Marcelo e Costa visitam Pedrógão, PSD quer é saber onde está o dinheiro

(dr) António Cotrim

Dois meses depois do maior incêndio de Portugal, o Presidente da República e o primeiro ministro visitam o local. A oposição exige, por sua vez, saber “o que tem sido feito com o dinheiro doado”.

O incêndio que matou 64 pessoas aconteceu há dois meses. O tempo passa e muitas polémicas envolveram o fogo: desde as falhas no sistema de comunicação, à lista de vítimas mortais, com muitas outras questões políticas à volta.

Esta quinta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa deslocam-se a Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Castanheira de Pera, pelas 15:30, segundo o Diário de Notícias.

Depois de uma reunião na Câmara de Figueiró dos Vinhos, a comitiva vai visitar, em Pedrógão Grande, as casas em reconstrução – Aldeia das Freiras, Vila Facaia e Aldeia de Figueira, Graça – e a Unidade de Missão para a Valorização do Interior.

Após as visitas está prevista uma reunião na Câmara Municipal de Castanheira de Pera, onde acontecerá pelas 17:30, uma reunião com os presidentes das autarquias afetadas pelos fogos. Em seguida realiza-se a habitual reunião semanal entre o Presidente da República e o primeiro-ministro.

Segundo o Jornal de Notícias, mais de 53 mil hectares de floresta arderam, num incêndio que devastou nove municípios. O fogo lavrou durante uma semana e causou um prejuízo de 497 milhões de euros.

Segundo o Público, no local, a esperança já veste verde. Junto ao solo, veem-se os fetos renascer e os eucaliptos a rebentar. O corte dos pinheiros mortos já começou, enquanto a regeneração natural vai avançando.

Para ajudar “à regeneração natural” e a erguer o Centro do país, a Comissão Europeia libertou 45 milhões de euros para apoiar a reconstrução de Pedrógão. A mudança no Programa Regional da Política de Coesão foi aprovada esta quinta-feira, avança o Expresso, e a verba disponibilizada tem como objetivo ajudar a revitalizar a atividade económica da região.

Esta reorientação “ajudará a região Centro a retomar o seu curso normal e ajudará os portugueses a virar a página deste capítulo doloroso”, afirmou a Comissária europeia para a política regional, Corina Cretu, no final da votação.

“A UE está pronta para reforçar o seu apoio quando e onde os europeus mais precisam”, assegurou a comissária.

Onde está o dinheiro? Pergunta o PSD

Nesta quinta-feira, o maior partido da oposição fez declarações à Renascença, onde exige ao Governo saber o valor exato dos donativos que os portugueses fizeram para ajudar as vítimas de Pedrógão.

Teresa Morais, vide presidente do PSD e uma das signatárias das perguntas enviadas aos ministros do Trabalho, Solidariedade, Segurança Social e da Administração Interna, disse ser “obrigação do Governo, por um imperativo de transparência, de rigor e de verdade, dizer a quantia exata que os portugueses doaram e como é que o dinheiro está a ser utilizado”.

O Governo tem 30 dias para responder, mas a verdade é que da última vez não respondeu. A pergunta sobre a quantia exata do valor dos donativos foi feita uma primeira vez a 13 de Julho e não foi respondida até hoje”, critica.

Além dos valores recebidos, o PSD quer ainda saber “se já houve verbas entregues, a quem foram entregues, quais as quantias e para que fins”.

“É ainda importante saber se já houve apoios financeiros que tenham sido dados aos bombeiros e às suas famílias, porque nós sabemos que muitos portugueses que fizeram doações nessa altura, o fizeram com a intenção de ajudar os bombeiros”, acrescenta a social-democrata.

Sobre a criação de um fundo para gerir o dinheiro doado, o PSD não discorda da iniciativa do Governo, mas exige mais informação.

Evidentemente que poderia ter havido outras soluções. O Governo entendeu – por uma questão pragmática, imagino eu – que a forma mais eficaz de gerir estes fundos era incluí-los num fundo”, explica Teresa Morais.

“Para isso, criou, através de um diploma de 7 de Julho, o tal fundo onde existe como receita principal – é a primeira receita que está referida no próprio diploma – os donativos em dinheiro dados pelas pessoas através de transferências ou de depósitos bancários”, refere a vice presidente do PSD.

Achámos que haveria outras soluções, mas não questionámos na altura que o Governo quisesse criar um fundo. Achamos é que tem de haver transparência e informação, que até hoje o Governo deu, sobre todos estes aspetos”, sustenta.

CF, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Isto é só vígaros e inconscientes .
    Políticos da treta, ainda falavam do Salazar !!!!!
    Que medidas já tomaram para acabar com os incêndios no país ?????
    Andam para aqui só com conversas da treta e o país arde todo.
    Causas::
    Negócios onde os políticos estão metidos até ao pescoço.
    Porque, não fazem uma lei com a maior urgência, para que os incendiários e quem os encomenda.
    Metê-los na fogueira.
    Quem com ferro mata, com ferro tem de morrer, mais nada.
    Não havia de certeza 80% dos incêndios.
    É uma tristeza ver as florestas e zonas verdes, que tanta falta nos faz a arder desta maneira.
    Morrem pessoas, animais, ardem casas, acabam cos as florestas e zonas verdes, acabam com a nossa saúde.
    E que fazem estes parasitas políticos?????????
    Nada.
    Que nojo.

  2. Para quem andou a dar dinheiro…para as vítimas deste drama, a esta hora já devem estar arrependidos! EU como contribuinte pagador…é com os seguros multiriscos habitação em dia, já estou descontente com esta pouca vergonha!
    E passo a explicar…o Governo vai criar um fundo para gerir xx milhões de donativos! Não é necessário o POVO saber quanto é…pois a transparência é para quando o PS está na oposição! Não é este o caso…
    Para o fundo é necessário uma “estrutura” de algumas dezenas de pessoas, com salários pagos a peso de ouro, algumas viaturas, telemóveis, almoços…etc.
    O que sobrar…é para “apoiar” os que tem cartão cor do(s) partido(s)! A esta hora, a Catarina e o Gerônimo já devem ter negociado os valores…para os seus militantes!
    Daí que volto a reafirmar…”Cego é aquele que não quer ver…!”.

  3. Aqui tem o PR tomado praticamente a iniciativa de tudo isto e mais uma vez lá está para confirmar se de facto as coisas estão a andar, desta vez conseguiu levar o senhor Costa a reboque que certamente terá dito lá para os seus botões, contrariado mas vou!.

  4. É importante saber onde está o dinheiro dos donativos que foram depositados em contas bancárias, em campanhas de telefonemas etc. quais os valores e como estão a ser gastos???

RESPONDER

Tancos. Azeredo Lopes teve "exercício perverso" de funções públicas, diz Ministério Público

O Ministério Público (MP) já terá terminado a acusação do caso de Tancos, na qual sustenta que o antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes soube de toda a encenação, tendo ainda tentado tirar louros políticos …

Salário de 273 mil euros brutos anuais para Varandas revolta accionistas do Sporting

Um grupo de acionistas do Sporting fez chegar ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) da Sporting SAD, Bernardo Ayala, um pedido em que exige a retirada da proposta de aumento salarial para o …

Eleições na Madeira. A noite em que quem perdeu ganhou e quem ganhou perdeu

Depois de 43 anos de poder absoluto, o PSD perdeu este domingo pela primeira vez a maioria do parlamento da Madeira. O PS, que atingiu um valor histórico na região, também reclamou louros de vitória. …

Jesus "nunca treinou um grande clube da Europa" e "nunca conquistou nada"

O treinador do Grémio, Renato Gaúcho, voltou a criticar Jorge Jesus, dizendo que o técnico português, aos 65 anos, nunca treinou um grande clube na Europa. "O Jorge Jesus ganhou 2/3 títulos portugueses. Saiu de Portugal …

Governo promove 5.000 militares antes das eleições

Quase 5.000 militares dos três ramos das Forças Armadas, Exército, Marinha e Força Aérea vão ser promovidos este ano. De acordo com o Correio da Manhã, o Ministério da Defesa enviou a lista dos 4.945 nomes …

Mourinho confessa que mereceu ser despedido do Manchester United

Depois de ter sido despedido do Manchester United, em dezembro, Mourinho continua sem clube. Contudo, admite que mereceu ser despedido após uma série de maus resultados. Atualmente comentador desportivo na Sky Sports, José Mourinho foi questionado …

PSD dá um salto nas sondagens e Rio é o único com avaliação positiva

O PS subiu nas intenções de voto, mas é o PSD que dá o maior salto. Depois da polémica das golas antifumo, Costa tem avaliação negativa, deixando Rio como único líder com avaliação positiva. A duas …

O que era uma brincadeira de amigos, leva Bernardo Silva a ser investigado por racismo

A Federação Inglesa de futebol está a investigar um tweet do português Bernardo Silva sobre o seu colega de equipa Benjamin Mendy, por alegado racismo. Amigos e parceiros da bola há vários anos, Bernardo Silva e …

Clientes do Espírito Santo no Dubai lesados em 630 milhões de euros

O Espírito Santo Bankers Dubai terá retirado milhões de euros das contas dos clientes para investir na compra de papel comercial da Rioforte e do Espírito Santo Bank Panamá. O Espírito Santo Bankers Dubai, antigo banco …

Indonésia diz que falhas em modelo da Boeing contribuíram para queda de avião da Lion Air

As autoridades indonésias apontaram que problemas no projeto e supervisão do Boeing 737 MAX desempenharam um papel importante no acidente da aeronave Lion Air na Indonésia em 2018. De acordo com as conclusões preliminares de um …