Hospitais da Papua-Nova Guiné recusam atender grávidas. Médico aconselha mulheres a evitar gravidez

Um obstetra da Papua-Nova Guiné aconselhou as mulheres daquele país a não engravidarem nos próximos dois anos, revelando que o medo de transmissão do coronavírus tem levado os hospitais a recusarem atender grávidas.

Segundo noticiou esta sexta-feira o Público, citando o Guardian, essa recusa já resultou na morte de pelo menos um bebé naquele país.

Ao jornal britânico, Glen Mola, professor de obstetrícia e ginecologia da Universidade da Papuásia-Nova Guiné, aconselha as mulheres a adiarem as gravidezes até a pandemia da covid-19 passar, indicando que as enfermeiras mandam embora as grávidas que têm consultas de vigilância.

De acordo com o médico, houve um caso de uma mulher de 20 anos, com pré-eclampsia, que perdeu o bebé e ficou cega depois de lhe ter terem recusado tratamento no hospital e em clínicas ao longo de quatro semanas. Nessa altura, o país estava em confinamento. Mesmo após ter desmaiado numa das clínicas, não foi atendida.

“Claramente, a Marie (nome fictício) tinha tido pré-eclampsia durante as quatro semanas anteriores e agora teve complicações que causaram danos nos nervos oculares e cerebrais”, indicou Glen Mola. “A sua cegueira será provavelmente permanente e o seu bebé também morreu devido à pré-eclampsia”, sublinhou.

O quartel militar da Papua-Nova Guiné, em Port Moresby, continuou o Guardian, está em quarentena depois de terem sido identificados três casos de covid-19. Mas fontes locais revelaram que as medidas de prevenção não estão a ser seguidas.

O país registou até agora 11 casos de infeção pelo coronavírus. Há mais de uma semana não reporta novos casos, tendo sido testadas, ao todo, cerca de dez mil pessoas. O departamento de controlo de emergências garantiu que cerca de 300 pessoas mostraram ter anticorpos contra a covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …