Escutas a Sócrates e motorista revelam indícios de transporte de notas

Arquivo ITU

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

A equipa do procurador Rosário Teixeira acredita que, ao contrário do que mantém o seu advogado, o ex-motorista de José Sócrates sabia que transportava dinheiro. Segundo o jornal i, numa das escutas, o ex-primeiro-ministro mostra-se incomodado com uma referência a uma nota de 500.

A equipa do DIAP que está a investigar o caso Marquês está convencida de que José Perna, o ex-motorista de José Sócrates, tinha conhecimento de que transportava dinheiro, ao contrário do que mantém a sua defesa, que diz que Perna “apenas fazia recados”, revela o jornal i na sua edição de hoje.

Segundo o mesmo jornal, o ex-primeiro-ministro mostrou-se “incomodado” durante uma conversa telefónica em que o motorista questiona “como trocar uma nota de 500” que teria em mãos. Os investigadores acreditam que esta conversa será um indício de que João Perna sabia que “servia de transporte de dinheiro”.

Fontes próximas da investigação adiantaram ao i que quando confrontado com a escuta pelo juiz Carlos Alexandre, o ex-motorista terá explicado que a conversa terá ocorrido num dia em que teria “ido levar a mãe de José Sócrates ao cabeleireiro“, o qual não teria troco para uma nota de 500.

Para os investigadores, a reacção de Sócrates ao mostrar apreensão pelo teor da conversa e não querendo referir o montante será um indício de que se pretendia “máxima discrição” para um assunto que “nem ao telefone deveria ser referido”.

Ainda segundo o que o jornal i apurou, ao contrário do que chegou a ser noticiado, o ex-motorista nunca chegou a ser confrontado em interrogatório com a tese de que transportava não “malas de dinheiro”, mas sim envelopes.

O advogado de José Perna defende que, mesmo tratando-se de envelopes, o seu cliente “nunca teve conhecimento do seu conteúdo”.

José Sócrates foi detido no aeroporto de Lisboa no dia 21 de novembro, encontrando-se em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora, indiciado dos crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e corrupção.

Na mesma data, foi detido o seu ex-motorista José Perna, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e posse de ar proibida.

Cerca de um mês mais tarde, a 20 de dezembro, a medida de coação aplicada ao ex-motorista foi alterada para prisão domiciliária com pulseira electrónica.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Transporte de notas do bairro onde a mãe mora para o cabeleireiro!Grande investigação.Afinal não era para França.O cabeleireiro que se ponha a pau.

  2. Deixem a justiça fazer o seu caminho e ainda vão descobrir mais uns pilantras do calibre desse artista que tem nome de filósofo e que tirou o curso de noite e á luz das velas….

    Não se precipitem pois nem sempre os jornais falam verdade….

  3. Andam de propósito a entreter os portugueses com suspeitas, robalos e sucateiros, para esquecer as grandes negociatas (submarinos, tecnofarma, etc……..)

  4. Que raio de justiça é esta que prende sem provas, alegadamente vende segredos a um certo jornal, quem devia ser isento faz equipa com a acusação . Este espetáculo já cheira mal.

RESPONDER

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …