Emigração dá mais 3 deputados à Coligação e 1 ao PS

João Relvas / Lusa

-

A coligação Portugal à Frente (PSD/CDS) conquistou esta quarta-feira três dos quatro mandatos pelos círculos da Europa e fora da Europa nas eleições legislativas de quatro de outubro, enquanto o PS elegeu o restante.

Segundo os dados provisórios do Ministério da Administração Interna (MAI), a coligação obteve 43,95% dos votos e elegeu os deputados José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa, enquanto o PS recolheu 20,01%, elegendo Paulo Pisco.

A coligação Portugal à Frente (PàF) e o PS partilham os dois deputados atribuídos pelo círculo da Europa, mas a lista conjunta PSD/CDS foi a mais votada, alcançando o melhor resultado desde 1991.

“É um momento histórico para a coligação. Venceu o círculo eleitoral da Europa, algo que não acontecia desde 1991”, disse à Lusa Carlos Gonçalves, cabeça de lista da coligação e que, segundo os resultados provisórios, foi eleito.

“Este resultado expressa a imagem que os portugueses que vivem fora do país, nomeadamente na União Europeia, têm de Portugal, um país que recupera uma imagem de credibilidade”, acrescentou o representante da PàF.

Paulo Pisco, cabeça da lista do PS pelo círculo da Europa, indicou que a diferença entre os socialistas e a coligação ronda os 1.100 votos, seguindo resultados provisórios.

“A coligação deve ser felicitada, mas para esta situação contribuíram diversos fatores, entre eles a diminuição do número de eleitores e a existência de muitos votos nulos”, acrescentou o deputado socialista.

O partido Nós foi o terceiro mais votado, com 9,58% dos votos, tendo Mendo Henriques, responsável partidário, indicado que o Movimento vai impugnar os resultados por “diversas perturbações no processo eleitoral”, nomeadamente na contagem dos votos.

Com estes resultados, PSD e PS mantêm o mesmo número de deputados eleitos em 2001 (3-1) nos círculos Europa e Fora da Europa.

A composição final do Parlamento fica assim a contar com 107 deputados da coligação PàF, 85 do PS, 19 do Bloco de Esquerda, 17 da coligação CDU, e 1 do PAN.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Afinal está descoberta a verdade, se saíram 500k de Portugueses, daí se verifica porque a direita perdeu a maioria. afinal não foi o pessoal de esquerda que saiu do País, mas sim aqueles que queriam trabalhar, tinham qualificações para arranjar emprego lá fora e não conseguem ficar cá sem fazer nada, como os Bloquistas, comunas e outros da ala mais radical do PS, esses, ficam cá para reclamarem e nada fazerem à espera que o governo lhes dê emprego e entretanto reclamam subsidios..
    Estes lá fora nunca conseguiam arranjar trabalho, porque falta-lhes a vontade de trabalhar e cá nada fazem e culpam os governos.

RESPONDER

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …