Polícia descobre impressões digitais do assassino de Marielle Franco

jeso.carneiro / Flickr

A vereadora brasileira Marielle Franco

A Polícia Federal encontrou fragmentos parciais nas cápsulas da arma usada para matar a vereadora brasileira Marielle Franco e o seu motorista Anderson Gomes.

De acordo com o jornal brasileiro O Globo, a polícia civil e federal que está a trabalhar no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco conseguiu recolher impressões digitais parciais do assassino ou da pessoa responsável por colocar as munições na pistola de 9mm usada para cometer o crime.

As impressões, avança o jornal, foram encontradas em cápsulas descobertas por peritos na esquina do local onde aconteceu o ataque.

Os especialistas examinaram nove cápsulas, sendo oito delas do lote UZZ 18, vendido pela Companhia Brasileira de Cartuchos em dezembro de 2006 ao Departamento da Polícia Federal em Brasília e distribuído para todo o país.

A nona bala faz parte de um carregamento importado e, de acordo com os investigadores, tem características especiais, semelhantes às de um projétil disparado num homicídio que ocorreu noutro ponto da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

As impressões encontradas nas cápsulas estão, de acordo com os peritos, “microscópicas, fragmentadas. Estamos a fazer todo o esforço possível”. Isso significa que, num primeiro momento, não podem ser comparadas com as armazenadas no banco de dados das autoridades do Rio de Janeiro.

No entanto, de acordo com os agentes que estão a investigar o caso, é possível confrontá-las com as de um eventual suspeito.

O uso de pelo menos um projétil especial na morte de Marielle e Anderson reforça a suspeita de que, nas palavras de um investigador, “há ADN de um grupo paramilitar no crime”. Além disso, é ainda tida em conta a possibilidade de existir um elo entre o duplo homicídio e cinco assassinatos praticados em Niterói e São Gonçalo.

A vereadora da câmara do Rio de Janeiro era conhecida por fazer duras críticas à atuação da Polícia Militar e da intervenção do Exército na segurança do Rio de Janeiro.

Marielle Franco tinha acabado de sair de uma sessão sobre o papel das mulheres negras na sociedade brasileira quando foi atingida. O condutor, Anderson Gomes, de 39 anos, também foi morto. Uma assessora que também seguia no veículo, Fernanda Chaves, sofreu ferimentos ligeiros provocados pelos estilhaços.

A política era uma conhecida ativista em defesa dos direitos humanos, especialmente das mulheres negras, e foi a quinta mais votada nas eleições de 2016 para o Conselho do Rio de Janeiro.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo dá sete milhões às escolas para compra de material de proteção

O Ministério da Educação disponibilizou cerca de sete milhões de euros para as escolas comprarem máscaras e outros materiais e equipamentos de proteção individual contra a covid-19. Concretamente no que respeita às máscaras, o Ministério da …

Internamentos voltam a descer. Portugal regista 949 novos casos e 28 mortes

Portugal registou esta sexta-feira 949 novos casos de infeção por covid-19 e mais 28 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, nas …

Papa inicia hoje visita ao Iraque como "peregrino da paz"

O Papa Francisco inicia hoje uma visita de quatro dias ao Iraque, a primeira de um papa a um país muçulmano de maioria xiita, numa missão em que se apresenta como "peregrino da paz". "Venho como …

Novo Banco. Carlos Costa pede para ser ouvido por videoconferência devido à sua idade e saúde

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, pediu à comissão de inquérito sobre o Novo Banco para ser ouvido remotamente, por videoconferência, devido à sua idade e fragilidades de saúde, segundo informação enviada …

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …