Juiz Neto de Moura escondeu carro de luxo para exigir indemnização

Manuel de Sousa / Wikimedia

Palácio da Justiça / Tribunal da Relação do Porto

O juiz Neto de Moura omitiu ao Tribunal ser proprietário de um segundo carro, um Audi Q5, para conseguir uma indemnização deduzida contra o agente da PSP que lhe apreendeu um outro automóvel, em Loures, Lisboa.

De acordo com o Jornal de Notícias, que avança com a notícia nesta quinta-feira na sua edição impressa, na justificação do pedido de compensação, o desembargador explicou que o Honda Civic apreendido “era o único veículo que tinha à data dos factos”, em Julho de 2012, e que servia para se deslocar no seu dia-a-dia e levar as filhas à escola.

Apesar da versão ter sido confirmada pela mulher do desembargador, a procuradora Filomena Moura, acabou por ser desmentida por outra testemunha, conta o JN. A testemunha garantiu que o desembargador tinha comprado um Audi Q5 em 2010 e que até “gozava com ele” por continuar a andar de Civic.

Posteriormente, o tribunal juntou ao processo o comprovativo de que Neto de Moura era de facto proprietário de outro veículo, “que poderia usar nas suas deslocações diárias, quer em momento anterior, quer posterior ao da apreensão do Honda Civic”.

O processo em causa remonta a 2012, quando o juiz Neto de Moura foi fiscalizado por uma brigada da GNR, no concelho de Loures, no momento em que circulava sem chapas de matrícula na viatura.

Os elementos da GNR passaram o caso ao agente da PSP, defendendo que os factos se passavam em área de influência desta força de segurança. O agente foi absolvido de falsificação de documento e abuso de poder e também do pedido de indemnização de 3772 euros, por danos patrimoniais e não patrimoniais, sustentado pela questão do veículo ser carro único.

O juiz Neto de Moura, atualmente no Tribunal da Relação do Porto, foi o relator de vários acórdãos polémicos sobre casos de violência doméstica, aguardando ainda as conclusões de um inquérito disciplinar aberto pelo Conselho Superior de Magistratura.

ZAP //

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. É este tipo de bandalhos que nos faz justiça?
    O mais escandaloso é que este pulha e a sua digníssima são ilibados e mantêm-se a ocupar os seus pelouros como se os seus actos fossem uma mera banalidade.
    É um absurdo completamente inacreditável.

    • Quantas pessoas foram julgadas por este energúmeno? Tenho sérias dúvidas, que este salafrário tenha tido em conta todos os preceitos, que a profissão de juiz requer. Como pode uma abantesma destas ter chegado a juiz? Não tenho dúvidas de há mais netos moura na justiça. Quem escrutina esta casta que se presume intocável. O supremo magistrado da Nação com certeza que não será, pois está sempre muito assoberbado com as selfies.

  2. Sim senhor. Um juiz capaz de proferir as sentenças polémicas sobre violência doméstica só pode ser uma pessoa de bem, e honesta. Grandessíssimo fdp.

  3. Só ouvimos dizer – “eu acredito na justiça ! “… será ?
    Que carácter tem este juiz para decidir a vida de pessoas mais sérias que ele ?

  4. O pior é que ninguem pune qualquer Juiz, então este deve ter as costas quentes tanta m.. já fez. A minha grande repulsa e raiva.
    Até na justiça estamos mal…

  5. Agora haja coragem para correr com esta corja e ainda uma pesada indemnização. Sirva de exemplo a outros que por ai andam.

  6. … enquanto não se fizer uma purga profunda a Justiça portuguesa vai continuar nas HORAS DA AMARGURA com atos de pouca vergonha e indignas desses indivíduos suspeitos de legalidade.

  7. Este casal de salafrários ainda por cima mentem em tribunal,isto sim é crime.
    Se a justiça fosse igual para todos,deviam estar atrás das grades e o Sr agente ainda seria indemnizado.

RESPONDER

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …

Esquerda chumba equiparação do comunismo ao nazismo

A resolução do Parlamento Europeu que condena em termos iguais o nazismo e o comunismo extremou esta sexta-feira as posições na Assembleia da República. A direita acusou a esquerda de ter duas medidas para avaliar as …

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …