Maria Luís pede ao Parlamento que avalie incompatibilidades com o seu novo emprego

Rodrigo Gatinho / portugal.gov.pt

A Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

Maria Luís Albuquerque solicitou esta sexta-feira à subcomissão de ética que avalie se existe alguma incompatibilidade entre a sua contratação pela Arrow Global e o atual cargo de deputada e antigos cargos políticos que desempenhou.

“Solicito à subcomissão de ética a avaliação da situação em causa, manifestando desde já a minha total disponibilidade e interesse em prestar junto dessa Subcomissão todos os esclarecimentos entendidos como pertinentes”, lê-se na carta enviada hoje ao presidente da subcomissão de Ética, Luís Marques Guedes.

“A situação em nada configura impedimento ou incompatibilidade com as funções que desempenhei e desempenho”, declara a deputada do PSD e ex-ministra das Finanças, fazendo eco do comunicado que emitiu na quinta-feira.

No pedido, Maria Luís Albuquerque volta a sublinhar que as funções que vai desempenhar no comité de risco e auditoria da Arrow Global – que em Portugal tem clientes como o Banif, BCP ou Montepio – são “de natureza estritamente não executiva, e centradas numa avaliação dos quadros macroeconómico e regulatório europeus para enquadramento das decisões estratégicas que a empresa venha a tomar no futuro”.

A ex-governante ressalva que não terá “qualquer ligação a outras empresas do grupo, que são, de resto, entidades juridicamente independentes da Arrow Global plc”, que está cotada no mercado britânico e, acrescenta, sujeita ao controlo e escrutínio das entidades reguladoras daquele país.

Entretanto, o Partido Socialista anunciou que vai pedir a apreciação do assunto pela subcomissão de ética do parlamento, à semelhança do PCP, enquanto o Bloco de Esquerda vai propor uma alteração do regime de incompatibilidades dos titulares de cargos públicos e promete abordar o tema durante a comissão parlamentar de inquérito ao processo de venda do Banif.

Ferreira Leite acusa Maria Luís de falta de bom senso

Manuela Ferreira Leite, também ex-ministra das Finanças, considera que Maria Luís Albuquerque demonstrou “ausência total de bom senso ao aceitar um cargo desta natureza”, realçando que “teve ligações diretas como ministra das finanças e não saiu há quatro anos, a ministra das finanças, saiu há três meses e tal”.

“Não creio que haja alguma comissão de ética na assembleia que vá aprovar uma coisa destas”, afirmou a ex-líder do PSD esta quinta-feira à noite, no seu comentário semanal na TVI24.

“Tenho poucas dúvidas de que a ministra não conheça a legislação mas mesmo que não houvesse legislação sobre esta matéria, qualquer bocadinho de bom senso levaria a que a ministra não aceitasse ir para uma instituição em que ela tutelou – no mínimo, tutelou – a instituição financeira que teve ligações com essa empresa e ligações prejudiciais para o país“, defendeu Ferreira Leite.

A ex-ministra admitiu que haja agora “aproveitamento político-partidário do ponto de vista das intervenções das pessoas”, acrescentando: “o que é que ela esperava?” “Pôs-se mais do que a jeito. Pôs-se mesmo defronte deles a dizer ‘agora dêem-me lá pancada porque estão cheios de razão'”, conclui.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta senhora e o seu chefe de governo, deviam ter elaborado um esboço de orçamento e enviado para Bruxelas, até ao ato eleitoral de 4 de Outubro de 2015 e não fizeram porquê? Porque se o tivessem feito, das duas uma, ou continuavam a mentir aos portugueses como o fizeram em 2011 para “assaltar” o poder ou eram honestos nos propósitos a aplicar e então teriam uma derrota estrondosa, como não fizeram o esboço de orçamento, continuaram a enganar os portugueses e a derrota no ato eleitoral de 04 de Outubro de 2015 foi minimizada, Sobre a notícia, relacionada com a ex-ministra das finanças, Maria Luís pergunta-se: então o presidente da subcomissão de Ética, Luís Marques Guedes, não faz parte do seu partido?

  2. Esta parasita incompetente, sempre esteve ao serviço da máfia financeira e contra o povo!!
    O seu currículo fala por si!…

RESPONDER

Israel descobre túnel escavado desde a Faixa de Gaza

"O túnel, com várias dezenas de metros de comprimento, foi escavado em Khan Younès, no sul da Faixa de Gaza, e entra no território israelita", afirmou o porta-voz do exército, Jonathan Conricus, durante uma conferência …

Lei aprovada no Parlamento pretende facilitar prescrições de multas a partidos políticos

O projeto foi aprovado na generalidade no Parlamento, e está em discussão na especialidade. A Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) teme os efeitos da nova legislação sobre as prescrições de multas a partidos …

Noiva de Khashoggi processa príncipe herdeiro saudita

Hatice Cengiz, noiva de Jamal Khashoggi, colocou um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio. A noiva do jornalista Jamal Khashoggi, assassinado na Turquia em outubro de …

Papa Francisco defende pela primeira vez uniões de facto para casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu a regulação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, afirmando que os homossexuais têm direito a constituir família. "Homossexuais têm o direito de constituir família. São filhos de Deus", defendeu o …

“Uma desgraça completa”. Ex-ministro do PSD arrasa atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia

O antigo governante do PSD Fernando Leal da Costa acusou esta quarta-feira o Ministério da Saúde de “falta de liderança” na gestão da pandemia de covid-19, e falou até de “uma desgraça completa” do ponto …

Ministro defende que investimento nas Forças Armadas “é tão relevante” como na saúde

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, destacou o papel das Forças Armadas no combate à pandemia de covid-19 e defendeu que o investimento público nesta área “é tão relevante” quanto na saúde ou …

Giro. João "Rosa" Almeida segura liderança da geral

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) manteve esta quarta-feira a liderança da Volta a Itália em bicicleta, numa 17.ª etapa ganha pelo australiano Ben O'Connor (NTT). O'Connor, de 24 anos, cumpriu os 203 quilómetros entre Bassano del …

Investimento público atinge máximo de uma década em 2021

Dados do relatório do Orçamento do Estado mostram que o Governo conta terminar 2020 com um investimento público de 4.884 milhões de euros (75 milhões de euros a menos do que a previsão do Orçamento …

Audições urgentes pedidas pelo PS sobre StayAway Covid são por escrito ou em dezembro

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, a audição de entidades e personalidades sobre a obrigatoriedade da aplicação Stayaway Covid, proposta pelo PS, "com caráter de urgência", por escrito ou em dezembro, após o debate do Orçamento …

Taxa de nascimentos de linces no Vale do Guadiana é a mais alta da Península Ibérica

A taxa de nascimentos na população de linces ibéricos no Vale do Guadiana é a mais elevada da Península Ibérica, segundo os resultados dos censos 2019 divulgados hoje pelo Instituto da Conservação da Natureza e …