Emigração dá mais 3 deputados à Coligação e 1 ao PS

João Relvas / Lusa

-

A coligação Portugal à Frente (PSD/CDS) conquistou esta quarta-feira três dos quatro mandatos pelos círculos da Europa e fora da Europa nas eleições legislativas de quatro de outubro, enquanto o PS elegeu o restante.

Segundo os dados provisórios do Ministério da Administração Interna (MAI), a coligação obteve 43,95% dos votos e elegeu os deputados José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa, enquanto o PS recolheu 20,01%, elegendo Paulo Pisco.

A coligação Portugal à Frente (PàF) e o PS partilham os dois deputados atribuídos pelo círculo da Europa, mas a lista conjunta PSD/CDS foi a mais votada, alcançando o melhor resultado desde 1991.

“É um momento histórico para a coligação. Venceu o círculo eleitoral da Europa, algo que não acontecia desde 1991”, disse à Lusa Carlos Gonçalves, cabeça de lista da coligação e que, segundo os resultados provisórios, foi eleito.

“Este resultado expressa a imagem que os portugueses que vivem fora do país, nomeadamente na União Europeia, têm de Portugal, um país que recupera uma imagem de credibilidade”, acrescentou o representante da PàF.

Paulo Pisco, cabeça da lista do PS pelo círculo da Europa, indicou que a diferença entre os socialistas e a coligação ronda os 1.100 votos, seguindo resultados provisórios.

“A coligação deve ser felicitada, mas para esta situação contribuíram diversos fatores, entre eles a diminuição do número de eleitores e a existência de muitos votos nulos”, acrescentou o deputado socialista.

O partido Nós foi o terceiro mais votado, com 9,58% dos votos, tendo Mendo Henriques, responsável partidário, indicado que o Movimento vai impugnar os resultados por “diversas perturbações no processo eleitoral”, nomeadamente na contagem dos votos.

Com estes resultados, PSD e PS mantêm o mesmo número de deputados eleitos em 2001 (3-1) nos círculos Europa e Fora da Europa.

A composição final do Parlamento fica assim a contar com 107 deputados da coligação PàF, 85 do PS, 19 do Bloco de Esquerda, 17 da coligação CDU, e 1 do PAN.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Afinal está descoberta a verdade, se saíram 500k de Portugueses, daí se verifica porque a direita perdeu a maioria. afinal não foi o pessoal de esquerda que saiu do País, mas sim aqueles que queriam trabalhar, tinham qualificações para arranjar emprego lá fora e não conseguem ficar cá sem fazer nada, como os Bloquistas, comunas e outros da ala mais radical do PS, esses, ficam cá para reclamarem e nada fazerem à espera que o governo lhes dê emprego e entretanto reclamam subsidios..
    Estes lá fora nunca conseguiam arranjar trabalho, porque falta-lhes a vontade de trabalhar e cá nada fazem e culpam os governos.

RESPONDER

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …

Portugal contratou mais professores, mas salários baixaram

Em ano de pandemia, um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) mostra as diferenças que existem nas carreiras dos professores na Europa e em Portugal. O reforço do número de professores no …