Fantasma de Rui Rio assombrou congresso do PSD (e foi “muito feio”)

presidencia.pt

O economista Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

No rescaldo do 36.º Congresso do PSD, em Espinho, a grande figura é Rui Rio que nem sequer marcou presença no encontro social-democrata. Mas o seu “fantasma” andou por lá, como lamenta o próprio ex-presidente da Câmara do Porto, afirmando que o tentaram “denegrir” com invenções.

Num artigo de opinião no Jornal de Notícias, Rui Rio nota que aqueles que o criticaram durante o Congresso do PSD, que decorreu neste fim-de-semana, em Espinho, “acabaram por lhe dar razão” pelo facto de ter decidido não comparecer.

Se, para eles, fui tão relevante ao não estar, como não teria sido se eu lá tivesse estado. Não teria havido palavra minha que não tivesse tido mil e uma interpretações e mil e uma especulações, ou seja, justamente, o que eu não queria”, escreve Rui Rio no texto intitulado “Assim não!”.

Rio tinha dito que não ia ao congresso para não “perturbar”, numa altura em que o seu nome ganha peso como possível candidato à liderança do PSD.

“Um fantasma de que não se conseguem libertar”

Visando directamente Pedro Santana Lopes, no seu artigo no JN, o ex-autarca assume que ficou “triste” por o ouvir dizer que não foi ao Congresso para “não ofuscar o líder”, alegando que “nunca disse tal disparate”.

O ex-secretário-geral do PSD até sublinha que não tem proferido “grandes críticas públicas”, isto apesar de “não concordar com alguns aspectos da gestão partidária que tem sido feita nos últimos anos”, escreve.

“Foi feio, muito feio, ver congressistas com efectivas responsabilidades políticas inventarem o que não existiu para, assim, me procurarem denegrir ou, dito de outra forma, procurarem exorcizar um fantasma que criaram no seu imaginário e os aterroriza; e do qual, pelos vistos, não se conseguem libertar”, refere ainda o social-democrata no mesmo texto, no qual fala de “cobardia”.

Passos pode já estar a preparar a sucessão

Estas declarações de Rui Rio vêm dar peso à questão da sucessão a Passos Coelho que é tema quente no PSD, apesar de o líder ter sido reeleito no cargo apenas no mês passado.

Ninguém coloca em causa a liderança imediata do partido no imediato, mas é certo que o próprio Passos pode já estar a pensar num futuro PSD sem o seu comando. Esse cenário poderá já colocar-se em 2017, depois das eleições autárquicas.

No congresso, Passos definiu como grande objectivo próximo do PSD a recuperação da maioria das Câmaras ao PS. Uma missão dura que pode levar o próprio Passos a concorrer à Câmara de Lisboa e atirá-lo para fora da liderança social-democrata, caso as coisas não corram da melhor forma.

A escolha de Maria Luís Albuquerque para vice-presidente do PSD será visto por alguns, dentro do partido, como um sinal de que Passos poderá já estar “a preparar o pós-2017”, destaca o Público.

Esta decisão de promover a ex-ministra das Finanças a um cargo de topo no PSD é mal encarada por muitos sociais-democratas, não tanto por ela ser militante há pouco tempo, desde 2011, mas particularmente pela recente polémica da sua contratação por parte da empresa britânica gestora de dívida, Arrow Global.

Esse detalhe fragiliza a sua posição perante a opinião pública, mas Passos considera que Maria Luís Albuquerque “fez um lugar notável” como ministra e que “tem todas as condições para fazer um lugar muito bom como vice-presidente do PSD”, disse no congresso.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Pois não!…
      Quem vale muito é o parasita incompetente do Passos, com amigos como o Relvas, o Marco António, o Gaspar, a Maria Luis, etc, etc…

  1. Considero lamentável que o senhor jornalista SV do que se passou no congresso do partido Social democrata apenas retirou a opinião do Dr. Rui Rio em entrevista dada ao Jornal de Notícias. Faço este comentário porque considero que todos nós devemos fazer um esforço para que a informação seja a mais imparcial e rigorosa possível. Senão para que é que serve?

  2. O senhor Rui Rio além de mais alguns outros se pretendem contestar deviam ter dado a cara no congresso e não o fazer de fora para dentro cobarde-mente.

  3. Rui Rio é um politico já com muita estrada; podia ter ido ao congresso mas, acertadamente, percebeu que iria recolher mais “frutos” com a ausência do que com a presença num congresso que nada trouxe de novo e se limitou a “arrastar” um lider que todos sabem que está a prazo.

RESPONDER

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …

Jorge Jesus acusa Gil Vicente de antijogo: "Fez o que o árbitro permitiu"

Este sábado, o Gil Vicente visitou o Benfica e saiu com os três pontos na bagagem ao vencer por 2-1, num duelo relativo à 27ª jornada da Liga NOS. O Benfica perdeu no Estádio da Luz …

Site chinês "apaga" mulheres que não querem casar ou ter relações com homens

Vários grupos de feministas com ideias mais radicais começaram a ser bloqueados de um dos sites mais influentes na China. Num país conhecido pelo seu regime ditatorial e conservador, um grupo de mulheres uniu-se para lutar …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Justiça britânica perdoa dívida de 60 milhões a Vale e Azevedo

João Vale e Azevedo, ex-presidente do Benfica, foi declarado "exonerado da insolvência" que corria em Londres desde 2009. Um tribunal de Londres declarou que João Vale e Azevedo está exonerado de insolvência. Na prática, a justiça …