Fantasma de Rui Rio assombrou congresso do PSD (e foi “muito feio”)

presidencia.pt

O economista Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

No rescaldo do 36.º Congresso do PSD, em Espinho, a grande figura é Rui Rio que nem sequer marcou presença no encontro social-democrata. Mas o seu “fantasma” andou por lá, como lamenta o próprio ex-presidente da Câmara do Porto, afirmando que o tentaram “denegrir” com invenções.

Num artigo de opinião no Jornal de Notícias, Rui Rio nota que aqueles que o criticaram durante o Congresso do PSD, que decorreu neste fim-de-semana, em Espinho, “acabaram por lhe dar razão” pelo facto de ter decidido não comparecer.

Se, para eles, fui tão relevante ao não estar, como não teria sido se eu lá tivesse estado. Não teria havido palavra minha que não tivesse tido mil e uma interpretações e mil e uma especulações, ou seja, justamente, o que eu não queria”, escreve Rui Rio no texto intitulado “Assim não!”.

Rio tinha dito que não ia ao congresso para não “perturbar”, numa altura em que o seu nome ganha peso como possível candidato à liderança do PSD.

“Um fantasma de que não se conseguem libertar”

Visando directamente Pedro Santana Lopes, no seu artigo no JN, o ex-autarca assume que ficou “triste” por o ouvir dizer que não foi ao Congresso para “não ofuscar o líder”, alegando que “nunca disse tal disparate”.

O ex-secretário-geral do PSD até sublinha que não tem proferido “grandes críticas públicas”, isto apesar de “não concordar com alguns aspectos da gestão partidária que tem sido feita nos últimos anos”, escreve.

“Foi feio, muito feio, ver congressistas com efectivas responsabilidades políticas inventarem o que não existiu para, assim, me procurarem denegrir ou, dito de outra forma, procurarem exorcizar um fantasma que criaram no seu imaginário e os aterroriza; e do qual, pelos vistos, não se conseguem libertar”, refere ainda o social-democrata no mesmo texto, no qual fala de “cobardia”.

Passos pode já estar a preparar a sucessão

Estas declarações de Rui Rio vêm dar peso à questão da sucessão a Passos Coelho que é tema quente no PSD, apesar de o líder ter sido reeleito no cargo apenas no mês passado.

Ninguém coloca em causa a liderança imediata do partido no imediato, mas é certo que o próprio Passos pode já estar a pensar num futuro PSD sem o seu comando. Esse cenário poderá já colocar-se em 2017, depois das eleições autárquicas.

No congresso, Passos definiu como grande objectivo próximo do PSD a recuperação da maioria das Câmaras ao PS. Uma missão dura que pode levar o próprio Passos a concorrer à Câmara de Lisboa e atirá-lo para fora da liderança social-democrata, caso as coisas não corram da melhor forma.

A escolha de Maria Luís Albuquerque para vice-presidente do PSD será visto por alguns, dentro do partido, como um sinal de que Passos poderá já estar “a preparar o pós-2017”, destaca o Público.

Esta decisão de promover a ex-ministra das Finanças a um cargo de topo no PSD é mal encarada por muitos sociais-democratas, não tanto por ela ser militante há pouco tempo, desde 2011, mas particularmente pela recente polémica da sua contratação por parte da empresa britânica gestora de dívida, Arrow Global.

Esse detalhe fragiliza a sua posição perante a opinião pública, mas Passos considera que Maria Luís Albuquerque “fez um lugar notável” como ministra e que “tem todas as condições para fazer um lugar muito bom como vice-presidente do PSD”, disse no congresso.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Pois não!…
      Quem vale muito é o parasita incompetente do Passos, com amigos como o Relvas, o Marco António, o Gaspar, a Maria Luis, etc, etc…

  1. Considero lamentável que o senhor jornalista SV do que se passou no congresso do partido Social democrata apenas retirou a opinião do Dr. Rui Rio em entrevista dada ao Jornal de Notícias. Faço este comentário porque considero que todos nós devemos fazer um esforço para que a informação seja a mais imparcial e rigorosa possível. Senão para que é que serve?

  2. O senhor Rui Rio além de mais alguns outros se pretendem contestar deviam ter dado a cara no congresso e não o fazer de fora para dentro cobarde-mente.

  3. Rui Rio é um politico já com muita estrada; podia ter ido ao congresso mas, acertadamente, percebeu que iria recolher mais “frutos” com a ausência do que com a presença num congresso que nada trouxe de novo e se limitou a “arrastar” um lider que todos sabem que está a prazo.

RESPONDER

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …