Prazo para validar faturas no e-fatura alargado até 22 de fevereiro

marsmet473a / Flickr

-

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, decidiu prorrogar o prazo de validação das faturas no portal e-fatura até dia 22 de fevereiro. Os prazos para entrega das declarações do IRS também foram esticados.

O prazo das Finanças para validação de faturas terminava esta segunda-feira, mas durante a manhã o site apresentava erros que rejeitavam alterações nas faturas do ano passado.

Quando o contribuinte tentava, por exemplo, alterar a categoria da despesa, surge o aviso: “Já não é possível completar a informação das faturas dos anos anteriores a 2016“. O ministério das Finanças explicou que se tratava de “um erro do sistema”, que já estava “a ser tratado”.

Entretanto, as Finanças publicaram novas tabelas com os prazos de validação das faturas e de entrega das declarações do IRS.

Ministério das Finanças

-

Domingos Azevedo, bastonário da Ordem dos Oficiais de Contas (OTOC), sublinhou à TSF que a situação não deverá afetar as despesas relativas a saúde, educação, imóveis e lares, com direito a deduções, que podem ser declaradas no IRS mesmo sem estarem validadas no e-fatura.

As Finanças admitem a eventual alteração dos valores – que vão aparecer pré-preenchidos no IRS -, mas exige aos contribuintes conseguirem comprovar, através das respectivas faturas em papel, os valores declarados, nomeadamente na “parte que exceda o valor que foi previamente comunicado à Autoridade Tributária e Aduaneira” e que está no e-fatura.

O portal e-fatura da Autoridade Tributária não esteve a funcionar em pleno já nos últimos dias, quando muitos contribuintes não conseguiram terminar o processo.

A DECO e o Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos defendiam o alargamento do prazo, uma possibilidade que já tinha sido assumida pelo Governo na semana passada.

Outro motivo que poderia levar ao alagamento do prazo para validação das faturas – e possível alargamento dos prazos de entrega das declarações do IRS – é o facto de as entidades públicas que não são obrigadas a passar faturas (como hospitais ou centros de saúde) terem até 19 de fevereiro para enviar a informação das despesas dos contribuintes, o que significa que algumas despesas de Saúde ainda não vão aparecer no e-fatura.

A Autoridade Tributária já anunciou que vai criar outra página onde vai ser possível consultar e verificar essas faturas em março.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Nem uma única despesa de seguradoras, ou bancos estava registada por estas entiddes no e-fatura. Tanto quanto sei não estao isentos do pagamento de impostos. Como regularizar isto?????

  2. esta nova ditadura ,que obriga o contribuinte a ter pc e internet ,e conhecimentos de informática,anti vírus,atualizaçao do material etc ,os velhotes a serem enganados pois quando não sabem ,tem de confiar em terceiros ,tudo isto para poupar trabalho aos funcionários públicos ,que dizem ser em excesso,ca para mim estão mal geridos .

RESPONDER

Pirlo tem plano para gerir cansaço de Cristiano Ronaldo

O novo treinador da Juventus, Andrea Pirlo, tem um plano para gerir a forma física de Cristiano Ronaldo ao longo da temporada. O internacional português tem 35 anos e cumpre a sua 19.ª temporada como …

Entre lágrimas e após três tentativas, lista dirigente de Ventura foi aprovada

O presidente do Chega conseguiu, este domingo, à terceira tentativa, a maioria de dois terços dos votos exigida para eleger a sua direção na II Convenção Nacional, em Évora. Apenas às 20h02 foram proclamados os resultados …

Marcelo é o único que resiste ao desgaste da pandemia. Governo e oposição em queda

O único que está a conseguir resistir ao desgaste político provocado pela pandemia de covid-19 é o Presidente da República, numa altura em que o PS e o PSD surgem em queda nas intenções de …

Três camisolas e uma vitória histórica. Tadej Pogacar é o vencedor do Tour

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu a 107.ª Volta a França, ao cortar a meta, nos Campos Elísios, integrado no pelotão, no final da 21.ª e última etapa conquistada pelo irlandês Sam Bennett …

Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal. Normalmente, a …

Emmys 2020: "Succession" é a série do ano, "Schitt’s Creek" e "Watchmen" em destaque

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia. Centrada em …

Aulas do 1.º ciclo em escola de Lisboa suspensas. Escola em Viseu fecha portas

As aulas do 1.º ciclo na escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, foram suspensas, devido à falta de funcionários em número suficiente, já que um destes testou positivo para a covid-19. De acordo com o Agrupamento …

PCP de "espírito aberto" para conversações sobre OE, mas recusa "chantagens"

O PCP encara as conversações sobre o Orçamento do Estado de 2021 com “espírito aberto”, sem “linhas vermelhas ou azuis”, mas recusa “chantagens” e “pressões” do primeiro-ministro, disse este domingo o secretário-geral dos comunistas. Numa conferência …

Os dinossauros conquistaram o mundo após uma extinção em massa na Terra

Uma equipa internacional de cientistas identificou um evento anteriormente desconhecido de extinção massiva da vida na Terra que ocorreu há 223 milhões de anos e desencadeou a conquista do mundo pelos dinossauros. O estudo liderado por …

FinCEN Files. Isabel dos Santos e marido envolvidos em investigação aos maiores bancos mundiais

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo estão entre os clientes confidenciais de bancos que foram reportados às autoridades norte-americanas, segundo uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ). A empresária angolana Isabel dos Santos …