“Falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas”. Ovar acusa Governo de incongruências

Manuel Fernando Araújo / Lusa

O presidente da Câmara de Ovar, Salvador Malheiro, acusou o Governo, esta quarta-feira, de desarticulação na implementação do estado de calamidade no município.

Em declarações à TSF, Salvador Malheiro disse que o texto publicado em Diário da República, assinado pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, não corresponde “ao despacho que surgiu ao final da tarde”.

 

O autarca explicou que, “nessa publicação, cai a interdição de as empresas poderem continuar a trabalhar”, o que resulta num “documento incongruente” que permite que as indústrias possam “laborar”, mas que os camiões de mercadorias e os funcionários vindos de outros municípios não possam entrar nas fábricas.

Segundo o autarca, o município pretende “implementar esse plano”, lembrando que não basta “acionar um mero botão” para que tudo se resolva.

Para Salvador Malheiro, a “incongruência” do texto publicado em Diário da República é uma “falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas”.

O presidente da Câmara de Ovar disse ainda que tem havido um “um reforço por parte da segurança pública”, que “a cerca sanitária está implementada” e que a circulação está a ser reduzida.

Na terça-feira, foi declarado estado de calamidade pública em Ovar, onde o número de casos confirmados de infeção por coronavírus duplicou nas últimas 24 horas, havendo mais de 30 casos.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. «…Falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas…» – Salvador Silva in ZAP aeiou

    Coitado, os efeitos da quarentena já fazem o sr. Silva imaginar que estão ser disparadas balas contra os corpos.

    Agora vamos ao que interessa.

    É inadmissível que o Governo, a Presidência da República, e os partidos da Assembleia da República (AR) impeçam os cidadãos de fazerem o seu dia-a-dia ou de irem trabalhar por causa do exercício militar «Defensor da Europa 20» (Defender Europe 20 pela sua sigla em inglês).

    Assim como ocultar uma crise económica com a disseminação de um vírus (Covid-19), por forma a impor medidas financeiras, laborais, e jurídicas, que dificilmente seriam aceites pelos cidadãos é do mais escroque que pode existir.

    E igualmente medíocre é servirem-se dessa mesma disseminação do vírus (Covid-19), para testarem e analisar em locais e transportes públicos ou nos locais de trabalho de empresas privadas ou públicas, tecnologia que em breve será parte do nosso quotidiano, ao mesmo tempo que realizam um gigantesco experimento social com o objectivo de aniquilar a liberdade individual dos cidadãos e implementar lentamente uma ditadura neoliberal.

    P.S.: Medidas económicas, laborais, jurídicas, sociais, ou tecnológicas, devem ser discutidas com os cidadãos e nunca decididas e impostas sem os mesmos serem consultados e todas as partes chamadas ao debate; o que se está a fazer é um atentado à República e ás Liberdades Civis para justificar a nova falência feita acontecer do corrupto sistema financeiro dominado pelo regime da Inglaterra e perda de influência do mesmo.

    • 1º Utiliza as habituais teorias de conspiração e retórica barata sacada de um livro de ciência ficção.
      2º Estas medidas são para 15 dias. Podem ser estendidas, mas até são brandas para o que diz a constituição. Por isso, não estou a ver o porque da sua queixa.
      3º Não era preciso o virus. A tecnologia já estava a ser usada na mesma.
      4º O “Neoliberalismo” não existe. É o bicho papão que inventaram os demagogos para tomar mais as rédeas do estado. Podemos usar o termo “liberal”, mas se é liberal não pode ser ditadura. Precisamente o liberalismo defende todo o contrário. Aprenda a usar os termos.

      • O primeiro ponto que escreveu, você vai ter que o justificar caso contrário não passará de uma afirmação infundada.

        O segundo ponto revela claramente que você convive muito mal com o sistema democrático, daí a sua aversão ao mesmo; nem quero imaginar se no próximo Verão voltarem a ocorrer incêndios com a magnitude dos mais recentes o que poderá acontecer, para além do estado de emergência será melhor implementar também o recolher obrigatório.

        O terceiro ponto revela claramente que você é um génio, um sobredotado(a), pois ninguém até agora teria sido capaz de chegar a essa constatação, você é brilhante!

        O quarto ponto demonstra algo mais grave, pois você está a mentir, e fá-lo por ignorância ou então é mal-intencionado(a); vá estudar História.

        P.S.: A ideologia do Liberalismo surgiu no Século XVII e extinguiu-se na Década de 1930 do Século XX. Você de liberal nada tem, é simplesmente um impostor(a).

  2. O que esperavam do Bosta? Incompetência e mentiras, como é normal

    Parabens aos xuxalistas por mais um grande PM que deram ao país!

    • Isto é mais uma demonstração da enorme miséria que é este governo. Então o Cabritão das golas é um caso de anedota nacional quando tem, entre mãos, algum caso digno de registo. O homem é de uma nulidade atroz. Este pulha já deveria estar em casa há muito tempo, a fazer companhia aos seus cães e à esposa, que deixou entretanto de ser ministra, devido ao ajuste no escandaloso regabofe de “tudo em família”.

RESPONDER

PJ faz buscas na Madeira e em Lisboa por fraude na obtenção de fundos europeus

Cerca de duas dezenas de buscas foram efetuadas, esta terça-feira, na Madeira e na Grande Lisboa no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (MP) que investiga crimes de fraude na obtenção de fundos …

França em choque com ação da polícia em acampamento de migrantes

A atuação da polícia durante o desmantelamento de um acampamento improvisado de migrantes no centro de Paris, na noite de segunda-feira, está a gerar críticas e indignação. Na noite desta segunda-feira, a polícia francesa dispersou algumas …

Centro Europeu de Controlo de Doenças alerta: países que retirem medidas para o Natal terão aumento de internamentos

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na …

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …

Vereador da Educação de Lisboa ameaça autarca com “um par de murros”

O vereador da Educação da Câmara de Lisboa afirmou, num comentário no Facebook, em resposta a uma publicação de um vogal da Junta de Freguesia do Areeiro, estar disponível para lhe dar "um par de …

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …