Lula assume cargo de ministro da Casa Civil de Dilma

Heinrich Aikawa / Instituto Lula

Lula da Silva e Dilma Rousseff

Lula da Silva e Dilma Rousseff

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aceitou ocupar um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff e irá assumir a Casa civil.

Depois de ontem Lula ter pedido a Dilma mais tempo para pensar, os pormenores foram acertados numa reunião esta quarta-feira, no Palácio da Alvorada, onde também estiveram presentes os ministros Nelson Barbosa (Finanças) e Jacques Wagner (Casa Civil), que passará para chefe de gabinete de Dilma Rousseff.

A informação foi confirmada pelo deputado federal José Guimarães, líder do governo na Câmara dos Deputados, que escreveu no Twitter: “Ministro Wagner no dia de seu aniversário mostra grandeza e desprendimento ao deixar a Casa Civil! Lula nova Ministro da pasta!”

O deputado federal Afonso Florence, líder do Partido dos Trabalhadores no órgão legislativo, afirmou aos jornalistas que “a decisão de Lula na Casa Civil decorre do compromisso com o país, única e exclusivamente imbuído do propósito de ajudar o país a sair da crise“.

De acordo com a Folha de São Paulo, a nomeação do ex-presidente deverá ser acompanhada pela entrada no governo de outros nomes, uma condição exigida por Lula.

Trata-se da derradeira cartada de Dilma Rousseff para evitar o impeachment, prometendo uma guinada na política económica para agradar a sindicatos e movimentos sociais e com foco na articulação política.

O Governo acredita que Lula poderá ajuda a superar as inúmeras dificuldades com os partidos aliados, especialmente com o PMDB (do vice-Presidente Michel Temer), que dá sinais de que pretende afastar-se do governo.

Lava Jato

Enquanto ministro, Lula terá um estatuto judicial privilegiado e as investigações às suas atividades no âmbito da Operação Lava Jato terão que passar agora pelo Supremo Tribunal Federal. No caso dos seus filhos, no entanto, é provável que o Ministério Público Federal continue as investigações como até agora.

O cargo de ministro da Casa Civil – que não tem homólogo no Governo português – fica no topo da hierarquia do executivo, ficando apenas com menos poder do que a presidente. A oposição afirma que a decisão transforma Dilma numa mera figura decorativa.

O cargo já foi ocupado pela própria Dilma Rousseff, entre junho de 2005 a março de 2010, mas também por nomes como José Dirceu (janeiro de 2003 a junho de 2005), condenado no caso do Mensalão, e Aloizio Mercadante (fevereiro de 2014 a outubro de 2015), atual ministro da Educação cujo nome acaba de ser envolvido nas investigações da Operação Lava Jato.

Aloizio Mercadante está a ser pressionado para deixar o cargo depois de ter sido revelada uma conversa com o assessor do senador Delcídio do Amaral, arguido da Operação Lava Jato, na qual o ministro da Educação terá oferecido ajuda financeira para calá-lo.

O depoimento de Delcídio do Amaral, que foi homologado esta semana pelo Supremo Tribunal Federal, são citados nomes do governo e da oposição que, segundo o senador – que está em processo de desfiliação do PT -, estariam envolvidos nos esquemas de corrupção na Petrobras e em outras empresas públicas.

AF, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a Vasco Cancelar resposta

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …