Governo já está a negociar a reversão da privatização da TAP

O Governo já está a negociar a reversão da privatização de 61% do capital da TAP com o consórcio Atlantic Gateway, de forma a que o Estado seja acionista maioritário.

De acordo com o Correio da Manhã, o objetivo é tentar recolocar nas mãos do Estado a maioria do capital, deixando 49% das ações para o consórcio de David Neeleman e Humberto Pedrosa.

As negociações foram encetadas há uma semana, e ainda não há um prazo para serem concluídas – de acordo com o CM, não deve haver resultados até ao final do ano.

Esta quarta-feira, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, disse aos jornalistas que espera que o processo se concretize com “a rapidez possível para a TAP ter estabilidade e continuar a crescer”.

Já começámos o processo negocial que necessariamente envolve os acionistas, mas que está em desenvolvimento e não quero falar dos detalhes do mesmo nesta fase”, afirmou Pedro Marques, à margem de um evento em Lisboa, o primeiro ato público do governante.

Questionado sobre a reversão da privatização da TAP, Pedro Marques adiantou que o processo de negociação com os acionistas da Atlantic Gateway, David Neeleman e Humberto Pedrosa, já arrancou. “Mantemo-nos firmes e determinados em recuperar a maioria do capital para o Estado”, declarou o ministro do Planeamento e Infraestruturas, que na nova orgânica do Governo tem a tutela da TAP.

Ainda que Bloco de Esquerda e PCP entendam que a companhia aérea deva ser totalmente pública, Pedro Marques estipulou a meta de que o Estado recupere, pelo menos, 13% do capital cuja venda foi acordada com o consórcio Gateway, mantendo-se como acionista maioritário.

O governante recusou-se a dar mais informações sobre “o processo negocial” para “não condicionar”, escusando-se a comentar as declarações do presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, que disse que a eventual reversão da privatização será um processo difícil e lembra que já gastou metade do dinheiro que entrou com a venda.

“Não sei como se reverte a privatização. Entraram 180 milhões de euros e eu já gastei metade“, disse Fernando Pinto na semana passada, em Albufeira.

Condições

O acordo de conclusão da venda direta de 61% do capital da TAP foi assinado no dia 12 entre a Parpública, empresa gestora das participações públicas, e o consórcio Atlantic Gateway, na presença da então secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, do então secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Miguel Pinto Luz.

A Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), que tem 90 dias para avaliar a privatização, impôs logo em outubro algumas condições ao negócio.

Na altura, refere o CM, a ANAC defendeu que era preciso clarificar os poderes de Humberto Pedrosa para acautelar o controlo da empresa nas mãos de um elemento oriundo da União Europeia. David Neeleman tem dupla nacionalidade: brasileira e norte-americana.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será mesmo que esses dois senhores irão aceitar tal reversão e a que preço? Temos o direito de o saber, terão estômago para entrar em tal palhaçada, no meu lugar não ficaria com 1% sequer da empresa, ou o acordado e assinado anteriormente ou então o governo que assumisse os 100% da empresa, iremos ver se não será mais uma condenada à falência porque falida já ela está há muito tempo, o mais duro vai ser nós termos que pagar a factura.

RESPONDER

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …

Gestão da pandemia: PGR francesa vai abrir investigação judicial a PM e ministros

Em causa estão 90 queixas contra o anterior chefe do Governo Edouard Philippe, e os ministros Olivier Véran e Agnès Buzyn, tendo 53 delas sido examinadas e nove consideradas admissíveis para seguirem eventualmente para tribunal. O …

Benfica perto de garantir Taremi e Helton Leite para a próxima época

O SL Benfica está perto de assegurar as contratações do avançado do Rio Ave, Mehdi Taremi, e do guarda-redes do Boavista, Helton Leite, para a próxima temporada. Mehdi Taremi e Helton Leite deverão ser reforços do …

Operação Marquês. Ivo Rosa não marca data de início do julgamento

O juiz de instrução Ivo Rosa optou por não marcar data de início do julgamento dada a complexidade do processo da Operação Marquês. O anúncio foi feito no final do debate instrutório, esta sexta-feira. "É manifesta …

Bolsonaro veta obrigatoriedade do uso de máscaras em lojas e igrejas

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou hoje parte de uma lei que estipulava o uso obrigatório de máscaras em órgãos públicos, lojas, indústrias, templos religiosos e locais fechados em que haja concentrações de pessoas. O …