Quem não receber reembolso do IRS até à meia-noite tem direito a juros

Contribuintes que não receberem o reembolso do IRS até o fim desta quarta-feira têm direito a juros diários à taxa de 4% ao ano. A DECO sublinha que se trata de casos residuais.

IRS 2015

O prazo para o pagamento de reembolsos de IRS termina esta quarta-feira, 31 de agosto. No entanto, para declarações entregues fora do tempo, o prazo só acaba a 31 de dezembro.

O Diário de Notícias descreve que há, ainda assim, quem não encontre na sua página das Finanças data para receber o pagamento, mas a Associação de Defesa do Consumidor (DECO) admite que, tendo em conta o pequeno número de reclamações recebidas, trata-se de casos residuais.

A associação sublinha que quem não recebeu ainda o reembolso tem direito a juros, mas aconselha os contribuintes nesta situação a pedir esclarecimentos à Autoridade Tributária.

“Caso não ocorra o reembolso até dia 31, são devidos juros indemnizatórios numa base diária, a 4% ao ano, até à data em que der entrada a nota de crédito”, explica Ana Carreto, jurista da DECO, ao DN.

Os contribuintes nessa situação podem esperar pelo reembolso ou “contactar a Autoridade Tributária e apresentar uma exposição para apurar em detalhe a sua situação”, recomenda a jurista. Esse contacto deve ser feito através do e-balcão no Portal das Finanças.

O processo de entrega do IRS arrancou de forma atribulada devido às mudanças da reforma do imposto e de “percalços informáticos” que atrasaram o início dos pagamentos, mas o Governo acelerou a execução dos reembolsos assim que os problemas foram ultrapassados.

No início de agosto, a tutela garantia que “mais de 99% das declarações de IRS” entregues dentro do prazo já tinham sido processadas, com mais de 2,15 mil milhões de euros devolvidos a contribuintes.

“Os reembolsos estão a ser realizados dentro dos prazos legais e a um ritmo superior ao verificado nos anos anteriores, tendo em geral sido reembolsados praticamente o mesmo número ou mais de contribuintes do que em iguais períodos de 2015”, afirmava o Ministério das Finanças a 9 de agosto.

“Faltam apenas liquidar algumas declarações de maior complexidade“, rematava o Governo.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não percebo o teor da notícia.
    Já é pratica corrente. O Estado paga sempre juros na devolução de IRS. Onde está a novidade? É alguma “punição” extra?

  2. Que bom, contactem o e-balcão… tenho questões colocadas à dois meses e ainda não obtive resposta…
    Que bela porcaria de serviço esse.
    Existe só para enganar…

    • “á” dois meses. ? Há dois meses. Penalização por erros ortográficos básicos. Razão pela qual não recebe o reembolso!

  3. …”casos residuais”… “declarações de maior complexidade”… Entreguei no dia 1 de Maio (1º dia da segunda fase) e hoje que é o último dia ainda não recebi!!!
    A minha declaração ficou em validação devido a um acto único, algo extremamente complexo :-), que por sinal é preenchido no portal das finanças, passado meses pediram esclarecimentos, passadas 2 horas desse pedido enviei os comprovativos.

    Portanto mais rápido que isto não consigo, mesmo assim ainda nem data prevista tenho no portal das finanças!!!

  4. Residuais??? Complexidade??? O meu está como certo desde junho…
    Depende de alguém “carregar num botão”, citando o que já me disseram no número de apoio das finanças e na própria repartição de finanças de setubal…
    Complexidade??? Mas esta gente pensa que o povo é estúpido????

RESPONDER

Mais de mil condutores ficaram sem carta por perda de pontos

Mais de mil condutores ficaram sem carta de condução por perderem pontos, avança o Jornal de Notícias, dando conta que quase 300 pessoas tiveram que voltar à escola de condução para voltarem a ter permissão …

Confinado num hotel de luxo, funcionário abre 1400 torneiras a cada cinco dias

O diretor de engenharia do hotel W Barcelona, em Espanha, está a viver sozinho no estabelecimento turístico para garantir o seu pleno funcionamento até ao dia da reabertura. No âmbito das medidas impostas pelo Governo espanhol para …

Prisão preventiva para suspeito de matar estudante de psicologia em Lisboa

O suspeito de matar a estudante universitária de psicologia Beatriz Lebre, de 23 anos, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, disse à agência Lusa o advogado do arguido. Miguel …

BPI quer cobrar dívida de quase 5 milhões ao marido de Isabel dos Santos

O BPI interpôs um processo no Tribunal do Funchal, na Madeira, para cobrar uma dívida de 5 cinco milhões de euros ao marido da empresária Isabel dos Santos. A notícia é avançada este sábado pelo Diário …

Mais 13 mortes e 257 infetados. Região de Lisboa concentra 90% dos novos casos

Portugal regista este sábado 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 32.203 infetados, mais 257, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Registou-se um aumento de 0,8% no …

Recibos verdes e sócios-gerentes já podem pedir apoio relativo a maio

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, fica hoje disponível na Segurança Social Direta, podendo ser entregue até 9 de junho. O prazo …

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …