Bruxelas pressiona ANAC para limitar poder estrangeiro na TAP

Stuart Isett / Fortune Brainstorm Green

David Neeleman, dono da Azul Linhas Aéreas Brasileiras

David Neeleman, dono da Azul Linhas Aéreas Brasileiras

A Comissão Europeia está a pressionar a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) para que garanta que não seja viabilizada qualquer possibilidade de David Neeleman controlar a TAP.

De acordo com o Diário Económico, a Direção-Geral Europeia dos Transportes (DG Move) está a manter contactos regulares com a ANAC para que seja garantido que a TAP não acaba controlada por acionistas não-europeus. Apesar de ter remetido a análise da operação para Lisboa, Bruxelas continua “a acompanhar de perto o dossier da TAP”.

Estas preocupações terão sido transmitidas à ANAC numa reunião que decorreu em Bruxelas depois da formalização da privatização, em novembro de 2015, e têm sido recorrentes à medida que se conhecem as novas medidas de gestão da companhia aérea.

Terá sido por pressão da DG Move, apurou o Económico, que o conselho da ANAC comunicou na sexta-feira passada a deliberação que procurou travar o empréstimo obrigacionista de 120 milhões de euros a efetuar pela TAP e que será em grande parte subscrito pela Azul, companhia detida por David Neeleman e, indiretamente, pelos chineses da HNA, investiu na empresa de David Neeleman 400 milhões de euros, os quais lhe dão direito a 23,7% da Azul.

Fonte oficial esclareceu ao Económico que o interesse de Bruxelas no processo português está relacionado com a intenção de avançar, até ao final deste ano, com novas orientações sobre a interpretação do regulamento 1008/2008, uma norma que estipula que nenhum investidor de fora do espaço comunitário possa controlar mais de 49% de uma companhia europeia.

“Ainda que a noção de propriedade seja bastante evidente, o controlo efetivo é uma questão mais problemática devido a acordos entre acionistas muitas vezes complexos”, descreve a fonte.

Além da posição de David Neeleman, sócio minoritário do consórcio Atlantic Gateway, estão também em causa os acordos comerciais, operacionais e financeiros que se têm estabelecido desde a privatização da TAP com outras empresas da esfera do empresário norte-americano.

A DG Move estará a encaminhar o regulador português “menos para uma análise quantitativa quanto ao número de ações e de administradores, mas para os acordos comerciais e das relações financeiras” que se estabelecem entre os vários intervenientes.

O órgão comunitário lança o alerta, por exemplo, sobre a decisão dos novos acionistas de avançar com a renovação da frota da Portugália (que se passará a chamar TAP Express) com aviões que pertenciam à Azul, detida por David Neeleman, e que passam para a TAP em regime de leasing operacional. Dois A330 que a companhia comprou à companhia aérea brasileira no mesmo registo serão usados no reforço da operação da TAP nos Estados Unidos, que se concretizará por via de uma parceria com a Jet Blue, companhia low cost fundada por David Neeleman.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

EDP defende que venda de barragens não estava sujeita a imposto de selo

A EDP considera que a venda da concessão das barragens ao consórcio da Engie não beneficiou de isenção do Imposto do Selo prevista na lei desde 2020 porque a forma como a operação decorreu não …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a fazer buscas na Câmara Municipal de Lisboa, nas instalações do departamento de gestão urbanística, situadas no Campo Grande, e nos Paços do Concelho. Ao que o jornal online …

Portugal regista mais 424 casos e cinco óbitos por covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 424 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

Ministro reconhece que retoma do Ensino Superior tem de ser "gradual"

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou, esta segunda-feira, que a retoma das atividades letivas tem de ser feita de forma “gradual e faseada”, mas mostrou-se satisfeito com a responsabilidade demonstrada por docentes …

Apenas uma em cada 500 pessoas foram vacinadas nos países pobres. Greta Thunberg apoia vacinação equitativa com 100 mil euros

Apenas uma em cada 500 pessoas, em média, foi vacinada contra a covid-19 nos países pobres, enquanto nos ricos uma em cada quatro já está parcial ou totalmente imunizada, revelou esta segunda-feira a Organização Mundial …

Mário Soares vai dar nome a uma rua na Covilhã

O antigo Presidente da República Mário Soares vai dar nome a uma das ruas da Covilhã, numa homenagem que integra as comemorações do 25 de Abril naquela cidade do distrito de Castelo Branco. O programa preparado …

"Estava em segredo". Comissão de inquérito abre investigação à divulgação do relatório secreto de Costa Pinto

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco abriu esta terça-feira uma investigação sumária à divulgação do chamado “Relatório Costa Pinto”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal online Observador, o mesmo órgão de comunicação …

Cheias em Luanda fazem 14 mortos e mais de 8 mil desalojados

As chuvas torrenciais que esta segunda-feira provocaram o caos em Luanda, deixaram 14 mortos e mais de oito mil pessoas desalojadas, segundo dados transmitidos esta noite pelo porta-voz do serviço de protecção civil e bombeiros. Faustino …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …