Estado de Emergência poderá prolongar-se até 15 de maio

Tiago Petinga / Lusa

O estado de emergência vigora até 17 de abril, mas o Governo está a equacionar prolongá-lo até 15 de maio, avança esta sexta-feira o Público.

De acordo com a edição desta sexta-feira do jornal Público, o Governo está a ponderar manter o estado de emergência até 15 de maio.

A possibilidade surge expressa numa resolução aprovada, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, que prolonga “a reposição, a título excecional e temporário, do controlo de pessoas nas fronteiras” até à meia-noite de 14 de maio. Depois desta data, o Executivo pondera um regresso “gradual e progressivo” à vida normal.

Esta quinta-feira, ao anunciar a suspensão das aulas presenciais e o adiamento dos exames nacionais, António Costa afastou a ideia de que estaria previsto para o fim de abril o cessar do condicionamento das regras de vida em sociedade. Com a certeza de que durante este mês se manterá o estado de emergência, a dúvida é a de saber qual o momento em que as medidas de exceção podem ser levantadas.

O Público avança que tudo dependerá da evolução da pandemia e dos dados e indicações que os cientistas, que trabalham com a Direção-Geral da Saúde, forem fornecendo nas reuniões semanais. Contudo, até agora, os especialistas não afirmaram certezas.

Certo é que esta pandemia não se trava de um dia para o outro e, por esse motivo, quando o estado de emergência for levantado, continuará a haver condicionalismos. A inexistência de contenção social pode mesmo desencadear uma segunda vaga de contaminações.

Neste sentido, é provável que, após o levantamento do estado de emergência, haja restrições à circulação em algumas zonas do país, nomeadamente as que têm maior densidade populacional ou mais pessoas infetadas. A retoma económica também deverá ser gradual, com alguns setores da economia ou tipo de atividades a manterem condicionamentos até mais tarde.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, Portugal regista 15.472 casos de infeção por covid-19, 435 óbitos e 233 recuperados.

Foram registados mais 1.516 casos confirmados de infeção – um aumento de 10,9%. O número de internados era 1.173 e subiu para 1.179. Nas Unidades de Cuidados Intensivos estavam 241 pessoas na quarta-feira. Esta quinta-feira, estavam 226.

O número de mortes aumentou em 26, um aumento de 6,3%, totalizando 435 óbitos em Portugal por infeção de covid-19. A taxa de letalidade é agora de 2,8%.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …

"Pandemia do medo". Crianças brincam cada vez menos e isso pode aumentar a ansiedade

A pandemia assim o obriga. Mais tempo fechadas em salas de aula e sem oportunidades para brincarem com os amigos, as crianças estão cada vez mais sedentárias e isso não é positivo para o seu …

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …