Iraque alega que filhos de diplomata responderam a agressões

(cv) SIC

Ruben Cavaco, o rapaz de Ponte de Sor que se encontra em estado crítico mo Hospital Santa Maria em Lisboa

Ruben Cavaco, o rapaz de Ponte de Sor que se encontra em estado crítico mo Hospital Santa Maria em Lisboa

A Embaixada do Iraque em Portugal alega que os filhos do embaixador, suspeitos de terem agredido um jovem em Ponte de Sor, agiram em legítima defesa, depois de terem sido “severamente espancados” e insultados por seis pessoas.

“Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal foram severamente espancados por seis pessoas, que os agrediram e insultaram por serem árabes e muçulmanos”, lê-se num comunicado, em árabe, publicado no sábado na página da Embaixada do Iraque em Portugal na Internet.

Segundo a embaixada, depois de um primeiro incidente, ocorrido num “pequeno restaurante a 200 quilómetros de Lisboa (Ponte de Sor)”, os filhos do embaixador deram conta que tinham perdido as chaves de casa, o que os fez regressar ao local.

Então, “foram confrontados pelo agressor que os insultou, tentou chantageá-los e bateu num deles”. Os filhos do embaixador “limitaram-se a responder”, tendo posteriormente acontecido “a rixa”.

A embaixada garante, por outro lado, que os jovens se deslocaram à esquadra local onde apresentaram queixa e prestaram declarações.

No comunicado é ainda referido que um dos jovens, que estuda Aviação Civil em Ponte de Sor, já tinha sido alvo de ofensas racistas naquela localidade, mas que “decidiu completar os estudos, sendo um aluno com bom aproveitamento escolar”.

A embaixada garante que, ao contrário do que foi noticiado por alguns meios de comunicação social portugueses, os filhos conduzem “um carro particular” e “têm carta de condução”.

De acordo com a informação, o embaixador avançou com uma ação judicial junto das autoridades portuguesas.

Na quarta-feira, um jovem de 15 anos foi agredido em Ponte de Sor, tendo sofrido múltiplas fraturas.

A vítima, Ruben Cavaco (na foto acima) foi transferida para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde se encontra internado em estado considerado grave.

Os dois rapazes suspeitos da agressão, de 17 anos, filhos do embaixador iraquiano em Portugal, têm imunidade diplomátic.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros iraquiano anunciou no sábado, num comunicado em inglês divulgado no seu site oficial, que está a acompanhar o caso.

O embaixador do Iraque, Saad Mohammed M.Ali, foi esta segunda-feira recebido pelo embaixador chefe do Protocolo de Estado, António Almeida Lima, que, no Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), tem as competências relativas às imunidades diplomáticas.

Em resposta enviada à Lusa, o MNE português adianta também que não recebeu qualquer pedido por parte das autoridades judiciais relacionado com os acontecimentos que envolveram os filhos do embaixador do Iraque em Ponte de Sor.

O MNE reiterou a sua informação da passada sexta-feira, quando esclareceu que as autoridades judiciárias não lhe solicitaram qualquer diligência, no caso da agressão ao jovem de Ponte de Sor, tendo na altura acrescentado que, caso tal diligência fosse feita, desenvolveria as ações “necessárias e adequadas”.

No mesmo dia, a Procuradoria-Geral da República assegurou à Lusa que o caso deu origem à “existência de um inquérito, o qual se encontra em investigação”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …