Maria Luís vai receber 5 mil euros por mês por menos de uma semana de trabalho

PSD / Flickr

A ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A ex-ministra das Finanças irá receber cinco mil euros por menos de uma semana de trabalho por mês, aos quais se somam os cerca de 3400 euros que ainda recebe como deputada.

Maria Luís Albuquerque inicia funções como nova administradora não executiva da Arrow Global já esta segunda-feira mas será no próximo dia 24 que se dirige até à sede da empresa, em Manchester, para uma primeira reunião, avança o Diário de Notícias.

Segundo uma fonte próxima da ex-ministra, em declarações ao mesmo jornal, está previsto que Maria Luís “trabalhe uma média de dois a quatro dias por mês“, sendo por isso perfeitamente possível que continue a assumir o cargo de deputada.

Ainda no início desta semana, a subcomissão de ética se deverá pronunciar para dizer se existe, ou não, incompatibilidade entre o seu novo emprego e o trabalho enquanto deputada.

A ex-governante ficará responsável por aconselhar a empresa na área de auditoria e avaliação de risco, “não lhe cabendo a tomada de decisões operacionais” ou ter “sequer contacto,  mesmo indiretamente, com potenciais clientes”, diz a mesma fonte.

Ao que apurou o mesmo jornal, tendo em conta o relatório e contas da Arrow, a remuneração prevista para o seu cargo é um total de 53 mil libras anuais, cerca de 70 mil euros.

Assim, a ex-ministra deverá receber cinco mil euros por mês, aos quais se somam ainda os 3426,48 euros que recebe como deputada, um lugar do qual não pretende abdicar.

Porém, o Correio da Manhã avança um valor de 100 mil euros anuais porque, aos anteriores 70 mil, somar-se-á um prémio em função dos resultados anuais obtidos.

Segundo o DN, os impostos sobre os rendimentos arrecadados serão pagos em Portugal, visto que Maria Luís tem morada fiscal registada no país, o que se traduz no pagamento da sobretaxa máxima (3,5%)  e entrada no escalão de topo do IRS (acima dos 80 mil euros anuais).

 ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Houve quem dissesse que o melhor emprego em Portugal seria o de Ex-Ministro… Bem verdade! Mas a Maria Luis exagera! Infelizmente nada vai acontecer e a mulher vai-se ficar a rir… E ainda falam dos xuxas… Se o dinheiro sujo existisse, seria laranja!

  2. Ora bem, a sra Maria Luís não podia ir para empregada de limpeza, embora tenha perfil. Logo teria de ir para deputada porque as suas intervenções fazem tanta falta a Portugal como a fome e também teria de ir vender os segredos de tesouraria e finanças públicas desta nossa velha e tonta pátria aos nossos velhos e traidores aliados, pela ninharia conjunta de 10 mil euros. Mas hás-de morrer, Maria Luísa, e tudo aqui deixarás dos proventos de tão despudorada conduta. A ganância e a mania das grandezas nunca foram boas conselheiras… espera-se ao menos que mates a fome mensalmente a meia dúzia de pelintras de Braga dos muitos que por lá há.

  3. Mas alguém acredita que esta mulher esteve no governo para tentar resolver os problemas do país? Estão bem enganados, pois ela e todos os políticos vão para o governo para se governarem a eles, alisarem terreno, favorecer vergonhosamente os amigalhaços, em desfavor do povo. O que esta mulher fez foi isto, e agora tem a paga.

  4. Isto realmente até tem graça sem ter graça nenhuma. Como é que toda esta gentalha só fala que é preciso austeridade, mais austeridade quando eles só querem euros, euros e mais euros. São realmente uma corja do pior que existe

RESPONDER

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …

Presidente da Câmara do Funchal envia carta a Boris Johnson a defender a Madeira

O presidente da Câmara do Funchal escreveu uma carta a Boris Johnson, na qual realça "alguns argumentos fortes" a favor da Madeira como destino de férias para os cidadãos do Reino Unido. O presidente da Câmara …

Livros pró-democracia desapareceram das bibliotecas de Hong Kong

Livros escritos por importantes ativistas da democracia de Hong Kong começaram a desaparecer das bibliotecas da cidade, avança a agência noticiosa francesa AFP, citando registos online destes espaços. Os livros pró-democracia desapareceram das prateleiras da …