Desvendado o motivo da queda da sonda Schiaparelli em Marte

(dr) ESA

-

Um relatório publicado esta semana pela Agência Espacial Europeia (ESA) revela que a queda da sonda Schiaparelli em Marte foi provocada por um “problema de software da navegação” que calculou mal a altitude.

ExoMars

Um grande volume de dados recuperados mostra que a entrada atmosférica e a travagem associada ocorreram exatamente como esperado.

O paraquedas abriu a uma altitude de 12 km e a uma velocidade de 1730 km/h – o escudo térmico do veículo, tendo servido o seu propósito, foi libertado a uma altitude de 7,8 km.

De acordo com o relatório divulgado pela ESA, à medida que o Schiaparelli descia com o paraquedas, o seu radar Doppler funcionou corretamente e as medições foram incluídas no sistema de orientação, navegação e controlo.

No entanto, informações erradas geraram uma altitude estimada que era negativa – ou seja, abaixo do nível do solo.

Esse erro desencadeou uma libertação prematura do paraquedas e da concha traseira, um breve disparo dos propulsores de travagem e, finalmente, a ativação dos sistemas terrestres como se o Schiaparelli já tivesse aterrado.

Na realidade, o veículo ainda estava a uma altitude de aproximadamente 3,7 km. Desta forma, a Schiaparelli acabou por se dirigir ao planeta vermelho a cerca de 540 quilómetros por hora em vez de travar suavemente para a aterragem.

A plataforma Schiaparelli custou 230 milhões de euros e viajou 496 milhões quilómetros, durante sete anos, inserida na sonda Trace Gas Orbiter (TGO).

“Esta ainda é uma conclusão muito preliminar das nossas investigações técnicas. O quadro completo será fornecido no início de 2017,” afirma David Parker, Diretor de Voo Espacial Humano e Exploração Robótica da ESA.

“Aprendemos muito com o Schiaparelli, o que vai contribuir diretamente para a segunda missão ExoMars, atualmente em desenvolvimento com os nossos parceiros internacionais, e com lançamento previsto para 2020”, destaca.

“A ExoMars é extremamente importante para a ciência e exploração europeias. Juntamente com todos os participantes do programa, vamos trabalhar para a conclusão bem-sucedida da segunda missão ExoMars.” afirma Roberto Battiston, presidente da agência espacial italiana ASI.

Entretanto, os dados científicos dos instrumentos a bordo do Schiaparelli durante a entrada, além dos dados do TGO da ExoMars, da Mars Express e do GMRT (Giant Metrewave Radio Telescope) na Índia, foram passados às equipas científicas.

Estes dados vão contribuir para a compreensão do Planeta Vermelho e, especialmente, da sua atmosfera.

O TGO está a começar a primeira série de observações científicas desde que chegou ao Planeta Vermelho no dia 19 de outubro, e irá iniciar uma longa série de manobras de aerotravagem que vão colocar a nave espacial na sua órbita operacional no final de 2017.

ZAP / CCVAlg

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu ia dizer que a sonda ao aproximar-se do solo de Marte teria sido abatida por uma flecha disparada por algum nativo anticolonialista.

RESPONDER

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …

Trump abandona conferência de imprensa após ser confrontado por jornalista com mentira que disse 150 vezes

O Presidente norte-americano abandonou uma conferência de imprensa, este sábado, depois de ter sido confrontado por uma jornalista com uma mentira que já terá dito mais de 150 vezes sobre cuidados de saúde para os …

Olavo Bilac pede desculpa por ter atuado num comício do Chega

O cantor Olavo Bilac recorreu à sua conta de Facebook para pedir desculpa aos seus fãs e aos seres pares do setor por ter atuado num comício do Chega, frisando não ter qualquer relação com …

Portimão vai receber a última corrida do Mundial de MotoGP em novembro

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, vai receber a 14.ª e última prova do campeonato do mundo de velocidade MotoGP, anunciou esta segunda-feira a organização do evento. O circuito algarvio integra o calendário de 2020, …