Governo já está a negociar a reversão da privatização da TAP

O Governo já está a negociar a reversão da privatização de 61% do capital da TAP com o consórcio Atlantic Gateway, de forma a que o Estado seja acionista maioritário.

De acordo com o Correio da Manhã, o objetivo é tentar recolocar nas mãos do Estado a maioria do capital, deixando 49% das ações para o consórcio de David Neeleman e Humberto Pedrosa.

As negociações foram encetadas há uma semana, e ainda não há um prazo para serem concluídas – de acordo com o CM, não deve haver resultados até ao final do ano.

Esta quarta-feira, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, disse aos jornalistas que espera que o processo se concretize com “a rapidez possível para a TAP ter estabilidade e continuar a crescer”.

Já começámos o processo negocial que necessariamente envolve os acionistas, mas que está em desenvolvimento e não quero falar dos detalhes do mesmo nesta fase”, afirmou Pedro Marques, à margem de um evento em Lisboa, o primeiro ato público do governante.

Questionado sobre a reversão da privatização da TAP, Pedro Marques adiantou que o processo de negociação com os acionistas da Atlantic Gateway, David Neeleman e Humberto Pedrosa, já arrancou. “Mantemo-nos firmes e determinados em recuperar a maioria do capital para o Estado”, declarou o ministro do Planeamento e Infraestruturas, que na nova orgânica do Governo tem a tutela da TAP.

Ainda que Bloco de Esquerda e PCP entendam que a companhia aérea deva ser totalmente pública, Pedro Marques estipulou a meta de que o Estado recupere, pelo menos, 13% do capital cuja venda foi acordada com o consórcio Gateway, mantendo-se como acionista maioritário.

O governante recusou-se a dar mais informações sobre “o processo negocial” para “não condicionar”, escusando-se a comentar as declarações do presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, que disse que a eventual reversão da privatização será um processo difícil e lembra que já gastou metade do dinheiro que entrou com a venda.

“Não sei como se reverte a privatização. Entraram 180 milhões de euros e eu já gastei metade“, disse Fernando Pinto na semana passada, em Albufeira.

Condições

O acordo de conclusão da venda direta de 61% do capital da TAP foi assinado no dia 12 entre a Parpública, empresa gestora das participações públicas, e o consórcio Atlantic Gateway, na presença da então secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, do então secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Miguel Pinto Luz.

A Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), que tem 90 dias para avaliar a privatização, impôs logo em outubro algumas condições ao negócio.

Na altura, refere o CM, a ANAC defendeu que era preciso clarificar os poderes de Humberto Pedrosa para acautelar o controlo da empresa nas mãos de um elemento oriundo da União Europeia. David Neeleman tem dupla nacionalidade: brasileira e norte-americana.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será mesmo que esses dois senhores irão aceitar tal reversão e a que preço? Temos o direito de o saber, terão estômago para entrar em tal palhaçada, no meu lugar não ficaria com 1% sequer da empresa, ou o acordado e assinado anteriormente ou então o governo que assumisse os 100% da empresa, iremos ver se não será mais uma condenada à falência porque falida já ela está há muito tempo, o mais duro vai ser nós termos que pagar a factura.

RESPONDER

57 anos depois, G3 diz adeus ao Exército

Esta segunda-feira é apresentada a SCAR-L, a arma ligeira do Exército que vai substituir a espingarda automática G3, introduzida em 1962. Em setembro de 1962, saíram da Fábrica de Braço de Prata, em Lisboa, as primeiras …

Infarmed ordena retirada do mercado de creme para mamilos

O Infarmed ordenou esta segunda-feira a retirada do mercado do produto cosmético "D'Aveia Regenerador de Mamilos", por ter um conservante proibido desde 2015 para este tipo de produtos, que pode colocar em risco a saúde. A …

Portugal é o segundo país da Europa onde mais se anda de carro

Portugal foi o segundo país da União Europeia onde mais se circulou de carro, em 2017, revela o Eurostat. Apenas a Lituânia ficou à frente. Deixar o carro na garagem e usar meios de transporte alternativos …

Empresas ficam sujeitas à arbitragem em litígios de consumo até cinco mil euros

Todas as empresas estão, a partir desta segunda-feira, obrigadas a sujeitar-se à arbitragem ou à mediação nos conflitos de consumo até cinco mil euros. A lei 63/2019, publicada a de 16 de agosto, alterou a Lei …

Farmacêutica Purdue Pharma vai declarar falência

A gigante farmacêutica Purdue Pharma pediu proteção contra credores, sucumbido à pressão dos mais de 2600 processos judiciais de que é alvo, na sequência da crise dos opióides, nos Estados Unidos. A farmacêutica com sede em …

Aliança convida partidos “sem cartão dourado” para 36 debates no Youtube

No dia em que os três canais generalistas irão passar em direto o debate entre Rui Rio e António Costa, o partido de Pedro Santana Lopes lançou um convite a todos os partidos sem …

Metro do Porto e Carris reforçam fiscalização

Com a entrada em vigor dos novos passes, Metro do Porto e Carris estão a reforçar a fiscalização para tentarem baixar os números de fraude e garantir que têm o devido retorno financeiro por aderirem …

Bloco de Esquerda quer aumento gradual das pensões mínimas até ao salário mínimo

A líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, propôs esta segunda-feira o aumento das pensões mais baixas até ao valor do salário mínimo e defendeu que o rendimento dos filhos não deve contar na atribuição …

Associação Berardo vai contestar arresto de obras de arte

A Associação Coleção Berardo (ACB), proprietária das obras de arte do empresário José Berardo, vai contestar de esta segunda-feira a uma semana o arresto de cerca de 2.200 peças, disse à agência Lusa fonte próxima …

Netanyahu quer anexar "todos os colonatos" na Cisjordânia ocupada

Benjamin Netanyahu afirma que quer "estender a soberania a todos os colonatos", incluindo alguns que sejam importantes para a herança de Israel. Eleições são esta terça-feira. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, prometeu esta segunda-feira anexar “todos …