Linha de Fundo: Venha o tubarão

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Portugal desilude e complica o apuramento. Segue-se a França. Itália, Bélgica e Países Baixos nos oitavos-de-final. O Campeonato da Europa visto da Linha de Fundo.

Na corda bamba

Portugal – Alemanha (2-4)

“A vida é como uma corda

De tristeza e alegria

Que saltamos a correr

Pé em baixo, pé em cima

Até morrer
Não convém esticá-la

Nem que fique muito solta

Bamba é a conta certa

Como dança de ida e volta

Que mantém a via aberta.”

Derrota lusa pesada, mas sem qualquer margem de contestação. Desnorte tático total do campeão da Europa.

Estranhamente a Seleção de Portugal mostrou total incapacidade para travar o adversário, não conseguindo ter bola, nem argumentos para discutir o jogo. Esteve sempre subjugada aos alemães. Recuou em demasia, não causou dano, esteve sem inspiração. Passou muito tempo a ver a Alemanha fazer o que bem entendeu.

A formação portuguesa nunca esteve preparada para as ideias de jogo dos alemães. A Alemanha foi melhor.

Portugal precisa de analisar o que correu mal e corrigir na terceira jornada com a França.  Esse é o momento do tudo ou nada. Não dependendo de terceiros, pode vir a precisar da calculadora, depois dos cálculos mal feitos frente aos alemães.

Philipp Guelland / EPA

A derrota com a Alemanha foi um enorme amargo de boca, temeu-se um descalabro, não deixando de ser enigmático que até seria possível fazer o que se esperava.  Na parte final do jogo viu-se Portugal, se quiser, a conseguir dividir e condicionar as equipas mais poderosas do Mundo.

Agora se Portugal vencer a França na quarta-feira garante desde logo um lugar nos oitavos de final. Nesse cenário fica apenas uma dúvida: se como primeiro ou segundo classificado, dependendo do que suceder no jogo da Alemanha.

O empate também pode ser suficiente. Um ponto pode bastar para Portugal ser segundo classificado no grupo F ou um dos quatro melhores terceiros classificados.

E se Portugal perder com a França? Mesmo assim pode seguir para os oitavos, caso a Hungria não vença a Alemanha. E depois é fazer as contas e ver se Portugal é um dos quatro melhores terceiros classificados. Tal como em 2016.

Oxalá que prevaleça e vingue a qualidade que a Seleção portuguesa tem, não sendo preciso passar 90 minutos agarrados à calculadora.

Venha a França. O campeão do Mundo foi surpreendido pela Hungria (1-1). A jogar na Puskás Aréna e empurrados por 50 mil adeptos, os húngaros fizeram das fraquezas forças, entrando na última jornada com possibilidades de apuramento. Uma surpresa.

Alex Pantling / EPA

A França foi melhor, mas faltaram soluções para derrubar a muralha húngara. Um filme já visto no jogo com Portugal. Fica tudo em aberto para a última jornada da Fase de Grupos.

Calendário:
Portugal – França (23 de junho, 20h00, Puskás Aréna, Bupadeste)

Alemanha – Hungria (23 de junho, 20h00, Allianz Arena, Munique).

 

Destino: Wembley
Fase de Grupos – 2.ª Jornada

Grupo A

Itália – Suíça (3-0)

De três em três. Temos candidato. A Itália foi a primeira equipa a qualificar-se para os oitavos de final da competição. Depois de ter vencido a Turquia (0-3), a equipa comandada por Roberto Mancini alcançou a segunda vitória e pelo mesmo resultado.

Ettore Ferrari / EPA

Uma excelente dinâmica ofensiva, um empolgante meio-campo, com Jorginho em destaque, tal como um elevado nível tático, fazem desta equipa um poderoso adversário. Cuidado com esta Itália.

Turquia – País de Gales (0-2)

Gareth Bale e Aaron Ramsey arrasaram os turcos, num jogo de muita qualidade dos galeses. A Turquia somou a segunda derrota e voltou a evidenciar muitos problemas, apresentando-se desconcentrada, principalmente ao nível defensivo.

Grupo B

Finlândia – Rússia (0-1)

Aleksey Miranchuk resolveu o jogo com um grande golo, Golovin faz a equipa mexer e Dzyuba trabalha de forma incansável. Um trio em evidência na primeira vitória russa. A Finlândia, que podia já chegar aos oitavos-de-final, arriscou pouco.

Kirill Kudryavtsev / EPA

Dinamarca – Bélgica (1-2)

A Bélgica já está apurada para os oitavos-de-final, mas teve que dar a volta a uma boa entrada dos nórdicos que logo aos dois minutos já estavam a ganhar. Só na segunda parte é que a formação belga conseguiu contrariar um poderoso e valoroso adversário, principalmente na primeira parte.

Foi decisiva a entrada de Kevin de Bruyne. Entrou após o intervalo, assistiu com muita classe Thorgan Hazard aos 55 minutos para o empate e faz a reviravolta aos 71 minutos com um forte remate. Trouxe orientação à equipa belga e deu-lhe o brilho que faltava.

Este foi o jogo que teve uma interrupção muito especial para homenagear o futebolista Christian Eriksen, que caiu inanimado no mesmo Parken Stadium há cinco dias.

Durante um minuto, jogadores, treinadores, bancos de suplentes, equipa de arbitragem e espetadores, muitos com cartazes e mensagens de incentivo, pararam para bater palmas ao jogador do Inter de Milão.

Grupo C

Ucrânia – Macedónia (2-1)

Bom jogo, onde já se viu mais da equipa ucraniana. Melhorias em relação ao jogo de estreia e três pontos conquistados. A Ucrânia assumiu mais riscos, acabado por ser premiada. Quanto aos macedónios, ainda com zero pontos, voltaram a mostrar muita raça, com Goran Pandev em destaque.

Países Baixos – Áustria (2-0)

Alta rotação holandesa, segunda vitória e garantidos os oitavos-de-final. Excelente dinâmica, ideia de jogo atrativa, com destaque para o brilhante meio-campo. Wijnaldum e Frenkie de Jong estiveram soberbos. Tem sumo esta laranja.

Piroschka Van De Wouw / EPA

Com o triunfo frente à Áustria, a seleção orientada por Frank de Boer passou a fase de grupos de um Europeu pela primeira vez em 13 anos!



Grupo D

Inglaterra – Escócia (0-0)

Um jogo à moda antiga. Não foi um primor, mas agarrou os adeptos de um futebol solto e sem preocupações táticas. O dérbi britânico mostrou uma Inglaterra com falta de ideias, sem inspiração, ausência do sentido de equipa e um treinador a deixa muito a desejar.

Os escoceses apresentaram melhoras, foram mais rigorosos a defendera, mais agressivos e mais perigoso. O selecionador da Escócia mexeu e teve mérito pelo empate alcançado.

Laurence Griffiths / EPA

Croácia – República Checa (1-1)

Jogo desinteressante, demasiado equilibrado só poderia dar em empate. Os checos foram competentes. Faltou capacidade ofensiva aos croatas, a qualidade está lá, mas não se revela em campo.

Grupo E

Suécia – Eslováquia (1-0)

Futebol muito mal tratado neste jogo. Partida que se arrisca a ser uma das piores deste Europeu. A seleção sueca acabou por ser feliz e sair satisfeita de São Petersburgo depois de ganhar pela margem mínima graças a um golo de penálti de Emil Forsberg.

Espanha – Polónia (1-1)

Os polacos treinados por Paulo Sousa com motivos para celebrar um ponto conquistado, enquanto que os espanhóis bem podem voltar a lamentar mais dois pontos perdidos.

Esteve segura a Polónia na defesa e pragmática no ataque. A Espanha teve bola, como tanto gosta, criou oportunidades, mas voltou a não ser objetiva na hora da finalização. Até um penálti desperdiçou.

  Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …