José Sócrates rejeita ter sido um primeiro-ministro corrupto

André Kosters / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro garantiu, esta sexta-feira, que não foi um primeiro-ministro corrupto, defendendo que não há nenhum documento no processo de investigação que prove que o dinheiro em causa era seu.

“Não fui um primeiro-ministro corrupto, honrei sempre o meu cargo com aquilo que me pareceu ser o interesse do país”, afirmou José Sócrates numa entrevista à RTP.

Segundo o ex-primeiro-ministro, que foi acusado esta semana pelo Ministério Público de 31 crimes, entre os quais corrupção passiva enquanto detentor de cargo público, “grande parte desta acusação não passa de insultos do Ministério Público”.

“O embuste inicial do MP é que eu tinha uma fortuna escondida. Com base em que prova o MP pode fazer uma afirmação destas? Nem nestas folhas nem em nenhum documento encontrará alguém a dizer que o dinheiro é de facto do engenheiro José Sócrates”, disse.

Para Sócrates, aquilo que o MP fez não foi uma perseguição a um crime, mas sim “uma perseguição a um alvo“. Até porque, sublinhou, o MP “escondeu que nenhuma conta tinha o nome de José Sócrates”.

A identificação dos beneficiários das contas de Carlos Santos Silva – outro dos acusados na “Operação Marquês” – indica apenas um beneficiário: o próprio Santos Silva, frisou.

Empréstimos de Santos Silva

Sobre os empréstimos do amigo de longa data, Sócrates esclarece que só no verão de 2013 e uma outra vez uns anos antes, recorreu ao seu dinheiro. “O engenheiro ofereceu-se para me ajudar, ia hipotecar a minha casa, já tinha pedido três empréstimos à CGD, e ele ofereceu-se para me ir emprestando dinheiro”, cita a TSF.

E porque é que foram feitos empréstimos em numerário? “Isso foi uma decisão do meu amigo engenheiro Carlos Santos Silva. Ele achava que era melhor assim. O engenheiro Carlos Santos Silva não roubou nada a ninguém. O dinheiro era dele. Ele tinha o dinheiro em cofres. Ele usava muito isso. Era um empresário tradicional”, explicou.

Questionado sobre a linguagem em código para pedir dinheiro ao amigo, Sócrates diz não ter memória disso. “Nós temos um modo de falar, todos os amigos constroem um mundo em comum. É por isso que há quatro anos me estão a investigar? Foi por isso que me prenderam?”.

(dr) lusoPT.com

O empresário Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates

Viagens, quadros e a casa em Paris

“Se estava em emergência financeira, por que razão gastou o dinheiro em viagens, restaurantes, quadros?, perguntou o jornalista da RTP. “Desculpe, isso não é verdade. Não utilizei o dinheiro para quadros e viagens. O dinheiro não era para isso“, respondeu.

Em relação aos quadros, Sócrates diz que Santos Silva “comprou vários quadros na mesma galeria onde eu comprei quadros toda a vida, mas pequenos quadros. Ele comprou um quadro de Júlio Pomar e uns meses depois eu convenci-o a trocar esse quadro por cerca de sete ou oito que eu tinha em minha casa e que a mulher dele gostava mais. Fizemos uma troca. Isso é fácil de provar, os quadros estão em casa dele. Para o MP não interessa nenhuma explicação”, cita a rádio.

Relativamente à casa de Paris, avaliado em cerca de três milhões de euros, Sócrates diz não ser verdade que tenha dado indicações para fazer obras. “Eu vivi lá durante nove meses. O apartamento estava degradado, o Carlos Santos Silva comprou-o com o intuito de o colocar no mercado e como estava a viver em Paris ele disse para eu lá ficar. Saí quando começaram as obras. Até estava a pensar regressar mais uns tempos, mas como as obras demoraram, decidi alugar outro apartamento. Como é que explica eu ter ido alugar outro se esse era meu?”.

Ricardo Salgado e a OPA da Sonae à PT

A equipa de procuradores acusa o ex-governante de ter sido alegadamente corrompido por Ricardo Salgado para proteger os interesses do Grupo Espírito Santo na Portugal Telecom.

Nunca me encontrei com o dr. Ricardo Salgado antes de 13 de outubro de 2006. Ora, eles dizem na acusação que eu fiz um acordo entre o 1 de março e de 18 de abril de 2016. E como é que eu sei isto? Porque fui ver o registo de entradas na residência oficial do primeiro-ministro. Eu recebi-o, a seu pedido o meu gabinete, no dia 13 de outubro de 2006. Foi a primeira vez que falei com ele. Nunca me encontrei com ele sem ser a seu pedido e que não fosse no meu gabinete”, afirmou.

E sobre a OPA da PT? “O MP diz que eu organizei as coisas, mantendo uma aparência de neutralidade e que eu dei uma orientação caso fosse necessário para votar contra, caso a Sonae avançasse. A prova está aqui, é um despacho do secretário de Estado das Finanças, o Dr. Carlos Pina, e diz respeito à Assembleia Geral da PT. O subdiretor geral diz, com o meu acordo, em relação à proposta, a abstenção do acionista Estado. Visto com o meu acordo, diz o secretário de Estado”, mostrou.

Mário Cruz / Lusa

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

“O que é o senhor tem a ver com isso?”

Segundo o Observador, no final da entrevista, Sócrates irritou-se com duas perguntas do jornalista Vítor Gonçalves sobre como pagava atualmente as suas despesas, tendo em conta que tinha necessitado de empréstimos de Santos Silva até 2015.

“Desculpe lá, mas o que é o senhor tem a ver com isso?”, questionou o antigo governante, respondendo depois, já mais calmo, que tinha a sua pensão de deputado como única fonte de rendimentos.

Mas o entrevistador não desistiu: “Ainda vive de empréstimos do engenheiro Carlos Santos Silva?”, o que mais uma vez irritou o ex-primeiro-ministro: “Essa pergunta é uma afronta. É indigna de um jornalista. É uma pergunta do Correio da Manhã e eu não respondo a jornalistas do Correio da Manhã”, disse Sócrates, a sorrir.

Gaffe da RTP durante a entrevista

Mesmo no fim da entrevista, uma gaffe tirou o antigo chefe de Governo do ar, aparecendo duas atrizes da série britânica “Happy Valley”, que está a ser transmitida na RTP. Ao Observador, o diretor de informação da estação pública, Paulo Dentinho, já explicou que não passou de um “problema técnico”.

O Ministério Público acusou na quarta-feira o antigo primeiro-ministro por 31 crimes, repartidos por corrupção passiva de titular de cargo político, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e fraude fiscal qualificada.

A acusação sustenta que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses do ex-banqueiro Ricardo Salgado no GES e na PT, bem como por garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

Além de Sócrates, foram acusados na Operação Marquês o empresário Santos Silva, amigo de longa data e alegado testa de ferro do antigo primeiro-ministro, o ex-presidente do BES Ricardo Salgado, os ex-administradores da PT Henrique Granadeiro e Zeinal Bava e o ex-ministro e antigo administrador da CGD Armando Vara.

A acusação deduz um pedido de indemnização civel a favor do Estado de 58 milhões de euros a pagar por Sócrates, Salgado, Santos Silva, Vara, Granadeiro e Bava, entre outros arguidos. No total, na Operação Marquês foram acusados 28 arguidos, 19 pessoas e nove empresas, por um conjunto de 188 crimes.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Tudo isto é uma enorme cabala, coitado do homem. O “pobre” do Sócrates assegura que não foi um primeiro ministro corrupto e nós acreditamos sim senhor. O que é que estavam à espera? Se calhar esperavam que o homem dissesse que era corrupto e que os outros implicados no processo eram todos culpados.
    Nada disso, são todos inocentes e merecedores de uma merecida e choruda indemenização.
    Isto dos homens do PS estarem implicados em toda esta corrupção (ainda falta o free-port) tal como esteve no caso Casa Pia (faltam os deputados) é pura maldade. simplesmente não há direito!….::)

  2. Pois sinceramente acredito, não foi o 1º ministro que foi corrupto mas sim FOI ELE MESMO na função de 1º M. e veio-me logo á ideia a musica da Gabriela “eu nasci assim…”
    A propósito de corrupto, o que é preciso para se ter horas de tempo de antena num canal do estado que por sinal até somos obrigados a pagar taxa (radiodifusão) acrescida de outra taxa (IVA)
    Resposta: Ter um processo na justiça e ser corrupto ou por exemplo ser actriz e andar a traficar droga e ser presa em Espanha.
    Porque pagamos para um canal de apoio á corrupção e de bandidos?

  3. Nada, nada disso.
    O português gosta e apoia incondicionalmente políticos corruptos vigaristas e membros de pelo menos um “gang”.
    (Gang = partido político)
    Se não fosse assim Portugal seria um País em que cada 10 anos não solicitaria ajuda externa …
    E tal é a hipocrisia que a “mafia” que nos governa tenta distrair-nos com corruptos de Angola, que em nada nos dizem respeito.

  4. Parece-me que o homem não deve ter culpa nenhuma…
    Mas que tem grandes amigos, tem. Um deles então, é o típico melhor amigo que se pode ambicionar via a ter!

  5. E o homem consegue o seu vedetismo diariamente a dar entrevistas e a conviver com bons amigos, este país de facto está bem recheado de bons xuxas.

RESPONDER

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …

Manchester United e Liverpool querem Raphinha, ex-Sporting

Raphinha, antigo jogador do Sporting CP e do Vitória SC, está a ser sondado pelo Manchester United e pelo Liverpool. O brasileiro tem estado em destaque na Premier League, ao serviço do Leeds. Manchester United e …

50 deputados e menos de 100 pessoas na sala. Posse de Marcelo segue modelo do 25 de Abril

Marcelo Rebelo de Sousa vai tomar posse como Presidente da República, no parlamento, no dia 9 de março, numa cerimónia em que apenas estarão presentes 50 dos 230 deputados e menos de 100 pessoas no …

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …

Enquanto Flamengo afasta regresso de Jorge Jesus, o "Galo" vem ao ataque

O treinador benfiquista afasta o cenário de uma saída precoce do Estádio da Luz. O Flamengo rejeita o regresso de Jorge Jesus, enquanto o Atlético Mineiro manifesta o seu interesse. Jorge Jesus foi categórico: "Não vou …

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …