Juizes avaliaram recursos do caso Sócrates de forma irregular

José Sena Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Três dos nove recursos apresentados no âmbito da Operação Marquês, nomeadamente por José Sócrates, foram apreciados por juízes de forma irregular. Isto porque já tinham apreciado outros recursos do processo, o que, segundo alguns juristas, os impossibilita de avaliarem novos casos no mesmo inquérito.

Esta versão é defendida por vários juristas contactados pelo Sol, mas contrariada pelo presidente da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves.

Em cerca de sete meses, foram apresentados nove recursos de arguidos da Operação Marquês no Tribunal da Relação de Lisboa, cinco dos quais movidos por José Sócrates.

Esses recursos foram apreciados por 16 juízes, afiança o Sol, notando que três dos quais já apreciaram mais do que um recurso. É esse o caso do juiz desembargador João Carrola que avaliou um recurso de José Sócrates e foi também relator num recurso apresentado pelo ex-motorista do antigo primeiro-ministro, João Perna.

Esta situação, de acordo com os juristas contactados pelo semanário, é irregular e contraria uma norma legal de 2007 que determina que os juízes não podem apreciar mais do que um recurso em cada processo.

Todavia, o presidente da Relação de Lisboa, Vaz das Neves, considera que, nesta fase de inquérito, os juízes não têm impedimentos deste tipo.

“Na fase de inquérito, o que estamos a apreciar é apenas a situação concreta de cada arguido e não o processo em si”, frisa Vaz das Neves ao Sol, acrescentando que “a prisão preventiva pode ser apreciada e reapreciada várias vezes, inclusive pelo mesmo juiz”.

“Se entrar outro recurso de José Sócrates, será distribuído e analisado com toda a naturalidade”, acrescenta Vaz das Neves, frisando que estão em causa, na maior parte das vezes, “questões meramente formais que não interferem no andamento normal do processo”.

De resto, se se aplicasse a tal norma de 2007, nomeadamente num processo da dimensão da Operação Marquês, que já vai em 10 arguidos, depressa se esgotariam os juízes disponíveis, pelo que há quem note a impossibilidade prática de aplicar esse princípio.

Aquilo em que todos concordam, é que, após a fase de julgamento, caso este venha a realizar-se de facto, “os juízes que intervieram em fases anteriores ficam impossibilitados de participar no recurso final”, conforme nota Vaz das Neves no Sol.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Honestidade intelectual pela rua das amarguras! Com este expediente – tantos investigados e tantos recursos – não haveria Juízes suficientes para deliberar antes de ser proferida a eventual acusação!!!

    Até parece o “sorteio” traficado que alguns querem impor aos srs Juízes Árbitros do futebol em desfavor da nomeação! Ou são imparciais e independentes – todos – ou então só são mais habilitados para certos e alguns processos!

  2. …O que vale é que se trata da “opinião de alguns juízes”. Resta saber se esses que se alinharam agora ao “trombone” podem interferir futuramente no processo!? Ou então a estratégia é pôr de fora a maioria possível de juízes uma vez que os que intervieram já no processo ficam impedidos de exarar nos recursos posteriores ao eventual julgamento, É assim que se esgotam recursos… Depende do “poder” a ser confrontado.

  3. A justiça hoje em Portugal está moribunda quer pela incompetência agravada dos magistrados alguns expulsos de Timor agora com lugar cativo em Lisboa , onde impera pior que antigamente os Autos da Fé da Inquisição e mesmo Sentenças dos Tribunais de Plenário . A escumalha de magistrados está tão podre como as batatas no campo quando se deixam por apanhar , algumas até criam larvas . Prendem na hora doentes terminais , pobres e esfomeados e todos … REPITO : TODOS ! ; aqueles que MESMO tendo razão os desafiam e depois não se metem de calças em baixo de joelhos e voltados de costas pedindo perão a essa gente , repito : Escumalha ! Alguns são bons … mas não interessam ao corporativismo , talvez seja pelos ensinamentos básicos da maçonaria os leva a terem mais poder do que as leis vigentes .

    • Nesta fase de investigações que por aí proliferam a ideia de cócoras ou que “…os leva a ter mais poder do que as leis…” aplica à investigação ou aos intervenientes na fase de julgamento? Curiosamente.

RESPONDER

Prosecco ou prošek? A batalha da UE entre Itália e Croácia por causa de vinho

Prosecco é provavelmente o vinho italiano mais famoso, mas por trás da efervescência deste néctar, a Itália está numa grande disputa sobre se a Croácia pode vender um vinho de sobremesa com o nome de …

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …