails roubados ao clube. Os encarnados terão desistido da acção contra a gigante tecnológica. O Jornal de …

Centeno contraria Marcelo: “O único orçamento eleitoralista foi o de 2016”

Na sua primeira entrevista após a entrega do Orçamento de Estado para 2019, Mário Centeno rejeitou que a proposta seja eleitoralista, afirmando que o único orçamento eleitoralista nesta legislatura foi o de 2016. Ao contrário das …

Cerveja pode ficar cinco vezes mais cara devido às alterações climáticas

Más notícias para os amantes de cerveja. As alterações climáticas, além de elevarem o nível médio de mar e causarem furacões mais fortes e incêndios mais intensos, podem também prejudicar a produção e, consequente, a …

Governo acaba com curso que dava acesso direto a emprego no Estado

Na edição desta quarta-feira, o Público avança que, no Orçamento do Estado para 2019, o CEAGP será revogado e será criado um novo programa de formação destinado aos técnicos superiores. O Governo vai acabar com o …