ESA e Roscosmos vão tentar aterragem histórica em Marte

ATG Medialab / ESA

-

O módulo Schiaparelli a separar-se da sonda TGO (Trace Gas Orbiter) da missão ExoMars 2016

A missão ExoMars 2016, uma parceria entre a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos), deverá chegar a Marte no dia 16 de outubro e lançar o módulo Schiaparelli para a superfície do planeta, para realizar estudos ambientais.

ExoMars

O foguetão Proton-M que integra a missão foi lançado a partir de Baikonur, no Cazaquistão, no dia 14 de março deste ano.

A missão ExoMars tem como objetivo encontrar sinais de atividade biológica e geológica em Marte e, se tudo correr conforme o planeado, a NASA deixará de ser a única agência espacial a ter realizado, com sucesso, uma aterragem no planeta.

Mais de 40 missões foram enviadas para o planeta vermelho desde o início de 1960.

A primeira tentativa de levar uma sonda para Marte teve lugar em Novembro de 1962, mas a sonda espacial da União Soviética, designada de Sputnik 24, não conseguiu deixar a órbita da Terra.

Os Soviéticos repetiram a experiência em 1971 e 1973, mas todas as sondas se destruíram com o impacto ou simplesmente não conseguiram chegar ao local planeado.

A Agência Espacial Europeia também não tem muita experiência – em 2003, a sonda Beagle 2 chegou à superfície de Marte, mas os seus painéis solares falharam e o equipamento ficou sem energia e sem qualquer contacto com a Terra.

Agora, a ESA têm enormes expectativas que a missão ExoMars, em parceria com a Roscosmos, aterre no planeta sem se destruir pelo caminho.

ESA/ATG medialab

Ilustração do interior da Schiaparelli, módulo de demonstração de Entrada, Descida e Aterragem da ExoMars 2016.

Ilustração do interior da Schiaparelli, módulo de demonstração de Entrada, Descida e Aterragem da ExoMars 2016.

Segundo os especialistas, a missão leva a bordo a sonda TGO (Trace Gas Orbiter) e o módulo Schiaparelli, que vão chegar ao planeta no dia 16 de outubro e depois vão separar-se.

A sonda TGO vai ficar numa órbita elíptica de 96 horas de duração à volta de Marte, para recolher dados sobre a sua atmosfera e procurar metano – que na Terra é responsável por originar processos biológicos e geológicos -, vapor de água e outros gases.

Já o módulo Schiaparelli irá pousar, no dia 19, no planeta vermelho, para medir a velocidade do vento, humidade, pressão atmosférica e temperatura de Marte.

O local previsto de aterragem é a região Meridiani Planum, e a descida deverá demorar seis minutos.

Os especialistas revelam que o módulo Schiaparelli tem de entrar na atmosfera de Marte num ângulo perfeito – caso contrário irá sobreaquecer – e o paraquedas precisará de abrir corretamente, enquanto que três conjuntos de propulsores vão ajudar a diminuir a velocidade da sonda.

O Schiaparelli tem apenas uma hipótese de aterrar corretamente no planeta e qualquer erro que aconteça nesta missão será analisado para uma próxima missão, em 2020.

BZR, ZAP / Hypescience

PARTILHAR

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …