Prazo para validar faturas no e-fatura alargado até 22 de fevereiro

marsmet473a / Flickr

-

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, decidiu prorrogar o prazo de validação das faturas no portal e-fatura até dia 22 de fevereiro. Os prazos para entrega das declarações do IRS também foram esticados.

O prazo das Finanças para validação de faturas terminava esta segunda-feira, mas durante a manhã o site apresentava erros que rejeitavam alterações nas faturas do ano passado.

Quando o contribuinte tentava, por exemplo, alterar a categoria da despesa, surge o aviso: “Já não é possível completar a informação das faturas dos anos anteriores a 2016“. O ministério das Finanças explicou que se tratava de “um erro do sistema”, que já estava “a ser tratado”.

Entretanto, as Finanças publicaram novas tabelas com os prazos de validação das faturas e de entrega das declarações do IRS.

Ministério das Finanças

-

Domingos Azevedo, bastonário da Ordem dos Oficiais de Contas (OTOC), sublinhou à TSF que a situação não deverá afetar as despesas relativas a saúde, educação, imóveis e lares, com direito a deduções, que podem ser declaradas no IRS mesmo sem estarem validadas no e-fatura.

As Finanças admitem a eventual alteração dos valores – que vão aparecer pré-preenchidos no IRS -, mas exige aos contribuintes conseguirem comprovar, através das respectivas faturas em papel, os valores declarados, nomeadamente na “parte que exceda o valor que foi previamente comunicado à Autoridade Tributária e Aduaneira” e que está no e-fatura.

O portal e-fatura da Autoridade Tributária não esteve a funcionar em pleno já nos últimos dias, quando muitos contribuintes não conseguiram terminar o processo.

A DECO e o Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos defendiam o alargamento do prazo, uma possibilidade que já tinha sido assumida pelo Governo na semana passada.

Outro motivo que poderia levar ao alagamento do prazo para validação das faturas – e possível alargamento dos prazos de entrega das declarações do IRS – é o facto de as entidades públicas que não são obrigadas a passar faturas (como hospitais ou centros de saúde) terem até 19 de fevereiro para enviar a informação das despesas dos contribuintes, o que significa que algumas despesas de Saúde ainda não vão aparecer no e-fatura.

A Autoridade Tributária já anunciou que vai criar outra página onde vai ser possível consultar e verificar essas faturas em março.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Nem uma única despesa de seguradoras, ou bancos estava registada por estas entiddes no e-fatura. Tanto quanto sei não estao isentos do pagamento de impostos. Como regularizar isto?????

  2. esta nova ditadura ,que obriga o contribuinte a ter pc e internet ,e conhecimentos de informática,anti vírus,atualizaçao do material etc ,os velhotes a serem enganados pois quando não sabem ,tem de confiar em terceiros ,tudo isto para poupar trabalho aos funcionários públicos ,que dizem ser em excesso,ca para mim estão mal geridos .

RESPONDER

O empresário John Textor

Direcção do Benfica e John Textor em reunião

Benfica informou que houve um encontro entre o empresário e dois vice-presidentes do clube, que querem saber mais sobre as intenções do norte-americano. John Textor esteve no Estádio da Luz, nesta quinta-feira. O empresário foi recebido …

BE e PCP fazem pressão e Carlos César questiona: "Sentem-se melhor a fazer oposição ou a fazer acordos?"

O presidente do PS defendeu, esta quinta-feira, que Bloco e PCP têm de esclarecer "o que os move" nas negociações orçamentais: se preferem fazer oposição a um Governo de direita ou fazer acordos com um …

Apenas 14% das vacinas prometidas aos países mais pobres foram efetivamente entregues

Apesar das promessas deixadas por muitos dos países mais ricos e desenvolvidos, número de vacinas que chegou aos territórios é ainda muito baixo, o que pode comprometer os avanços já conseguidos. Apenas uma em sete doses …

Presidente da Coreia do Sul anuncia fracasso da colocação de satélite em órbita

O primeiro foguetão espacial fabricado pela Coreia do Sul falhou a colocação em órbita da sua carga, um satélite simulado de 1,5 toneladas, apesar de o lançamento ter tido sucesso, disse o Presidente do país. O …

Juízes recusam suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, recusou suspender o julgamento, depois de a sua defesa ter alegado o facto de ter sido diagnosticado …

Quadro de Van Gogh, que esteve nas mãos dos nazis, vai a leilão. Deverá render 25 milhões de euros

Uma pintura de Vincent van Gogh vai ser leiloada no próximo mês, depois de mais de um século sem ser vista em público. Estima-se que o preço de venda chegue aos 25 milhões de euros. O …

Coreia do Sul lança com êxito o seu primeiro foguetão espacial

A Coreia do Sul lançou hoje o seu primeiro foguetão de fabrico próprio, segundo as imagens transmitidas pela televisão, tornando-se o décimo país do mundo com capacidade para desenvolver e lançar veículos espaciais. O veículo coreano …

"A melhor coisa que pode acontecer a Portugal era o Governo ser derrubado e desaparecer"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu hoje que “a melhor coisa que podia acontecer a Portugal”, neste momento, era o executivo liderado por António Costa “ser derrubado e desaparecer”. Miguel Albuquerque afirmou …

Mulher de João Rendeiro tem mais três dias para entregar as obras em falta

O prazo para a entrega das obras acabou esta quarta-feira, mas a juíza do processo em que João Rendeiro foi condenado a dez anos de prisão efetiva deu mais três dias à mulher do ex-banqueiro. Depois …

Uma estrada com alguns automóveis

Sete cidades do Norte podem ir a jogo pela neutralidade carbónica

Gaia, Porto, Matosinhos, Famalicão, Guimarães, Braga e Viana do Castelo poderão ir a jogo na Missão Climate Neutral & Smart Cities, que quer apoiar a redução de emissões em 100 cidades. Uma coligação de sete cidades …