Polícia afastou testemunhas do local onde Marielle foi assassinada

midianinja / Flickr

Sessão Solene em Homenagem à memória de Marielle Franco, em Brasilia

Meios de comunicação brasileiros relatam que testemunhas do assassinato de Marielle terão sido orientadas a deixar o local do crime pela Polícia Militar sem serem ouvidas.

As duas testemunhas em causa revelaram que ficaram no local do crime até à chegada da polícia, mas quando as autoridades lá chegaram ordenaram a retirada de todas as testemunhas sem que fossem ouvidas.

A denúncia pariu de uma reportagem do jornal O Globo, que revela novos detalhes sobre a execução da vereadora Marielle Franco e do seu motorista Anderson Gomes.

A informação baseia-se no relato de duas testemunhas que não foram ouvidas pela polícia e que afirmaram que as autoridades, ao chegar ao local, ordenaram a retirada de todas as testemunhas.

Em separado, ao Globo as duas testemunhas deram a mesma versão dos acontecimentos, que inclui detalhes sobre o momento da abordagem, a rota de fuga e as características físicas do autor dos disparos que atingiram mortalmente a vereadora e o motorista.

Segundo os relatos daquelas testemunhas, o carro onde seguia o assassino terá bloqueado o veículo conduzido por Anderson, onde também se encontrava Marielle e uma assessora parlamentar. O carro quase terá subido a calçada, relatam. Ambas disseram também só terem visto um veículo no momento dos disparos.

Esta informação última contrasta com as imagens das câmaras de vigilância que sugerem que dois veículos perseguiram o carro onde estava Marielle.

As testemunhas alegam ter visto um homem negro sentado no banco de trás do carro do assassino. O homem terá colocado fora do veículo uma arma de cano alongado e, segundo os relatos, o armamento parecia ter um silenciador.

As duas pessoas ouvidas pelo jornal O Globo afirmaram que o carro usado pelos criminosos deu uma guinada e fugiu. Além disso, as testemunhas contrariaram a teoria formulada até então, que previa uma rota de fuga pela Rua João Paulo Primeiro, ao dizerem que o carro terá seguido pela Rua Joaquim Palhares, perpendicular à rua teorizada.

// Forum

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo europeu releva que carros híbridos são “desastre ambiental”

Um estudo europeu chamou aos carros híbridos plug-in um "desastre ambiental" - as emissões de dióxido de carbono destes carros encontrar-se-ão acima do legalmente declarado e a associação ambientalista Zero pede o fim dos benefícios …

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …

"Pandemia do medo". Crianças brincam cada vez menos e isso pode aumentar a ansiedade

A pandemia assim o obriga. Mais tempo fechadas em salas de aula e sem oportunidades para brincarem com os amigos, as crianças estão cada vez mais sedentárias e isso não é positivo para o seu …

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …