“Falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas”. Ovar acusa Governo de incongruências

Manuel Fernando Araújo / Lusa

O presidente da Câmara de Ovar, Salvador Malheiro, acusou o Governo, esta quarta-feira, de desarticulação na implementação do estado de calamidade no município.

Em declarações à TSF, Salvador Malheiro disse que o texto publicado em Diário da República, assinado pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, não corresponde “ao despacho que surgiu ao final da tarde”.

 

O autarca explicou que, “nessa publicação, cai a interdição de as empresas poderem continuar a trabalhar”, o que resulta num “documento incongruente” que permite que as indústrias possam “laborar”, mas que os camiões de mercadorias e os funcionários vindos de outros municípios não possam entrar nas fábricas.

Segundo o autarca, o município pretende “implementar esse plano”, lembrando que não basta “acionar um mero botão” para que tudo se resolva.

Para Salvador Malheiro, a “incongruência” do texto publicado em Diário da República é uma “falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas”.

O presidente da Câmara de Ovar disse ainda que tem havido um “um reforço por parte da segurança pública”, que “a cerca sanitária está implementada” e que a circulação está a ser reduzida.

Na terça-feira, foi declarado estado de calamidade pública em Ovar, onde o número de casos confirmados de infeção por coronavírus duplicou nas últimas 24 horas, havendo mais de 30 casos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. «…Falta de respeito por quem está a dar o corpo às balas…» – Salvador Silva in ZAP aeiou

    Coitado, os efeitos da quarentena já fazem o sr. Silva imaginar que estão ser disparadas balas contra os corpos.

    Agora vamos ao que interessa.

    É inadmissível que o Governo, a Presidência da República, e os partidos da Assembleia da República (AR) impeçam os cidadãos de fazerem o seu dia-a-dia ou de irem trabalhar por causa do exercício militar «Defensor da Europa 20» (Defender Europe 20 pela sua sigla em inglês).

    Assim como ocultar uma crise económica com a disseminação de um vírus (Covid-19), por forma a impor medidas financeiras, laborais, e jurídicas, que dificilmente seriam aceites pelos cidadãos é do mais escroque que pode existir.

    E igualmente medíocre é servirem-se dessa mesma disseminação do vírus (Covid-19), para testarem e analisar em locais e transportes públicos ou nos locais de trabalho de empresas privadas ou públicas, tecnologia que em breve será parte do nosso quotidiano, ao mesmo tempo que realizam um gigantesco experimento social com o objectivo de aniquilar a liberdade individual dos cidadãos e implementar lentamente uma ditadura neoliberal.

    P.S.: Medidas económicas, laborais, jurídicas, sociais, ou tecnológicas, devem ser discutidas com os cidadãos e nunca decididas e impostas sem os mesmos serem consultados e todas as partes chamadas ao debate; o que se está a fazer é um atentado à República e ás Liberdades Civis para justificar a nova falência feita acontecer do corrupto sistema financeiro dominado pelo regime da Inglaterra e perda de influência do mesmo.

    • 1º Utiliza as habituais teorias de conspiração e retórica barata sacada de um livro de ciência ficção.
      2º Estas medidas são para 15 dias. Podem ser estendidas, mas até são brandas para o que diz a constituição. Por isso, não estou a ver o porque da sua queixa.
      3º Não era preciso o virus. A tecnologia já estava a ser usada na mesma.
      4º O “Neoliberalismo” não existe. É o bicho papão que inventaram os demagogos para tomar mais as rédeas do estado. Podemos usar o termo “liberal”, mas se é liberal não pode ser ditadura. Precisamente o liberalismo defende todo o contrário. Aprenda a usar os termos.

      • O primeiro ponto que escreveu, você vai ter que o justificar caso contrário não passará de uma afirmação infundada.

        O segundo ponto revela claramente que você convive muito mal com o sistema democrático, daí a sua aversão ao mesmo; nem quero imaginar se no próximo Verão voltarem a ocorrer incêndios com a magnitude dos mais recentes o que poderá acontecer, para além do estado de emergência será melhor implementar também o recolher obrigatório.

        O terceiro ponto revela claramente que você é um génio, um sobredotado(a), pois ninguém até agora teria sido capaz de chegar a essa constatação, você é brilhante!

        O quarto ponto demonstra algo mais grave, pois você está a mentir, e fá-lo por ignorância ou então é mal-intencionado(a); vá estudar História.

        P.S.: A ideologia do Liberalismo surgiu no Século XVII e extinguiu-se na Década de 1930 do Século XX. Você de liberal nada tem, é simplesmente um impostor(a).

  2. O que esperavam do Bosta? Incompetência e mentiras, como é normal

    Parabens aos xuxalistas por mais um grande PM que deram ao país!

    • Isto é mais uma demonstração da enorme miséria que é este governo. Então o Cabritão das golas é um caso de anedota nacional quando tem, entre mãos, algum caso digno de registo. O homem é de uma nulidade atroz. Este pulha já deveria estar em casa há muito tempo, a fazer companhia aos seus cães e à esposa, que deixou entretanto de ser ministra, devido ao ajuste no escandaloso regabofe de “tudo em família”.

RESPONDER

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …

Chega apresenta oito candidatos para o distrito do Porto. Ventura acredita que vai ter "grande resultado"

O líder do Chega anunciou este sábado oito candidatos às próximas eleições autárquicas no distrito do Porto, onde André Ventura acredita que o partido vai ter "um grande resultado". "Fizemos esta deslocação ao Porto para anunciar …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

"Novas dificuldades e entropias". Autarcas independentes exigem extinção imediata da CNE

Os presidentes de Câmara e representantes de movimentos independentes decidiram este sábado dar um novo prazo aos partidos para que estes possam alterar a lei eleitoral autárquica. Porém, exigem a extinção imediata da Comissão Nacional …

Estudo mostra que as ovelhas preferem acasalar com machos subordinados

Um novo estudo descobriu que, ao contrário do que se podia pensar, as ovelhas preferem acasalar com machos que estão mais abaixo na hierarquia. Atualmente, a vida sexual da maioria das ovelhas é controlada pela indústria …

“Vamos iniciar uma nova etapa". Madeira vai testar toda a população (gratuitamente)

O Governo da Madeira vai desencadear uma campanha de testagem massiva da população da região, ainda sem data, que será gratuita, para aferir da evolução da pandemia da covid-19 no arquipélago, anunciou este sábado o …

O armazenamento de energia "sem massa" está a chegar

Uma equipa de cientistas da Chalmers University of Technology, na Suécia, produziu uma bateria estrutural com um desempenho dez vezes melhor do que todas as versões anteriores. A descoberta abre caminho ao armazenamento de energia …

Ataque terrorista a cidade na Nigéria atinge organizações humanitárias e instalações da ONU

Jihadistas alegadamente ligados ao Estado Islâmico atacaram este sábado as instalações de várias organizações humanitárias e das Nações Unidas na cidade nigeriana de Damasak, e ainda estão no local, afirmaram fontes das organizações não-governamentais (ONG). O …

Os humanos foram "superpredadores" durante dois milhões de anos

Uma nova investigação revelou que os humanos foram um predador de ponta durante cerca de dois milhões de anos. Só a extinção da megafauna e o declínio das fontes de alimentos de origem animal no …