Escutas a Sócrates e motorista revelam indícios de transporte de notas

Arquivo ITU

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

A equipa do procurador Rosário Teixeira acredita que, ao contrário do que mantém o seu advogado, o ex-motorista de José Sócrates sabia que transportava dinheiro. Segundo o jornal i, numa das escutas, o ex-primeiro-ministro mostra-se incomodado com uma referência a uma nota de 500.

A equipa do DIAP que está a investigar o caso Marquês está convencida de que José Perna, o ex-motorista de José Sócrates, tinha conhecimento de que transportava dinheiro, ao contrário do que mantém a sua defesa, que diz que Perna “apenas fazia recados”, revela o jornal i na sua edição de hoje.

Segundo o mesmo jornal, o ex-primeiro-ministro mostrou-se “incomodado” durante uma conversa telefónica em que o motorista questiona “como trocar uma nota de 500” que teria em mãos. Os investigadores acreditam que esta conversa será um indício de que João Perna sabia que “servia de transporte de dinheiro”.

Fontes próximas da investigação adiantaram ao i que quando confrontado com a escuta pelo juiz Carlos Alexandre, o ex-motorista terá explicado que a conversa terá ocorrido num dia em que teria “ido levar a mãe de José Sócrates ao cabeleireiro“, o qual não teria troco para uma nota de 500.

Para os investigadores, a reacção de Sócrates ao mostrar apreensão pelo teor da conversa e não querendo referir o montante será um indício de que se pretendia “máxima discrição” para um assunto que “nem ao telefone deveria ser referido”.

Ainda segundo o que o jornal i apurou, ao contrário do que chegou a ser noticiado, o ex-motorista nunca chegou a ser confrontado em interrogatório com a tese de que transportava não “malas de dinheiro”, mas sim envelopes.

O advogado de José Perna defende que, mesmo tratando-se de envelopes, o seu cliente “nunca teve conhecimento do seu conteúdo”.

José Sócrates foi detido no aeroporto de Lisboa no dia 21 de novembro, encontrando-se em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora, indiciado dos crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e corrupção.

Na mesma data, foi detido o seu ex-motorista José Perna, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e posse de ar proibida.

Cerca de um mês mais tarde, a 20 de dezembro, a medida de coação aplicada ao ex-motorista foi alterada para prisão domiciliária com pulseira electrónica.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Transporte de notas do bairro onde a mãe mora para o cabeleireiro!Grande investigação.Afinal não era para França.O cabeleireiro que se ponha a pau.

  2. Deixem a justiça fazer o seu caminho e ainda vão descobrir mais uns pilantras do calibre desse artista que tem nome de filósofo e que tirou o curso de noite e á luz das velas….

    Não se precipitem pois nem sempre os jornais falam verdade….

  3. Andam de propósito a entreter os portugueses com suspeitas, robalos e sucateiros, para esquecer as grandes negociatas (submarinos, tecnofarma, etc……..)

  4. Que raio de justiça é esta que prende sem provas, alegadamente vende segredos a um certo jornal, quem devia ser isento faz equipa com a acusação . Este espetáculo já cheira mal.

Responder a FSC Cancelar resposta

Apareceu um terceiro monólito metálico. Agora, foi numa montanha da Califórnia

Um monólito metálico, semelhante aos encontrados há pouco tempo no deserto de Utah, nos Estados Unidos, e na cidade romena de Piatra Neamt, surgiu agora no estado norte-americano da Califórnia. A estrutura foi encontra na …

AEK 2 - 4 Braga | “Guerreiros” saqueiam Atenas e apuram-se

O SC de Braga garantiu esta quinta-feira o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa. Os minhotos foram à Grécia bater o AEK por 4-2, graças a uma exibição personalizada, num jogo em que …

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …