José Sócrates acusa o Ministério Público de manipulação

De novo no Youtube, o ex-primeiro ministro tem usado a plataforma para falar sobre as acusações de que é alvo. No mais recente vídeo, José Sócrates “desvenda” os truques da acusação.

O mais recente vídeo de José Sócrates é inteiramente dedicado à acusação respeitante às ligações entre o Grupo Lena, de Carlos Santos Silva, e a Parque Escolar, escreve o Observador.

O ex-primeiro ministro acusa o Ministério Público de basear “em truques com números e numa evidente manipulação da realidade” as acusações relativas ao alegado favorecimento à empresa de Santos Silva, o testa de ferro de Sócrates.

José Sócrates é duro e direto nas críticas não falando com meias palavras: “Durante quatro anos, a investigação não encontrou nada de minimamente censurável na ação desenvolvida pela Parque Escolar: nem um único concurso viciado, nem um favorecimento de quem quer que fosse, nem qualquer influência política, nem qualquer contrato irregular. Nada. Absolutamente nada. Não podendo pegar por nada, os senhores procuradores decidiram inventar”.

Segundo o youtuber, o Ministério Público terá extrapolado números e deturpado a realidade. “Dizem os investigadores que em determinada fase do projeto foram adjudicadas às empresas do grupo Lena obras no valor de 10,61% do valor total de adjudicações” e conclui que essa “afirmação é falsa”. Isto porque o Grupo Lena concorreu em consórcio com outra empresa, devendo por isso deduzir-se os 40% de cabiam à outra empresa. “O Ministério Público não o fez e não o fez de forma maliciosa”, reitera.

O Ministério Público terá ainda ignorado deliberadamente o facto de o Grupo Lena não ter vencido qualquer concurso nos primeiros anos da Parque Escolar, porque essa constatação não seria vantajosa “para a história que queriam contar”, acusa José Sócrates.

 

O ex-primeiro ministro relembra ainda que “o investimento total da empresa foi de 2,4 mil milhões de euros e o valor das adjudicações ao Grupo Lena foi de 89 milhões”, logo, “a percentagem de adjudicações ao grupo Lena não é de 10,6%, como sugere a acusação, mas de 3,7%”. E insiste: “É três vezes menor. Três vezes menor, repito”.

“Dos 2283 contratos realizados pela Parque Escolar, a empresa Lena ganhou apenas 14. E finalmente: mais de 95% do valor de adjudicações que a empresa Lena ganhou foi ganho por concurso público e tendo por único critério o preço”, acrescenta.

A terminar, José Sócrates volta a acusar o Ministério Público de estar a conduzir toda a investigação em conluio com os partidos da direita e “tendo por base uma motivação política”.

Esta acusação não é apenas um lamentável erro, um equívoco, um lapso. Não. Esta acusação tem outros propósitos. O primeiro propósito é justificar a prisão que fizeram. A segunda razão é essencialmente política. Esta acusação só existe porque a empresa Parque Escolar foi um dos símbolos políticos da governação do meu mandato. Ora, ao lançar suspeitas sem nenhum fundamento, o Ministério Público não faz mais do que se juntar à direita política, tentando, por meios absolutamente ilegítimos, criminalizar os projetos e a ação dos governos a que presidi. Esta acusação só pode ser entendida como tendo por base uma motivação política”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Devias ser INTERNADO na PSIQUIATRIA – És LOUCO e queres é por os outros loucos mas não vais conseguir. Acredito na JUSTIÇA mais que não seja a do UNIVERSO…

  2. “Segundo o youtuber,…”

    Poderiam ter designado o homem por:
    Suposto Engenheiro
    Ex-presidiário
    44
    Ex-primeiro-ministro
    Artista do ambiente
    Pinóquio
    Socas

    Mas foram escolher… youtuber 🙂

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …