Governo volta a rever contas do Orçamento do Estado

Depois da errata publicada na semana passada, o Ministério das Finanças publicou esta terça-feira uma nota explicativa onde revê os números para o Orçamento de Estado de 2016, nomeadamente valores de despesas com pessoal, contribuições e prestações sociais das Administrações Públicas.

Em resposta às dúvidas levantadas pelo Conselho de Finanças Públicas e a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) do Parlamento, o Governo faz assim mais uma correção à proposta orçamental, desta vez sob a forma de nota explicativa – e com apenas duas páginas, em vez das 46 da errata que identificou várias incorreções no relatório do Orçamento do Estado entregue na Assembleia da República.

Uma das questões levantadas pela UTAO foi o inexplicável aumento da despesa com pessoal da ordem dos 300 milhões de euros quando foi anunciada uma redução de 10 mil funcionários e uma poupança de 100 milhões de euros.

O Diário Económico explica que o cálculo das contribuições imputadas à Caixa Geral de Aposentações (CGA) esteve na origem deste último erro, que ajuda a explicar os aumentos de despesas que não estavam suficientemente justificados até agora – e até “números que causavam estranheza a técnicos do próprio Ministério”.

As Finanças explicam que as “contribuições sociais imputadas dos empregadores representam a contrapartida das prestações sociais pagas diretamente pelos empregadores (estando inscritas quer como despesas com pessoal quer como prestações sociais propriamente ditas)”.

A nota explicativa das Finanças indica, assim, que “as despesas com pessoal deverão aumentar 357 milhões de euros face a 2015″, mais 1,8%, mas que nas contribuições sociais “perspectiva-se um crescimento de 3,1%”, ou 637 milhões face a 2015.

Esta revisão, no entanto, “não tem reflexos nas dotações orçamentais previstas para a receita e a despesa”, sendo que a meta do défice fica na mesma: 4.125 milhões de euros, que equivale a 2,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2016.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O contribuintes tem que ter olhos na cara para dar o seu voto, dão o voto ao deus dará e depois é só lixo, só porcaria depois recebem explicações pelo Facebook, é que Portugal agora é governado por este sistema.

  2. Como habitualmente os governos PS do seu melhor. Se fosse ao contrario já havia aí um sururu como são eles estão calados que nem ratos e incompetentes que são.

  3. Já estão aqui as subvenções vitalícias dos nossos queridos políticos???…
    Isso mesmo, carreguem nos custos, não os reduzam/controlem, é só dar com uma mão e receber com duas, coitados dos nossos filhos, que vão ter que vassourar muita gente que só se aproveita da fraqueza do Estado, sim porque com um Estado forte isto não acontecia…
    O esquerda no seu melhor, e ainda a procissão vai no adro….

  4. Agora só estamos à espera da “aberração” Galamba vir desculpar, ou melhor, culpar o Governo anterior de não acertarem uma …. errata atrás de errata até ao resultado final …. que lindo futuro que a “irmandade” nos vai deixar …. Tudo em nome da igualdade e fraternidade claro ….

  5. Mas as erratas (mentiras) nunca mais acabam nessa geringonça? Qual é o imposto que vão criar agora para tapar mais buracos da geringonça? Mais uns cêntimos na gasolina????

  6. Mas não seria melhor mesmo irem tirar um curso de contabilidade nem que fosse ao fim de semana para depois apresentarem um orçamento de estado que não fosse todo esfarrapado como este que anda sempre a levar remendos?

RESPONDER

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …

Ordem dos Médicos está a avaliar uso de medicamento não testado para travar Covid-19

Portugal pode tornar-se no segundo país do mundo a usar hidroxicloroquina como forma de prevenção de Covid-19. A Ordem dos Médicos (OM) estará a estudar essa possibilidade, de acordo com o Expresso. O semanário refere que …