Linha de Fundo: Benfica decreta distanciamento, regressos às vitórias, a prática de Darwin, heróis do Giro

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Mais um jogo, mais uma vitória. SL Benfica de JJ alcança pleno no Campeonato, onde FC Porto e Sporting CP regressaram às vitórias.

Nas provas europeias, Dragão e Luz com público, numa semana em que se destaca Darwin Núñez, os heróis lusos do pedal no Giro e o aniversário do Rei. Uma semana épica, vista da Linha de Fundo.

 

Ordem para amassar

  • FC Porto – 1 (Evanilson, 42′) x Gil Vicente – 0

“Quisemos dar um volume de jogo grande e amassar o adversário, mas o Gil Vicente foi bravo a defender. Se tivéssemos marcado quatro ou cinco golos ninguém se escandalizava.”

Foi esta a reação de Sérgio Conceição no final do jogo em que o FC Porto voltou às vitórias, depois de cinco pontos perdidos nas jornadas anteriores, com a derrota em casa frente ao Marítimo (2-3) e o empate (2-2) no clássico de Alvalade.

Sérgio Conceição surpreendeu com várias alterações no onze, dando a titularidade a Nakajima, Toni Martínez e Evanilson. O avançado brasileiro marcou o único golo do jogo, na estreia a marcar pelos dragões, num lance os 42 minutos, com Nakajima a assistir Evanilson, que apareceu ao segundo poste a desviar para golo. Dois jogadores em destaque.

O japonês não era titular há mais de nove meses, o brasileiro foi titular pela primeira vez. Nakajima esteve incansável na procura de desequilíbrios, Evanilson marcou e ainda acertou duas vezes no ferro.

Mais uma vez o FC Porto apresentou-se com três centrais mas desta vez com os laterais mais adiantados. Na primeira parte o FC Porto demorou a acertar com a tática escolhida, apesar do golo ter surgido nessa primeira etapa.

Os jogadores demonstraram dificuldades em encontrar eficácia com plano escolhido, assim como ficaram evidentes dificuldades em lidar com transições rápidas do adversário. Evanilson, Toni Martínez e Malang Sarr fizeram o primeiro jogo no Estádio do Dragão.

Segundo o jornal “O Jogo”, na edição de segunda-feira, 26 de outubro, o jovem avançado de 21 anos é o detentor da cláusula de rescisão mais alta no Dragão, depois de chagar ao clube em setembro por oito milhões de euros. É claramente uma das maiores promessas do futebol brasileiro e a prova disso mesmo é o valor da cláusula de rescisão.

O FC Porto, que não vencia pela margem mínima no Dragão em jogos da Liga desde a 26.ª jornada da época passada frente ao Marítimo (10 Junho), continua 100% invicto frente ao Gil Vicente em 24 jogos em casa dos dragões. O FC Porto . Evanilson foi o 9.º jogador do FC Porto a marcar na estreia e dar a vitória num jogo da Liga.

Manuel Fernando Araújo / Lusa

 

Susto na via verde

  • Santa Clara – 1 (Thiago Santana, 42′) x Sporting – 2 (Pedro Gonçalves, 20′ e 81′)

Primeira parte leonina de grande nível, mas um erro grave do capitão Coates complicou o jogo, com a equipa de Rúben Amorim a ser obrigada a arregaçar as mangas para voltar a marcar e bater o Santa Clara por 1-2.

Pedro Gonçalves esteve em destaque, com 2 golos marcados e a oferecer grande dinâmica. Um jogador importante no presente e futuro dos leões.

Nos Açores, a equipa leonina teve os melhores 45 minutos desta época, apresentado um futebol com personalidade e volume ofensivo.

O erro de Coates acabou por deixar a equipa desconfortável. Permitiu ao Santa Clara entrar na luta pelo jogo, mas deixou a desejar a nível ofensivo na partida, tendo recuado bastante no terreno durante a segunda parte.

Sporting superior no jogo, principalmente na primeira parte, num jogo de história curta e pouca inspiração das duas equipas. Sem ter conseguido criar oportunidades de golo flagrantes, o Sporting marcou num lance que parecia inofensivo.

Aos 20 minutos, Jovane fez um passe longo e Pedro Gonçalves fez o resto. De ângulo apertado, o jogador leonino aproveitou da melhor maneira e marcou o primeiro golo do jogo. Ficou intranquilo o Santa Clara, passou a estar mais confortável o Sporting, controlando o jogo e dificultando a resposta dos açorianos.

Até que Coates deu uma ajuda, o central entregou mal uma bola. Lincoln aproveitou para assistir Thiago Santana, o avançado fintou Adán e atirou para o empate. Foi o único remate dos açorianos à baliza no primeiro tempo.

Depois do intervalo o jogo transformou-se numa batalha a meio-campo, perdendo intensidade e qualidade.

Só na parte final da partida é que o Sporting voltou a pressionar mais e com isso foi fazendo recuar o Santa Clara. A recompensa surgiu aos 81 minutos, com Pedro Gonçalves a saber aproveitar a saída sem sentido de Marco (uma tarde para esquecer do guarda-redes), a falhar o entendimento com João Afonso e a marcar o golo da vantagem.

O Sporting somou a 3.ª vitória consecutiva fora de casa, registo que não conseguiu em toda a época passada, com um registo de 2 golos em cada jogo da Liga 2020/21.

 

Viciados em ganhar

  • SL Benfica (Haris Seferović, 6′ e Darwin Núñez, 75′) – Belenenses SAD

Mais uma vitória. O pleno no Campeonato, com liderança isolada do Benfica, que há 38 anos não era 100% vitorioso nas 5 primeiras jornadas. É preciso recuar até 1982/83, época em que Eriksson era o treinador e na qual as águias começaram com 11 vitórias.

Se a temporada até começou agreste com a eliminação da Liga dos Campeões contra o PAOK, desde esse jogo os sinais da retoma estão à vista, principalmente na Liga NOS, onde no fecho da quinta jornada, o Benfica recebeu e bateu o Belenenses SAD por 2-0, resultado que permite aos encarnados manterem os cinco pontos de vantagem sobre FC Porto e Sporting (menos um jogo).

Como era previsto, Jorge Jesus promoveu alterações no seu onze titular, mais concretamente três: saíram Gabriel, Pizzi e Luca Waldschmidt; entraram Julian Weigl, Rafa Silva e Haris Seferovic.

Segundo o padrão dos últimos jogos, os encarnados entraram forte no jogo e marcaram cedo, com Seferovic a dar a melhor sequência a um cruzamento à medida de Álex Grimaldo.  Em vantagem, o Benfica continuou a pressionar, a ter mais bola e a dominar por completo o jogo.

Na segunda parte a equipa foi gerindo o resultado, estando sempre mais confortável, acabando por chegar de forma natural ao segundo golo, marcado por Darwin Núñez, aos 75 minutos, na estreia do uruguaio a marcar para o campeonato, depois de ter sido lançado por Luca Waldschmidt… em mais um dia feliz no ataque encarnado.

O Benfica não marcava pelo menos 15 golos nas 5 primeiras jornadas desde a primeira época de Jorge Jesus nas águias (2009/10). Há 11 anos que o Benfica não fazia 20+ golos nos primeiros 7 jogos da temporada.

 

Frase(s) da Semana

  • “Durante muitos anos, nunca quis falar muito sobre a questão Bernardo Silva. Ele também se meteu comigo do ponto de vista treinador e jogador. Comigo tudo bem, agora, com o presidente do clube que o ajudou a crescer, onde dá qualidades muito grandes aos jovens que lhes permite sair para clubes melhores, é uma ingratidão muito grande. O pior defeito que um homem pode ter é ser ingrato.”
    Jorge Jesus, treinador do Benfica, criticou o jogador internacional português Bernardo Silva de ter demonstrado uma “ingratidão muito grande” ao criticar a liderança de Luís Filipe Vieira.
  • Frederico Varandas no dia em que dedicar à medicina, presta um grande serviço ao Sporting.”
    Pinto da Costa, presidente do Futebol Clube do Porto

    José Sena Goulão / Lusa

    Um bandido será sempre um bandido, diz Frederico Varandas

  • “Pode ter um grande sentido de humor, ser uma pessoa culturalmente acima da média e ter um currículo cheio de vitórias, mas um bandido será sempre um bandido e no final será sempre recordado como um bandido. No dia em que Pinto da Costa se retirar ou que for obrigado a isso, prestará um grande serviço ao futebol português e irá contribuir muito para que Portugal tenha cada vez mais uma imagem de país do primeiro mundo.”
    Frederico Varandas, presidente do Sporting Clube de Portugal
  • O guarda-redes do FC Porto podia estar com uma perna partida.
    José Mourinho, treinador do Tottenham criticou o VAR e recordou o polémico lance que resultou numa grande penalidade favorável ao Manchester City na Liga dos Campeões.
  • O êxito na vida não se mede por aquilo que consegues mas pelos obstáculos que superas”.
    Cristiano Ronaldo, a recuperar da infeção à Covid-19 detetada quando estava ao serviço da Seleção Nacional, CR7 não perde a boa disposição e o foco, como ficou expresso num vídeo que partilhou nas redes sociais.
  • Não vamos morrer do vírus, mas de casos psiquiátricos, vão existir mais suicídios, as pessoas ficam mais nervosas e teremos outro tipo de problemas. O desporto tem de continuar e nós temos de continuar a viver. Caso contrário, amanhã em vez de termos duas mil mortes por coronavírus, vamos ter quatro mil suicídios”. –
    Carlos Carvalhal, treinador do Sporting de Braga, que jogou frente ao AEK de Atenas com 2200 adeptos nas bancadas.
  • É uma falta de respeito. Os jornalistas podiam ter feito perguntas sobre a forma como ia jogar o Shakhtar. Não vivemos o nosso melhor momento, é verdade, mas é uma falta de respeito, talvez falta de educação até, não sei…”
    Luís Castro indignado com os jornalistas espanhóis na véspera do embate do Shakhtar Donetsk com o Real Madrid, na capital espanhola, para a Liga dos Campeões. O treinador português considerou uma «falta de respeito» não ter sido feito uma única pergunta sobre o campeão ucraniano no decorrer da conferência de Zinedine Zidane. Quando ao jogo… o Real Madrid foi surpreendido pelo Shakhtar Donetsk. Os ucranianos orientados pelo português Luís Castro foram a Madrid derrotar a equipa mais titulada da prova por 2-3!
  • “Sonho poder fazer mais um golo contra os ingleses, desta vez com a mão direita
    Diego Maradona

 

Números da Semana

    • 5 – As vitórias do SL Benfica no Campeonato em outros tantos jogos realizados. Os encarnados são a única equipa europeu com registo vitorioso nas ligas internas.
    • 2196 – Número de espectadores que assistiram ao Sp. Braga-AEK naquele que foi o regresso dos adeptos às bancadas do Estádio Municipal de Braga mais de sete meses depois. Comportamento exemplar ao assistiram ao um jogo vibrante dos “guerreiros do Minho”, que venceram o AEK por 3-0, em jogo da 1.ª jornada da Fase de Grupos da Liga Europa.
    • 3750 – Números de bilhetes disponíveis para o jogo FCPorto – Olympiacos, 26 de outubro de 2020, a contar para a segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.
    • 11 – Dos cinco principais campeonatos europeus – inglês, alemão, espanhol, italiano e francês –, Bruno Fernandes é quem mais marca de penálti desde que chegou ao Manchester United, em fevereiro, agora na condição de capitão de equipa.
      Total de 11 golos em nove meses, mais de um golo por mês, em 12 tentativas – só falhou frente ao Newcastle.
    • 200 – Adeptos que foram alvo de interdição de acesso a recintos desportivos – estádios e pavilhões – ao longo da última temporada, revelou o presidente da Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto, Rodrigo Cavaleiro.
    • 0-13 – O resultado do Venlo/Ajax.
      Fica para a história como a maior goleada da Liga holandesa de futebol, com cinco golos de Lassina Traoré, na sexta jornada da competição.
      O anterior recorde já pertencia ao Ajax e tinha sido registado na temporada 1971/72, com uma goleada caseira sobre o Vitesse, por 12-1.

  • 0-37 – Resultado do UD Polvoreira/Vitória SC, num jogo a contar para a Taça de Portugal/Futebol Feminino. 13 jogadores marcaram golos. Ronalda (!) apontou 7. Uma tarde histórica da equipa feminina de Guimarães.
  • 92 – O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 e tornou-se no piloto mais vitorioso da história da modalidade, com 92 triunfos, à frente de Michael Schumacher (91). O alemão Sebastien Vettel fecha o pódio com 53.
    As vitórias de Hamilton foram conquistadas entre junho de 2007 e outubro de 2020.
    Portugal regressou ao calendário da Formula 1 e fica já ligado a um momento histórico.

 

Jogador da Semana

Darwin passou da teoria à prática. Foi contratado ao Almería por 24 milhões de euros, assinou contrato até 2025 e tem uma clausula de rescisão de 150 milhões de euros. O ponta de lança uruguaio, de 21 anos, foi utilizado em todos os jogos por Jorge Jesus.

No campeonato cedo se percebeu do bom entendimento com Luca Waldschmidt, fazendo com que o alemão já tenha 4 golos no campeonato, prova onde o uruguaio. Ao sexto jogo pelo Benfica, o avançado uruguaio estreou-se a marcar contra o Lech Poznan (2-4) e logo com três golos.

Jakub Kaczmarczyk / EPA

“Estava tranquilo, obviamente que um avançado vive do golo, mas quando não sai tens de ter cabeça fria e ajudar a equipa. Temos de continuar a trabalhar porque vivemos disso, já era hora de marcar, hoje saiu um e vieram logo dois atrás.”

A fechar a quinta jornada, estreou-se a marcar para o campeonato, fazendo o 2-0 para o Benfica, garantindo a quinta vitória dos encarnados. Tem classe, elegância, entende o jogo, é concentrado e cria dinâmica.

 

Momento da Semana

O “Giro” que nos deu a volta! Foram dias intensos. Tardes coladas à televisão, esperando pela hora certa para ouvir os que as rádios noticiavam, das notificações via telemóvel.

O ciclismo voltou a merecer o destaque de outros tempos. Pedalamos juntos com João Almeida e Rúben Guerreiro. Ao ser 4.º na Volta a Itália, João Almeida obteve a terceira melhor classificação final de sempre de um português numa Grande Volta. Ficou perto do pódio, conseguiu ainda no último dia de prova subir um lugar na geral individual.

Entre Tour, Vuelta e Giro, apenas Joaquim Agostinho, com um segundo e um terceiro posto na Volta a Espanha e na Volta a França, respetivamente, conseguiu fazer melhor.

Aos 22 anos a participação do português na primeira grande volta da carreira apresenta um registo notável. Foi o melhor corredor sub-23 no Giro deste ano, assim o melhor estreante em corridas de três semanas.

Luca Zennaro / EPA

O sonho cor-de-rosa durou 15 dias. Nunca um português esteve tantos dias na lierança de uma grande volta. No Giro, entre os ciclistas em atividade, só dois têm mais dias de rosa do que João Almeida: Vincenzo Nibali e Tom Dumoulin.

João Almeida conseguiu terminar 11 das 21 etapas do Giro nos 10 primeiros, acabando quatro dessas etapas nos três primeiros. Memorável.

Também em estreia na prova, Rúben Guerreiro conquistou a Camisola Azul, conquistando a classificação da Montanha, sendo coroado no pódio final em Milão. Ganhou uma etapa, a nona, no alto de Roccaraso.

Desde 1989 que nenhum português vencia uma etapa na Volta a Itália. Um triunfo soberbo, numa demonstração de raça e classe. Rúben Guerreiro venceu oito contagens de montanha, três de primeira, três de segunda, uma de terceira e uma de quarta. O português somou 234 pontos para a classificação da montanha, mais 77 do que o segundo classificado na tabela dos trepadores, Tao Geoghegan Hart, o vencedor do Giro 2020.

José Azevedo, que tinha a melhor classificação em Itália (5.º), foi ultrapassado pelo corredor da Deceuninck Quick-Step. Bravos heróis do pedal !!!

 

Tribo do Futebol comemora 80 anos do Rei.

Nasceu a 23 de outubro de 1940, na cidade mineira de Três Corações. Na infância, um acontecimento parece definir sua relação com o futebol.

Ao ver o pai, o ex-jogador José Ramos do Nascimento, o Dondinho, chorar após a derrota da seleção brasileira na final da Copa do Mundo de 1950, o pequeno Edson promete que conquistaria o primeiro Mundial do país. Viria a conquistar por três vezes o Campeonato do Mundial para a “canarinha”. Em 1958 (com 17 anos e 249 dias), 1962 e 1970.

No dia 19 de novembro de 1969 – o ano em que o homem pisou a lua, acabaram os Beatles e se fez o Festival Woodstock – Pelé atingia um feito que muitos consideravam impossível: fazer 1000 golos.

O “Rei” marcou o milésimo golo contra o Vasco, frente ao argentino Andrada, que ao ver a bola entrar deu vários socos na relva, porque não queria entrar para a história como o guarda-redes que sofreu o milésimo golo do melhor jogador de todos os tempos. Marca soberana atingida através da conversão de um penálti.

Pelé admitiu que sentiu medo antes de fazer história, “quando coloquei a bola na marca, o Maracanã inteiro começar a gritar ‘Pelé, Pelé’.”

O jogo foi interrompido. Invasão dos repórteres que queriam registar as primeiras palavras após o golo mil. Pelé não tinha nada preparado para dizer sobre feito alcançado, então, de forma espontânea, pediu para que fosse dada maior atenção aos miúdos brasileiros. “Pensem no Natal, pensem nas criancinhas”. Um momento – entre tantos – que colocam Pelé no Olimpo do futebol.

Sobre Pelé, muito se escreveu e escreve. Fora dos relvados, foi igualmente protagonista maior, na televisão, no cinema, na música, foi Ministro do Desporto… e até conseguiu parar uma guerra, numa trégua para ver o Rei jogar.

Cem canções falam seu nome. Aos dezassete anos foi campeão do mundo e rei do futebol. Não tinha vinte anos quando o governo do Brasil o declarou tesouro nacional e proibiu sua exportação. Ganhou três mundiais com a seleção brasileira e dois com o Santos. Depois de seu golo número mil, continuou somando. Jogou mais de mil e trezentas partidas, em oitenta países, uma partida atrás da outra em ritmo de pancadaria, e fez quase mil e trezentos golos. Uma vez, deteve uma guerra: a Nigéria e Biafra fizeram uma trégua para vê-lo jogar. Vê-lo jogar bem valia uma trégua e muito mais. Quando Pelé ia correndo, passava através dos adversários como um punhal. Quando parava, os adversários se perdiam nos labirintos que suas pernas desenhavam. Quando saltava, subia no ar como se o ar fosse uma escada. Quando cobrava uma falta, os adversários queriam ficar de costas, de cara para a meta, para não perder o golaço. Tinha nascido em casa pobre, num povoado remoto, e chegou ao cume do poder e da fortuna, onde os negros têm entrada proibida. Fora dos relvados, nunca doou um minuto de seu tempo e jamais uma moeda caiu de seu bolso. Mas nós que tivemos a sorte de vê-lo jogar, recebemos dele oferendas de rara beleza: momentos desses tão dignos de imortalidade que a gente pode acreditar que a imortalidade existe.
Livro “Futebol ao Sol e à Sombra”, de Eduardo Galeano.

 

O Futebol (ainda) é um lugar bonito!

O Heerenveen encheu o estádio com peluches por uma boa causa.  Com a pandemia covid-19, a liga holandesa impediu a entrada de adeptos nos estádios durante toda a temporada, mas de forma a ultrapassara o problema, o clube holandês decidiu encher o estádio de peluches para receber o FC Emmen.

Esta iniciativa nasceu de uma parceria com a Fundação para as Crianças Livres de Cancro (KiKa) e com o laboratório farmacêutico MSD, que tem como objetivo alertar para o número de crianças que sofrem com cancro no país.

“Durante os primeiros meses da pandemia do novo coronavírus, várias crianças com cancro estiveram invisíveis, porque os cuidados foram adiados. Infelizmente, estamos novamente nessa situação”, disse Frits Hirschstein, fundador e diretor da KiKa.

Na noite de sábado, 24 de outubro, o Abe Lenstra Stadion, casa do Heerenveen, contou com 15 mil ursinhos de peluche nas bancadas para a receção ao Emmen, na 6.ª jornada da Eredivisie.

Todos os ursinhos foram vendidos em menos de 24 horas e permitiram angariar mais de 230 mil euros.
Para além da importante receita, a presença dos peluches serviu de talismã ao Heerenveen, que goleou o Emmen (4-0) e assim deu continuidade ao excelente começo de campeonato.

A equipa está no 4.º lugar, com 13 pontos, menos dois do que os líderes Ajax e Vitesse.

Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …